implante total com dentes individuais

Implante de todos os dentes individualizados

O implante de todos os dentes (coroas) individualizados é a técnica que fixa uma coroa para cada um dos implantes distribuídos por toda arcada.

A principal indicação para o tratamento com implante de todos os dentes individualizados é quando o paciente perdeu ou está a perder todos os dentes. Entretanto, esta é uma técnica muito avançada da implantodontia e sua indicação e viabilidade precisam ser examinadas pelo implantodontista, que deve determinar se o paciente é um bom candidato para implante de todos os dentes individualizados. Em princípio, este são os requisitos básicos para fazer um implante de todos os dentes individualizados:

  • Quantidade óssea abundante (ausência de perda óssea)
  • Quantidade de gengiva preservada em relação à uma dentição natural
  • Em um sorriso aberto o paciente não pode mostrar a gengiva

Em virtude de perda óssea e de gengiva que geralmente ocorre por conseqüência da perda dos dentes, o resultado do aspecto gengival de um tratamento com implante de todos os dentes individualizados é diferente de uma gengiva com dentição natural. A principal alteração no formato da gengiva após a perda de um dente torna a gengiva plana, sem os arcos que caracterizam uma dentição natural. No entanto, caso seu sorriso seja muito aberto, será necessário realizar uma prótese com uma camada de gengiva artificial para simular o aspecto de uma gengiva normal. Leia mais sobre caracterização de gengiva em próteses.

Dúvidas frequentes:

Posso fazer um enxerto de osso ou de gengiva para aumentar primeiro o volume de osso/gengiva para permitir um Implante de todos os dentes individualizados?

Sim, porém mesmo que haja um ganho de volume desses tecidos, o formato da gengiva não será igual ao de uma dentição natural (formato de arco).

Quais as contraindicações de implante de todos os dentes individualizados?

  • Basicamente são estes abaixo:
  • Sorriso muito aberto e que exibe a gengiva
  • Perdas ósseas em espessura ou altura
  • Defeitos gengivais
  • Nesses casos, a estética dos dentes não ficaria boa utilizando implantes um a um.

Considerações sobre implante de todos os dentes individualizados

Em virtude da perda óssea que ocorre por conseqüência da perda dos dentes sem reposição imediata, o mais comum é que o paciente não consiga realizar um implante de todos os dentes individualizados. Entretanto, pode-se recorrer a um caso muito mais simples e que traz excelentes resultados, que é o implante total com menos implantes distribuídos e uma prótese fixa da arcada completa.

A prótese pode ter ou não uma camada de gengiva para simular o aspecto de dentes naturais. A gengiva não é feita para deixar a prótese feia. Muitos pacientes relutam a ideia de usar gengiva artificial em suas próteses, pois para eles remete a aparência de uma dentadura. Porém, como o avanço das técnicas e dos materiais utilizados, a gengiva artificial da prótese consegue reproduzir a estética e a naturalidade de uma gengiva natural. Os tipos de próteses para implante total são:

  • Resina (prótese protocolo)
  • Porcelana (estrutura interna metálica e acabamento em porcelana – protocolo cerâmico)
  • Zircônia (estrutura interna em zircônia branca livre de metais, recoberta com porcelana – prótese metal free)

Caso tenha ficado com dúvidas, entre em contato com a nossa equipe ou agende uma consulta com a nossa equipe especializada. Ficaremos felizes em recebê-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011