Prótese fixa de zircônia translúcida une beleza e resistência

Reabilitar sorrisos é a nossa especialidade

O Dr. Markarian e toda equipe da ImplArt Odontologia estão muito felizes em finalizar com sucesso mais um tratamento com implantes dentários e prótese fixa de zircônia pura translúcida 3D.

Nossa querida paciente nos procurou com problemas periodontais que a afligiam há anos, apresentando perda óssea, retração gengival, mobilidade e falta de alguns dentes.

Foi proposta uma reabilitação oral completa, com a extração dos dentes remanescentes que estavam comprometidos, visando recuperar a mastigação, além do conforto e estética.

Entre as opções apresentadas, a paciente optou pela prótese fixa em zircônia translúcida, pois buscava um resultado esteticamente natural, e com alta durabilidade.

A forma de execução da prótese, planejada com computação gráfica, que torna o tratamento mais confortável para o paciente (não sendo necessário o uso das antigas massas de moldagem) também foi um dos fatores que a paciente valorizou em sua escolha.

Etapas de um tratamento do implante de zircônia

Como a paciente apresentava intensa perda óssea em algumas regiões da arcada, em decorrência de ausência dentária já há anos, houve a necessidade de realização de enxerto ósseo, antes da etapa cirúrgica de inserção dos implantes dentários.

Em primeiro lugar foi realizada a cirurgia de extração dos dentes comprometidos e a colocação de enxerto ósseo em bloco. Após a cirurgia, a paciente usou uma prótese provisória para continuar sua rotina até a completa cicatrização do enxerto.

Após a cicatrização do enxerto, uma segunda cirurgia foi realizada para colocação de 6 implantes dentários distribuídos em toda arcada dentária superior.

No entanto, a quantidade de implantes para suportar uma prótese total depende muito de cada caso, que deve ser avaliado em consulta e com exames (radiografia panorâmica, e tomografia computadorizada) e a escolha é em decorrência da estrutura óssea do paciente.

Usualmente são colocados de 4 a 6 implantes para um tratamento com prótese total, podendo ser colocados inclusive mais, se o caso assim necessitar.

A terceira etapa do tratamento envolveu a reabertura dos implantes e fixação da primeira prótese provisória já nos implantes uma vez cicatrizados.

Na sequência, foram realizadas algumas sessões para refinamento do formato da prótese e dos dentes com o objetivo de adequá-la a todas as necessidades da paciente e tomar uma base para confecção da prótese definitiva com o mesmo formato.

São os chamados protótipos, que irão culminar na prótese Prótese fixa de zircônia translúcida final. A etapa final é a instalação da prótese definitiva fixa em zircônia translúcida sobre os implantes.

O que é zirconia dental?

O material de composição dessa prótese é a zircônia translúcida.

prótese de zircônia pura, chamada de translúcida, é fabricada em óxido de zircônio de alta translucidez, e sustentada por implantes dentários em um tratamento de implante total.

A zircônia é realizada mediante um método de produção extremamente avançado. Com base em moldagem intraoral digital, a prótese de zircônia é planejada em computador e fabricada em impressoras 3D. Ou seja, o disco de zircônia colocado na impressora 3D é fresado no formato do projeto computadorizado.

A estrutura da prótese em zircônia e os dentes formam uma peça única, e por isso ela também é chamada de Zircônia monolítica. A ausência do metal em sua estrutura, é um dos fatores que merece destaque quando comparamos a prótese Zircônia com a prótese chamada de metalo-cerâmica ( Porcelana ).

Se por um lado temos a barra metálica presente nas próteses metalo-cerâmicas, por outro lado, na zircônia a estrutura possui tonalidade extremamente estética por ser clara, e ainda com resistência superior a qualquer outro material.

estrutura de prótese dentária fabricada em zircônia
Estrutura de zircônia para prótese sobre implantes
coroas dentárias de porcelana
Coroas de porcelanavista interna

Observe a região incisal, esta parte do dente responsável por cortar os alimentos: a translucidez da zircônia é totalmente comparável aos dentes naturais!

prótese de zircônia com destaque para a alta translucidez

O processo de produção desta prótese é inovador. As moldagens são realizadas com escâneres intraorais e o projeto da prótese é computadorizado. Tanto estrutura de zircônia, como os dentes são fabricados em impressoras 3D. Por fim, eventualmente, podem ser aplicadas finas camadas de cerâmica para acentuar alguma nuance de tonalidade desejada nos dentes.

Dúvidas frequentes:

Quanto tempo demora para terminar um tratamento como este?

Isso vai depender de cada caso, pois as condições ósseas e gengivais são relevantes para responder essa pergunta. Em condições favoráveis, o tratamento pode ser realizado em tempo reduzido pelo Day Clinic da ImplArt. Mas na maioria dos casos a média é de 6 a 12 meses.

Qual a prótese dentária mais resistente? Qual é melhor, emax ou zircônia?

O material para próteses mais resistente na atualidade é a Zircônia. Sobretudo, é preciso avaliar individualmente as necessidades e os hábitos do paciente para dessa maneira indicar os materiais que respondam melhor a esses aspectos.

A zircônia e a porcelana dental (emax), elaboradas com tecnologia 3D, computação gráfica, utilizadas na ImplArt são as mais modernas do mercado e altamente resistentes (tecnologias americana, alemã e austríaca).

Importante lembrar sempre que, ao concluir o tratamento, visitar o dentista a cada 6 meses para realização de sua profilaxia e acompanhamento dos resultados do tratamento.

Existe prótese removível em zircônia?

Até o momento não, a zircônia é um material para produção exclusiva de coroas e estruturas de próteses sobre implantes.

Qual o valor da prótese de zircônia / Prótese protocolo de porcelana preço / Qual o preço do implante dentário?

Os valores de tratamento odontológicos só podem ser fornecidos mediante consulta com o cirurgião dentista, presencial ou online por teleodontologia, pois há a necessidade de avaliar cada caso para indicar o tratamento mais adequado.

Se você ficou com alguma dúvida sobre reabilitação oral com prótese de zircônia translúcida sobre implantes de zircônia, entre em contato com a nossa equipe ou então agende uma consulta. Venha conhecer o nosso trabalho, ficaremos felizes em recebê-lo!

Como o hábito de fumar pode prejudicar sua saúde bucal e implantes?

É unânime entre cirurgiões dentistas a opinião de que o hábito de fumar é um dos mais prejudiciais para a saúde bucal. Isso vale para quase todo tipo de fumo: cigarro, charuto, cigarro eletrônico, cannabis, cigarro de palha, cachimbo, entre outros.

Muitas pessoas acreditam que manchas amarelas nos dentes são os únicos problemas que o fumo causa, mas a realidade é que o tabagismo pode afetar seriamente a saúde bucal de uma forma muito mais ampla.

Pretendemos elucidar as diversos fatores que tornam o hábito de fumar um dos grandes vilões da saúde bucal. Veja abaixo de que forma o fumo interfere em sua saúde bucal:

Fumar causa problemas bucais que vão além de manchas nos dentes

Entre os problemas que afetam a saúde bucal por consequência do hábito de fumar estão: gengivite, periodontite, dentes moles, retração gengival e perda dentária. Também mau hálito, perda de implantes dentários e enxertos ósseos dentários, e o mais sério que é aumento do risco desenvolver câncer bucal.

Quase sempre o dentista sabe quando a pessoa fuma. Durante um simples exame clínico é possível observar alguns sinais característicos nos dentes, mucosa e na saúde bucal em geral que evidenciam o hábito.

O principal sinal certamente é o tom amarelado nos dentes. Quanto mais a pessoa fuma, mais seus dentes ficarão manchados. Ao longo dos anos eles podem até adquirir um tom cinza, que são manchas que são muito difíceis de serem retiradas com tratamentos de clareamento dental. Além disso, há grandes chances de que ocorra retração gengival, que é quando o tecido gengival se retrai, deixando a raiz do dente exposta, podendo causar sensibilidade dentária.

Halitose e o hábito de fumar

A temperatura da fumaça e elementos que compõem o cigarro, como a nicotina e o alcatrão, reduzem a produção de saliva, que tem papel fundamental na digestão, e na formação do bolo alimentar. A redução na quantidade de saliva bucal ocasiona que partículas de alimentos permaneçam retidas entre os dentes, exalando odores que provocam a halitose. Além disso, o odor da fumaça que fica retido na garganta e pulmões, acaba sendo exalado ao falar, ainda em momentos nos quais a pessoa não esteja fumando. O fumo ainda, deixa compostos químicos na boca, que misturados com a saliva, podem causar a halitose.

A doença periodontal, a principal causa de perda dos dentes, é agravada pelo hábito de fumar

A doença periodontal é uma doença bacteriana que destrói lentamente os tecidos de suporte dos dentes. Por consequência, os dentes amolecem e até caem.

Na fase inicial da doença, os principais sintomas são de uma gengiva inflamada e que sangra com facilidade. Também é possível observar retração gengival, na qual a raízes dos dentes começam a ficar expostas, deixando os dentes com aparência mais comprida e amarelada. Sem tratamento, a doença tende a avançar para uma gengiva já retraída e inflamada. Nesse panorama, já temos alguns dentes moles e perda de um ou mais dentes.

O avanço da fase inicial para mais grave da Periodontite quase sempre é acelerado por alguns fatores, sendo os principais a falta de cuidados com a higiene bucal e o fumo.

Um importante aliado para evitar ou retardar processos de doença periodontal, é a realização de acompanhamento periódico com o dentista, e a realização de profilaxia, limpeza profunda ou raspagem periodontal, com a frequência indicada pelo profissional responsável.

O fumo e a doença periodontal

Como citado, a doença periodontal é causada por bactérias, ou seja, gera uma situação em que o organismo precisa a todo momento combater por meio dos sistemas imunológico e vascular.

Mas o hábito de fumar tem um fator negativo neste mecanismo, porque provoca a vasoconstrição (estreitamento dos vasos sanguíneos). Dessa forma prejudica a circulação sanguínea na região e diminuindo a resposta imunológica à infecção.

doença periodontal dentes moles dente caindo
Doença periodontal: dentes alongados, amarelos, exposição da raiz e gengiva retraída. Saúde bucal agravada pelo hábito de fumar.

Além disso, o monóxido de carbono presente na fumaça que é ingerida pelo fumante reduz a concentração de oxigênio e dessa maneira inibe a movimentação dos glóbulos brancos e sua capacidade de destruir as bactérias.

A conflituosa relação entre o fumo e os implantes dentários

Muitos pacientes não aceitam muito bem quando o dentista diz que fumar vai prejudicar a cicatrização dos implantes dentários e até mesmo a longevidade da reabilitação com os implantes.

Mas o fato é que hábito de fumar, seja cigarro, charuto, cigarro eletrônico, cannabis, ou outros, interfere negativamente no período de cicatrização dos implantes e a razão é bem parecida com a anterior: a circulação sanguínea e oxigenação diminuída, minimizando a capacidade de recuperação e regeneração dos tecidos.

Quando o implante é colocado cirurgicamente no osso, o organismo inicia um mecanismo que é fundamental para manter a fixação dos implantes, que é o transporte de células formadoras de osso (osteogênicas) para o entorno do implante.

A osseointegração de implantes é o mecanismo que vai assegurar a união do implante com o osso e é favorecido pela migração dessas células. Uma falha nesse processo quase sempre leva a soltura do implante, necessitando de um novo procedimento cirúrgico.

Com essa breve explicação já é possível imaginar que a redução da circulação sanguínea há um atraso nesse processo.

Pelo mesmo motivo, o fumo é igualmente prejudicial na cicatrização e regeneração dos enxertos ósseos, procedimento odontológico indicado para ganhar volume e altura óssea antes ou no momento de colocar os implantes.

Como consequência, há um aumento do risco de haver uma infecção do enxerto e até mesmo a perda do enxerto ósseo dental.

Mas o que a pessoa fumante pode fazer para que seu tratamento com implantes seja bem sucedido?

Em primeiro lugar, cada caso precisa ser avaliado com critério e o paciente precisa ser muito sincero com relação aos seus hábitos de fumo. Em alguns casos, procedimentos específicos não são recomendados para esse publico quando não há uma expectativa de sucesso. É o caso da carga imediata ou enxertos mais extensos.

Para as situações em que os implantes são realizados em fumantes e que há uma expectativa de sucesso, o dentista recomenda ao paciente deixar de fumar nos 15 dias que antecedem a cirurgia e por 2 meses após o procedimento.

Mas a recomendação que impera é aproveitar a ocasião e tentar abandonar o hábito de vez. Entenda a seguir o porquê.

O fumo diminui a expectativa de longevidade dos implantes?

Sim. Especialmente se a pessoa tiver uma predisposição a periodontite e doenças gengivais.

Como citado anteriormente, a periodontite destrói lentamente os tecidos de suporte dos dentes e por isso, como o tempo eles amolecem e caem. Com os implantes ocorre de forma semelhante, mas nesse caso a doença é chamada de Periimplantite, ou seja, infecção em torno do implante, que também avança com rapidez em pessoas fumantes pela dificuldade no combate a infecções.

Fumo, o fator de risco para desenvolver o câncer bucal

Outra grande razão para abandonar o hábito de fumar certamente é o risco aumentado para desenvolver câncer, inclusive o câncer bucal.

O câncer bucal é aquele que afeta lábios e o interior da cavidade oral, o que inclui gengivas, mucosa das bochechas, mucosa do palato duro (céu da boca) e língua (principalmente as bordas), assoalho (região embaixo da língua). O surgimento de câncer em outras regiões da boca e o tabagismo é o principal fator de risco para a doença.

Com todos estes motivos, parecem não faltar razões para que o hábito de fumar seja deixado de lado para uma vida mais saudável. Sorriso saudável e o hábito de fumar, definitivamente caminham em sentidos contrários. Que tal começar a cuidar do seu sorriso e de sua saúde como um todo?

Prótese de zircônia para implantes

A prótese de zircônia para implantes é o que há de mais avançado para reposição dentária, não apenas por ser um material de alta tecnologia, como também pelo método de produção computadorizada.

As próteses de zircônia, por envolverem planejamento com computação gráfica, não precisam das antigas moldagens em massa, tornando dessa forma, o tratamento mais confortável para o paciente.

Também permitem um tratamento mais rápido, já que as modernas técnicas permitem atingir os resultados em menos etapas, e acima de tudo, com maior precisão. Na opção de tratamentos livres de metal, é possível aliar ao tratamento, dependendo do caso, os implantes cerâmicos, da marca Straumann.

Por Roberto Markarian – Cirugião Dentista Pós-Doutor em Implantodontia e Especialista em Prótese Dentária

O que é prótese de zircônia e por que é considerada a opção mais estética?

A prótese de zircônia pura, chamada de translúcida, é fabricada em óxido de zircônio de alta translucidez, e sustentada por implantes dentários em um tratamento de implante total.

A zircônia é realizada mediante um método de produção extremamente avançado. Com base em moldagem intraoral digital, a prótese de zircônia é planejada em computador e fabricada em impressoras 3D. Ou seja, o disco de zircônia colocado na impressora 3D é fresado no formato do projeto computadorizado.

Para pacientes que desejam também implantes sem metal, atualmente há a opção de implante cerâmico, da empresa Straumann.

fresagem de protese de zirconia impressora 3d de dentes
protese dentaria de zirconia para implantes dentarios
Prótese de zircônia total superior finalizada com aplicação de dentes de cerâmica e com a caracterização da gengiva artificial.
protese de zirconia fixa implantes dentarios

A estrutura interna em zircônia oferece uma grande vantagem estética na finalização da prótese, porque além de ser altamente translucida, sua tonalidade é praticamente idêntica a dos dentes naturais e a prótese fica sem materiais escuros (metais).

protese dentaria fixa sobre implantes zirconia
Prótese de zircônia vista oclusal. Observe que há 6 orifícios de acesso aos parafusos que fixam a prótese aos implantes. Mas não se preocupe, esses orifícios são fechados com resina na mesma cor dos dentes.
protese dentaria de zirconia estetica

Prótese de zircônia fixa nos implantes previamente instalados em cirurgia (neste caso foram seis implantes distribuídos em toda a arcada dentária). O tempo entre colocação dos implantes e a instalação de uma prótese definitiva é de 6 a 12 meses.

Esses materiais se destacam pela estética superior, se comparados às próteses metalocerâmicas, que possuem estrutura interna metálica.

Qual é a diferença entre prótese dentária de zircônia e prótese dentária em porcelana?

Quando falamos em prótese de zircônia e prótese em porcelana, a metalo-ceramica, é necessário, acima de tudo, saber que elas utilizam métodos de elaboração bastante diferentes.

Enquanto que na opção em zircônia são utilizados métodos completamente computadorizados em sua confecção, na prótese metalo-ceramica ( porcelana ), ainda se utilizam métodos mais artesanais, como por exemplo a moldagem com massa.

Na opção de prótese em zircônia, a parte interna da prótese, ou seja, a estrutura é em Zircônia. A prótese pode eventualmente, receber uma camada final fina em Porcelana.

Há ainda a opção de prótese com estrutura em zircônia e exterior em porcelana. Caso seja esta opção, a prótese é uma composição entre estrutura em zircônia e exterior em porcelana. Neste caso, a estrutura de zircônia oferece resistência a fraturas e a cerâmica que a recobre é o complemento estético da prótese dentária.

A Zircônia é sobretudo um material de extrema resistência, que consegue aliar a estética, com sua translucidez, a um tratamento de grande durabilidade.

Seu planejamento computadorizado permite simulações do resultado em computação gráfica, de tal forma que, o resultado estético pode ser visto antes mesmo da conclusão do tratamento, com o planejamento digital do sorriso.

A prótese de zircônia pura tem por principal característica a ausência da camada representativa de cerâmica ou porcelana, ou seja, tanto estrutura, como dentes são fresados no mesmo disco de zircônia. Não é necessário aplicação de camadas de cerâmica para construir os dentes.

protese dentaria fixa em implantes de zircnonia translucida
Translucidez de uma prótese de zircônia, sem sombras escuras.

Tratamento com prótese de zircônia fixa em implantes

Observe este tratamento para troca de coroas metalocerâmicas fixas sobre dentes por uma prótese de zircônia. Foi realizada cirurgia para colocação de seis implantes em cada arcada. Durante o período de cicatrização dos implantes (12 meses), a paciente utilizou uma prótese provisória.

coroas metaloceramicas x protese de zirconia dental

Havia comprometimento estético e funcional. As arcadas eram assimétricas e com má oclusão, além de as coroas apresentarem desgaste da porcelana mostrando o metal da estrutura interna.

Após o tratamento houve extraordinária melhora do sorriso, com dentes simétricos e perfeita oclusão, além de adquirir uma estética muito mais parecida com dentes naturais.

Quanto custa uma prótese de zircônia para implantes e a prótese de zircônia pura?

A prótese de zircônia é a opção mais moderna disponível hoje para um tratamento com implantes total. Elas envolvem planejamento com computação gráfica e não precisam das antigas moldagens em massa.

No entanto, para saber o valor total do tratamento com implantes dentários e prótese fixa de zircônia, bem como formas de pagamento, é necessário passar em uma consulta de avaliação. Agende sua consulta, presencial ou online clicando aqui.

Troca de dentadura por prótese fixa em implantes (fotos antes e depois)

O tratamento para troca de dentadura por prótese fixa em implantes dentários melhora a mastigação e a fala, além de proporcionar mais conforto e segurança para sorrir sem medo.

Este moderno tratamento permite muito mais conforto no dia a dia ao paciente, além dos ganhos estéticos, que impactam em sua qualidade de vida diretamente. A prótese sendo fixa, permite estabilidade ao mastigar, e total confiança ao paciente, uma vez que não há a necessidade de remoção para a higienização diária.

Os pacientes relatam ao final de seu tratamento, que passam a se alimentar muito melhor e a ter muito mais confiança em sorrir, o que proporciona grandes ganhos sociais na vida do paciente. Por isso é um passo importante do paciente rumo à melhoria de sua qualidade de vida.

Troca de dentadura por implantes com prótese fixa é uma opção para a maioria das pessoas

Não é raro ouvir de uma pessoa que precisa usar dentadura, relatos de períodos sentindo desconforto, incômodos ou até mesmo vivência de experiências constrangedoras, como por exemplo prótese dentária que cai. 

A prótese móvel é uma alternativa para pessoas que perderam todos os dentes de uma arcada, porém muitos modelos feitos em acrílico apresentam estética limitada (aparência de plástico) e resistência razoável.

Entretanto as queixas mais comuns sobre prótese móvel são: dentadura machucando a gengiva, dentadura folgada, frouxa ou caindo, prótese dentária céu da boca machucando, dentadura doendo, entre outros.

Dentaduras com problemas atrapalham a mastigação, e por consequência a correta nutrição, podem causar interferência na fonação, ocasionando estresse ao paciente, prejudicando sua saúde pela dificuldade na alimentação. Muitos pacientes que utilizam próteses removíveis, relatam perda de peso em decorrência dos problemas para mastigar. Além disso, uma prótese móvel com limitações estéticas, causa impactos no bem estar do paciente e em consequência em sua autoestima.

A prótese total fixa sobre implantes então surge como uma excelente alternativa para melhorar a vida de quem precisa repor os dentes perdidos.

Quais são as vantagens de uma prótese dentária fixa em relação a prótese móvel?

Quando o uso da prótese móvel traz algum desconforto, seja funcional, estético ou sensorial, há então a oportunidade de substituí-la por uma versão fixa. Implantes com prótese fixa vantagens:

  • Não movimenta e não precisa de adesivos para fixação
  • Não cai, evitando experiências constrangedoras
  • Os materiais da prótese são mais bonitos e resistentes, especialmente as próteses de zircônia livre de metais.
  • Não machuca gengiva e mucosas
  • Mais segurança para mastigar, sorrir e beijar
  • Melhora a dicção
  • Não possui céu da boca acrílico, melhorando a fala e a experimentação dos alimentos
  • Aumenta o suporte labial, melhorando o aspecto de boca murcha e lábio fino.

Leia mais: Quanto tempo dura uma prótese dentária

Quando devo trocar a prótese dentária móvel por uma prótese fixa?

Você deve estar se perguntando: como saber se eu posso fazer a troca de dentadura por implantes com prótese fixa? O primeiro passo é agendar uma consulta com o Dr. Roberto Markarian, que primeiramente fará uma avaliação minuciosa da saúde bucal e geral e conhecer hábitos do paciente. Também será necessário realizar um exame radiográfico, que é a tomografia computadorizada, para visualização do volume ósseo bem como sua qualidade. Isso é primordial para planejar a quantidade de implantes que serão colocados no osso.

Pessoas que usam dentadura há muitos anos apresentam grande perda óssea no maxilar e isso é uma preocupação comum nas pessoas que gostariam de colocar implantes para usar uma prótese fixa. Como alternativas, realizamos diversas técnicas de enxerto ósseo, ou então a utilização de implantes curtos concebidos para quem com reabsorção óssea.

Outra questão importante é a escolha do material da prótese, que será decidida durante a consulta após a avaliação do paciente para então indicar quais seriam os modelos mais adequados para as necessidades e hábitos de cada pessoa.

Os principais materiais de prótese dentária para implantes são:

  • Resina – material plástico utilizado para confecção de prótese total. O protocolo de Branemark é uma prótese total com estrutura metálica e dentes e gengiva em resina. Saiba mais.
  • Metalocerâmico – Prótese com estrutura metálica (barra metálica) e dentes caracterizados em porcelana dental. Saiba mais.
  • Zircônia e porcelana – Prótese com estrutura interna em zircônia e dentes caracterizados em porcelana dental. Sem dúvida é a opção mais estética e semelhante aos dentes naturais. Fabricada por sistemas computadorizados. Saiba mais.

Um outro aspecto a ser observado é que dependendo do recuo ósseo e gengival, se é leve ou muito grande, vai guiar a confecção de prótese fixa sem ou com camada de gengiva para recompor o desenho natural da gengiva. Saiba mais aqui.

Fotos de antes e depois de um tratamento de troca de dentadura por prótese dentária fixa com implantes

troca de dentadura velha por uma prótese total de zircônia fixa sobre implantes
Prótese móvel x prótese estética de zircônia fixa em 6 implantes dentários
troca dentadura por protese fixa de zirconia
Tratamento realizado na ImplArt Odontologia para troca de prótese móvel (dentadura acrílica) por uma moderna prótese de zircônia fixa em implantes dentários. Observe a extraordinária mudança no sorriso, que ficou mais aberto e bonito por causa do aumento do suporte labial.

Quantos implantes são suficientes para segurar a prótese dentária fixa?

A quantidade de implantes dentários geralmente varia de 2 (Overdenture dentadura semi fixa), 4 e 6 por arcada. Mas ressaltamos que, tanto o número ideal de implantes distribuídos pela a arcada, como também a escolha do melhor material da prótese dentária fixa, só podem ser decididos após uma avaliação do implantodontista experiente e de uma boa conversa entre dentista e paciente.

É fundamental avaliar bem o paciente – sua saúde, hábitos e expectativas – para então planejar o tratamento com a melhor expectativa de resultado e durabilidade, algo que realmente vai mudar a vida para melhor.

Sempre recebemos perguntas sobre o preço de prótese dentária, quanto custa uma prótese fixa total, preço de uma prótese fixa e implante dentário valor. Mas a amplitude de opções de materiais de prótese e quantidade de implantes interferem diretamente no valor do tratamento. Por isso a importância de realizar uma consulta com um profissional experiente.

Importante lembrar sempre que, ao concluir o tratamento, visitar o dentista a cada 6 meses para realização de sua profilaxia e acompanhamento dos resultados do tratamento

Saiba tudo sobre os tratamentos com implantes dentários realizados na ImplArt:

Se você gostaria de trocar sua dentadura que machuca e instável por uma prótese total fixa, agende uma consulta para avaliação clicando no link abaixo:

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583