Prótese dentária em zircônia dental translúcida super realista

Oferecemos aos nossos pacientes o mais novo conceito em prótese dentária realista utilizando a zircônia dental translúcida multilayer (multicamadas). Conheça a seguir as características desse material inovador utilizado em nossa clínica odontológica.

A zircônia dental é um novo tipo de porcelana odontológica que alia a estética das cerâmicas, um peso leve, uma alta resistência (comparável a metais) e fabricação computadorizada. Com as zircônias odontológicas podemos elaborar próteses dentárias para implantes assim como próteses fixas sobre dentes e coroas dentárias.

Os resultados são surpreendentes, pois reúnem um resultado estético superior, alta resistência e durabilidade.

coroas de zirconia translucida
Os dentes de zircônia pura oferecidos pela clínica odontológica ImplArt apresentam alta resistência, naturalidade de formato, cores realistas assim como imitação do degrade de cores do esmalte natural. A elaboração da prótese dentária não é artesanal, e sim feito por máquinas de projeto e fabricação computadorizada.

Zircônia dental translucida e tonalidade reais

As coroas dentárias e próteses dentárias em zircônia dental translúcida multilayer (multicamadas) utilizadas na ImplArt Odontologia são elaboradas em computador e logo depois executadas em impressoras 3D. Elas são confeccionadas com computação gráfica e elaboradas por equipamentos super modernos que contém braços robóticos responsáveis por esculpir as próteses.

A grande vantagem deste material é seu aspecto translúcido, que é sem dúvida muito superior. Também possui multicamadas que geram um gradiente de cores e translucidez em uma mesma coroa.

Se observarmos um dente natural, facilmente distinguimos que ele possui um degradê de tonalidades, que vai de um tom mais escuro na parte profunda (dentina) até um tom mais claro e translúcido na parte externa (esmalte).

Elaboramos todos os nossos trabalhos em laboratório interno!

Possuímos expertise avançada em odontologia digital e próteses computadorizadas.

Na face externa, os dentes naturais também apresentam um gradiente de cores, com uma ponta mais translúcida (semi-transparente) e uma base mais densa, opaca e amarelada.

A zircônia dental translúcida multilayer reproduz exatamente essas características, deixando dessa maneira a coroa sobre implante ou sobre dentes naturais muito semelhante a um dente natural.

Um dente natural apresenta um degradê de tonalidade, que é mais escuro no interior e próximo à linha da gengiva, enquanto que é mais claro e translúcido na região incisal e na camada de esmalte. A zircônia FX Multilayer reproduz a naturalidade dos dentes.

Planejamento e execução do tratamento em sistemas computadorizados

A zircônia dental translúcida multilayer (marca Ceramill-Austria) é composta por óxido de zircônio policromático altamente translúcido, com um gradiente integrado de cor e de translucidez.

Transições suaves de cores simulam esmalte, dentina assim como cores cervicais em uma progressão naturalmente fluida. Não há mudanças bruscas de cores, e portanto oferecem um resultado altamente estético.

A resistência da zircônia dental pode chegar a 10x maior do que a resistência de um dente de porcelana comum.

Além de coroas individuais para implantes dentários, a zircônia translúcida multilayer pode ser utilizada para construir próteses parciais fixas (pontes totalmente anatômicas), facetas, Inlays e Onlays.

Os moldes para elaboração de dentes de zircônia são feitos com nosso scanner intraoral (molde digital).

Em nosso laboratório de prótese dentária os projetos dos dentes e próteses são elaborados.

Após a finalização do desenho o trabalho final (prótese dentária) é fabricada em uma máquina robotizada com alta precisão.

A zircônia precisará de uma tratamento térmico em um forno específico a 1500 graus celsius para dessa maneira adquirir suas propriedades mecânicas finais.

Como é a fabricação de coroas em impressoras 3D?

Observe como o método de fabricação da prótese de zircônia é sofisticado.

Quais tipos de próteses dentárias podemos elaborar com as zircônias dentais

A zircônia cúbica monolítica é diferente das antigas zircônias estruturais que eram brancas e opacas, e não apresentavam estética para a construção anatômica final do dente. Porém podiam ser revestidas de cerâmica para atingir a estética desejada. A zircônia branca ainda existe mas é um método menos avançado do que a zircônia translúcida pois requer um grande trabalho artesanal sobre ela.

As zircônias não servem como materiais para elaborar lentes de contato dentais pois os materiais não tem uma adequada capacidade de adesão ao substrato dentário.

Além disso, caso o paciente opte por um tratamento com implantes dentários totalmente livre de metais, ele poderá combinar a Zirconia com os modernos implantes cerâmicos, Pure Ceramic da Straumann.

Se você ficou com alguma dúvida ou gostaria de realizar um tratamento de implante dentário com coroa translúcida, entre em contato com nossa clínica especializada ou venha nos conhecer.

Agende sua consulta presencial ou online. Ficaremos felizes em atendê-lo!

Prótese fixa sobre implante aparafusada ou cimentada

A melhor estratégia de reconstrução de dentes perdidos, ocorre por meio implantes dentários. Os implantes permitem a reconquista da função mastigatória e estética do paciente. A cirurgia atualmente é tranquila para o paciente, e há diversos tipos de implantes disponíveis para que o tempo de cicatrização possa ser encurtado.
As coroas dentárias (próteses dentárias), que são afixadas aos implantes dentais podem ser classificadas entre cimentadas e aparafusadas. Você sabia que existem estas duas opções?

Basicamente a diferença está na forma com que será feita a instalação desta coroa.

No caso da aparafusada, a coroa e implante são unidos por um parafuso de fixação. Por outro lado, as coroas cimentadas, são instaladas com material que une as duas peças por contato.

Então veja a seguir as vantagens, desvantagens e diferenças entre uma coroa cimentada ou aparafusada para implante odontológico. Preparamos algumas informações que vão ajudar a compreender as opções possíveis.

Nesta imagem vemos dois tipos de próteses dentárias produzidas para o mesmo paciente. As próteses aparafusadas tem um orifício na parte superior para que o parafuso passante seja inserido. Posteriormente o furinho será fechado. Já nas coroas cimentadas não há o orifício e a anatomia fica preservada.

Conceitualmente as principais funções de uma prótese fixa sobre implante (coroa protética) são suprir a ausência de dentes perdidos, restabelecer a mastigação, melhorar a estética e a oclusão.

Tanto as coroas cimentadas ou parafusadas podem cumprir as mesmas funções dentárias estéticas ou funcionais indistintamente.

Mas se a coroa sobre implante pode ser fixada aparafusada ou cimentada, qual é a melhor?

Para ser mais detalhista, existem três maneiras de fixar a coroa sobre o implante: a forma cimentada (colada), a forma aparafusada, ou uma forma mista com parte da coroa aparafusada e outra cimentada.

Aparafusadas ou cimentadas, as próteses dentais possuem vantagens e desvantagens, e a técnica a ser escolhida para cada pessoa deve ser bem avaliada pelo dentista na fase de planejamento do tratamento.

Basicamente a escolha do tipo da coroa dentária depende de vários critérios, sendo os mais comuns:

A qualidade da cirurgia é determinante para escolher a utilização de uma coroa colada ou parafusada

Pode parecer estranho exigir um correto posicionamento do implante, pois isso deveria ocorrer sempre. Entretanto há fatores de variação que podem interferir no posicionamento cirúrgico do implante dental de forma intencional pelos implantodontistas ou mesmo por acidente. Também podem haver limitações locais do osso como seu formato, altura e espessura óssea que podem necessitar de adaptações na colocação dos implantes.

Deve ser considerada no plano de tratamento a necessidade da reversibilidade e a facilidade de manutenção das coroas dentárias nos casos de possíveis intercorrências, pois são fatores que variam de acordo com cada modelo.

Há pequenas diferenças nas posições de inserção de implantes para coroas aparafusadas e cimentadas:

coroa parafusada x coroa cimentada
Na forma aparafusa, a coroa é presa no topo do implante por meio de um parafuso. Por esse motivo a coroa possui uma furação central. Já em coroas cimentadas, a coroa é cimentada (colada) sobre um pilar, que pode ser metálico ou de zircônia branca. O pilar é o único componente que é aparafusado, servindo de interface entre coroa protética e implante.

Prótese fixa ou coroa dentária sobre implante aparafusada

A principal característica da prótese aparafusada é que esta possui uma furação em seu centro que permite a passagem de um pequeno parafuso fica responsável por fixa-la ao implante. Após a instalação da coroa, o furo é fechado com uma resina na mesma cor do dente.

Esse tipo de coroa é preferencialmente utilizado na região posterior (dentes do fundo), mas também pode ser usada na região frontal. Entretanto para dentes da frente, se o implante estiver fora de posição centralizada, a coroa dental aparafusada não seria indicada. Poderia haver um comprometimento estético do resultado com o orifício fora do lugar.

Portanto, a técnica de prótese aparafusada exige um planejamento minucioso para que o implante esteja muito bem posicionado e dessa maneira permitir a melhor adaptação da coroa e obter ótimos resultados estéticos e funcionais.

As coroas aparafusadas tem uma grande vantagem pois podem ser retiradas facilmente para manutenção. O parafuso de fixação está mais à mostra e permite desmontar o dente ou prótese a qualquer momento para uma manutenção ou uma limpeza minuciosa.

Hoje em dia temos ótimos recursos tecnológicos que permitem simular a cirurgia do implante antes de mesmo de realiza-la. O planejamento computadorizado (cirurgia guiada) ajuda a selecionar os melhores posicionamentos e ângulos dos implantes. Saiba mais sobre cirurgia de implantes computadorizada.

Outra vantagem da prótese aparafusada é a facilidade para remoção em casos de conserto, limpeza ou então quando há necessidade de troca da coroa.

Rapidez – próteses dentárias parafusadas também são mais rápidas de elaborar e portanto ideais para casos de dayclinic dental.

Coroas com furação dos parafusos e resina aplicada na cor do dente

Leia mais: Materiais de próteses, quais duram mais?

Leia mais: Não quero fazer implante. Existe alternativa para repor um dente?

coroa dentaria aparafusada
Coroa unitária aparafusada para um dente da frente.

Prótese dentária fixa ou coroa sobre implante cimentada

O método de fixação da coroa cimentada sobre implante é um pouco diferente. Neste caso, o parafuso é utilizado para prender um pilar de interface no interior do implante, e em seguida a coroa dentária de porcelana é cimentada sobre o pilar (colada com cimento odontológico), ou seja, não há parafuso na coroa. Portanto, ela não tem nenhuma furação e é considerada mais estética.

É também o modelo de coroa mais utilizado em implantes na região frontal por se tratarem de dentes mais visíveis e anatomicamente mais finos, mas isso não é uma regra.

A grande vantagem da prótese dental cimentada é a estética do dente. Enquanto que a grande desvantagem é a dificuldade de manutenção pois o parafuso de remoção do dente se encontra escondido dentro do pilar da coroa e portanto invisível. Por isso em casos de soltura de parafusos, a coroa pode acabar sendo destruída para encontrar o parafuso interno.

Em geral as coroas cimentadas para implante são elaboradas sobre uma peça de apoio que se chama pilar (ou abutment). Essa peça intermediária vai fazer a conexão entre o implante e a coroa dentária.

À direita vemos um conjunto completo de implante, pilar e a coroa que será colada sobre o pilar (peça intermediária). À esquerda o conjunto em posição.

Um bom planejamento e conhecimento técnico fazem toda a diferença

Os procedimentos com coroas cimentadas são considerados simples mas demandam mais materiais, peças e conhecimento técnico em relação as coroas aparafusadas.

A cola usada para fixar uma coroa dentária em um pilar é muito resistente, com grande durabilidade. Por isso se uma coroa se solta constantemente pode haver algum problema entre os encaixes, o que deve ser investigado pelo dentista.

coroas de porcelana
Coroa para cimentação com estrutura interna de zircônia estética
Coroa para cimentação com estrutura interna de zircônia estética – vista interna

Comparado com a coroa aparafusada, a remoção da coroa cimentada é um pouco mais complexa, porque o cimento odontológico possui alto poder de adesão. Portanto não é fácil remover a coroa, e quando há a necessidade de algum conserto pode ser necessário refazer a coroa praticamente desde o início.

As próteses parafusadas ou cimentadas sobre implante podem ser unitárias ou múltiplas.

Importante lembrar sempre que, ao concluir o tratamento, visitar o dentista a cada 6 meses para realização de sua profilaxia e acompanhamento dos resultados do tratamento

Venha conhecer nosso trabalho e nossa clinica odontológica

Se ficou com dúvida sobre prótese fixa sobre implante, entre em contato com nossa clínica odontológica e agende sua consulta para avaliar o seu caso. Ficaremos felizes em recebê-lo!

Odontologia Digital previne a transmissão da Covid-19 em tratamentos

O implantodontista coordenador da Clínica Odontolológica ImplArt Dr Roberto Markarian, em conjunto com outros autores, publicaram o artigo científico destacando a Relevância clínica de Odontologia Digital durante surto de COVID-19.

Titulo Original: Clinical relevance of Digital Dentistry during COVID-19 outbreak: a scoped review. Brazilian Journal of Oral Sciences, 2020.

O artigo envolveu os esforços de prestigiosos cirurgiões-dentistas do Brasil e do exterior, destacando uma parceria entre Universidade de Malta, USP (São Paulo), Faculdade SL Mandic (Campinas) e GoBeyond (Curitiba).

Como as técnicas de odontologia digital podem evitar a disseminação de Covid-19?

O artigo realizou uma revisão da literatura sobre as vantagens dos fluxos de trabalho digitais em odontologia em relação aos métodos convencionais e as questões de segurança durante a pandemia do coronavírus (COVID-19).

Demonstrou-se dessa maneira, como a odontologia digital poderia ajudar a atender às novas demandas de segurança em tratamentos odontológicos durante a pandemia de Covid-19.

Entre as vantagens mais importantes que a odontologia digital contribui para a segurança durante a pandemia de Covid-19 estão:

  • Redução no número de consultas clínicas presenciais
  • Menor tempo na cadeira do dentista
  • Cirurgias menos invasivas
  • procedimentos mais seguros.

Foi observado que o uso de fluxos de trabalho digitais na odontologia pode levar ao aumento da segurança e redução da transmissão de COVID-19 durante a atual pandemia.

Os principais recursos digitais demonstrados neste estudo estão presentes nas práticas da ImplArt Odontologia, uma clínica pioneira em fluxos de trabalhos digitais em odontologia rápida.

tomografia planejamento de implantes dentarios

Na Clínica Odontológica ImplArt utilizamos a Odontologia Digital na maioria dos tratamentos dentários realizados.

Radiologia Oral e Maxilofacial

Oposta aos métodos convencionais, a radiologia digital permite que as varreduras sejam mais rápidas e seguras. Além disso, o armazenamento de dados 3D digital diminui o número de consultas.

Semelhantemente, os scanners intraorais digitais de odontologia digital permitem moldagens mais rápidas e previnem a manipulação de moldeiras com saliva, também reduzindo a quantidade de consultas presenciais.

Odontologia Estética Digital

enceramento digital (técnica para visualização dos resultados de um caso protético antes de sua execução) diminui o número de consultas clínicas. Ferramentas de orientação facial, como por exemplo o Digital Smile Design, aumentam a previsibilidade dos tratamentos, favorecendo na obtenção de maiores taxas de sucesso.

A imagem digital permite ao paciente compreender e visualizar o resultado esperado do seu tratamento antes mesmo de inicia-lo. Dessa maneira, o plano de tratamento e os detalhes podem ser discutidos sem a necessidade de consulta presencial. Saiba mais sobre Tele Odontologia (Consulta Online Dentista).

Simulação digital do tratamento ortodôntico com alinhadores

Ortodontia Com planejamento computadorizado

Uma das medidas mais importantes para prevenir e controlar a propagação do COVID-19 é a realização de uma triagem adequada dos pacientes que não deveriam comparecer à clínica odontológica.

Nesse contexto, o fluxo de trabalho digital para alinhadores ortodônticos exige menos consultas clínicas presenciais, se comparado com outras terapias ortodônticas. Leia mais sobre Ortodontia Digital na ImplArt.

planejamento digital de prótese dentária total

Prótese Dentária Digital

Com os procedimentos CAD-CAM, o paciente fica menos tempo na cadeira e a necessita de um número reduzido de consultas para realizar o tratamento.

Na odontologia protética convencional, uma série de etapas clínicas são necessárias para a experimentação e ajustes da prótese, enquanto que com o fluxo de trabalho digital (odontologia digital), o planejamento e a fabricação de próteses são otimizados, beneficiando pacientes e profissionais durante a pandemia de Covid-19.

Os procedimentos CAD-CAM têm potencial para produzir próteses confiáveis, como por exemplo a prótese de zircônia, além de oferecer maior precisão quando comparados aos métodos convencionais. Saiba mais sobre próteses CAD-CAM.

guia cirurgica para colocar um implante dentario

Implantodontia Digital

cirurgia guiada de implantes é uma técnica de odontologia digital computadorizada que diminui a duração do procedimento cirúrgico de implantes (menos tempo na cadeira) e o número de consultas. Essa agilidade é favorecida pela precisão cirúrgica e por procedimentos menos invasivos.

A guia cirúrgica para implante é fabricada após a realização de exames de imagem e com planejamento virtual dos implantes. Com base no projeto digital, é feita a impressão 3D do guia cirúrgico.

O fluxo de trabalho digital também pode ser usado em casos de implantes imediatos (carga imediata), com redução do tempo de tratamento e da quantidade de consultas presenciais para finaliza-lo.

Conheça mais sobre cirurgia guiada de implantes dentários.

Cirurgia Oral e Maxilofacial

As guias cirúrgicas CAD-CAM permitem procedimentos mais rápidos e menos invasivos. Durante a pandemia de Covid-19, os procedimentos devem ser preferencialmente mais rápidos com redução de aerossol produzido no ambiente.

A simulação digital de cirurgias de extração de terceiros molares (dentes do siso) com imagens de tomografia computadorizada tem se mostrado valiosa para orientação cirúrgica.

Entre as vantagens da cirurgia guiada por imagem estão a rapidez nos procedimentos assim como o menor tempo na cadeira.

Endodontia guiada

O planejamento digital do tratamento e o uso de guias endodônticos simplificaram o tratamento do canal, ao mesmo tempo que diminuíram o risco de iatrogenia.

O tempo de tratamento de canal é mais rápido e o fluxo de trabalho de odontologia digital oferece maior previsibilidade bem como maiores taxas de sucesso.

Periodontia e cirurgias periodontais

Os guias cirúrgicos para a cirurgia de aumento de coroa clínica diminuem o tempo na cadeira e o número de consultas. No procedimento de alongamento de coroa, o planejamento virtual permite a criação de guias cirúrgicos CAD-CAM para dessa maneira orientar procedimentos de gengivectomia e osteoplastia na região estética.

Os resultados cirúrgicos em odontologia digital para Periodontia podem ser previstos e diminuem o número de consultas clínicas necessárias, quando comparados com a metodologia convencional.

Se você ficou com alguma dúvida sobre o melhor da odontologia digital entre em contato com a nossa equipe ou então agende uma consulta (também na opção consulta online).

Para que serve cada tipo de dente natural?

Você conhece a função e a importância de cada dente natural? E na falta de algum deles, o que fazer para não ter comprometimento da função mastigatória e da estética do sorriso?

O tema parece simples, mas em nosso cotidiano não costumamos ter estes detalhes sobre nossa dentição. Acompanhe abaixo as informações:

Qual a função de cada dente natural?

Ao todo, uma pessoa adulta tem normalmente 32 dentes, cada com sua função e importância para o sorriso. O formato de cada um deles tem papel fundamental para a correta mastigação, para a fala, para o equilíbrio da saúde bucal, para o aspecto facial bem como para a saúde em geral. Veja quais são e para que serve cada tipo de dente natural.

Dentes incisivos

São oito elementos, sendo quatro incisivos centrais (dois superiores e dois inferiores), e dois incisivos laterais em cada arcada. O formato vertical achatado confere a esses dentes a função de corte dos alimentos.

Os dentes incisivos são os dentes da frente. Os incisivos centrais são maiores nos dentes superiores, e os incisivos laterais menores. Na arcada inferior os incisivos são bem parecidos, porém os laterais podem ser ligeiramente maiores do que os incisivos centrais.

A falta de algum desses dentes gera um comprometimento imediato da estética do sorriso, da mastigação e da fala. Esse é o principal evento que leva as pessoas a procurarem uma técnica rápida de reposição do dente, para recolocação do dente natural – o que nem sempre é possível.

Ou então a colocação de um implante dentário rápido com uma coroa protética estética que imita perfeitamente seu dente natural (veja um caso real de implante e coroa feita na ImplArt).

Há ainda os casos de pessoas com falta de um ou mais dentes permanentes porque não erupcionaram (tratamento ortodôntico para dente retido) ou porque não nasceram, uma condição chamada agenesia dentária.

Ambos os casos possuem tratamentos – que não são tão rápidos – mas apresentam resultados muitos satisfatórios.

Dentes Caninos

São quatro elementos, sendo dois superiores e dois inferiores. Possuem formato pentagonal alargado, são mais compridos e pontiagudo, o que caracteriza esses dentes a função de furar ou rasgar os alimentos mais fibrosos e resistentes.

Os dentes caninos são os dentes pontudos logo atrás dos incisivos e antes dos pré-molares. Possuem longas raízes e participam da estética e da mastigação.

Os dentes caninos, juntamente com os dentes incisivos, são os grandes responsáveis pelo suporte labial, ou seja, a ausência deles deixa o lábio com aspecto murcho e afundado.

Os dentes pré molares

Ao total são oito elementos, divididos em dois primeiros pré molares superiores, dois primeiros pré molares inferiores, dois segundos pré molares superiores e dois segundos pré molares inferiores.

Os dentes pré-molares estão localizados entre os caninos e os molares. Ajudam a amassar os alimentos. Algumas pessoas precisam remover pré-molares por indicação de uso de aparelho ortodôntico quando não há espaço na boca.

Possuem formato pentagonal, porém são dentes mais curtos se comparados aos caninos. Têm papel importante na mastigação, na manutenção da dimensão vertical de oclusão bem como no suporte de lábios e bochechas.

Na função mastigatória, eles ajudam a esmagar e rasgar os alimentos.

O dente molar

São doze elementos desse tipo, porém algumas pessoas podem apresentar menos dentes molares. Vamos entender a seguir.

Normalmente existem seis dentes molares superiores (dois primeiros molares, dois segundos molares e dois terceiros molares superiores). Na arcada inferior são dois primeiros molares, dois segundos molares e dois terceiros molares.

Precisamos ter 2 molares de cada lado para ter a dentição normal. O terceiro molar é o dente do siso e não é necessário para a mastigação eficiente. Em geral os primeiros molares são maiores do que os segundos molares. O primeiro molar é portanto o maior dente da boca e por isso o mais importante para uma mastigação adequada.

No entanto, algumas pessoas já não estão mais desenvolvendo os terceiros molares (dente do siso) ou na maioria dos casos, por falta de espaço, eles acabam não erupcionando corretamente e ficam totalmente ou parcialmente escondidos abaixo da gengiva (dentes semi ou totalmente impactados).

Terceiros molares mal posicionados podem trazer alguns problemas para a saúde bucal e bem estar, como por exemplo dores, mal cheiro pela dificuldade de higienização, sangramento gengival e pericoronarite.

Além disso pode afetar o posicionamento e a saúde dos dentes vizinhos. A indicação da extração do dente do siso é bastante frequente, quando estes apresentam condições favoráveis. A necessidade da extração deve ser avaliada pelo cirurgião juntamente com análise de exames como radiografia panorâmica e em alguns casos, tomografia computadorizada.

Dente do siso inflamado: A falta de espaço para o nascimento do dente do siso leva a inflamações recorrentes denominadas de Pericoronarite do terceiro molar

Em geral, os dentes molares possuem formato mais alargado e achatado, tendo papel importante na mastigação ao triturar e amassar os alimentos e prepara-los para a digestão, para a manutenção da dimensão vertical de oclusão e no suporte de lábios e bochechas.

Na falta de um dente natural, o que fazer para manter o sorriso completo e bonito?

Existem algumas técnicas para reposição de um dente natural perdido a indicação depende de cada caso. Podem ser uma coroa adesiva ou uma ponte. Mas a melhor maneira de repor a falta de um ou mais dentes é a colocação de implante dentário com uma coroa fixa.

As técnicas avançadas e os materiais mais modernos nos permitem realizar dentes protéticos idênticos aos dentes naturais.

Veja um exemplo em que houve a perda de 3 dentes e grande defeito ósseo e gengival depois de um acidente. A reabilitação foi realizada com implantes e coroas dentárias de zircônia estéticas.

Reposição de 3 dentes perdidos. Observe como as coroas de zircônia fixas em implantes são idênticas aos dentes naturais do paciente. Neste caso também foi realizada a recomposição do desenho da gengiva (camada de gengiva artificial).

Com aparelhos dentários alinhadores podemos reposicionar dentes tortos levando-os a posições esteticamente mais favoráveis sem a necessidade de desgastes.

Se ficou com alguma dúvida sobre a perda de dentas naturais, entre em contato conosco ou então agende uma consulta com a nossa equipe. Ficaremos felizes em recebe-lo!

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583