Alterações na dimensão vertical

A dimensão vertical consiste no comprimento da face determinado pela distância de separação do maxilar. Alterações nesse sistema podem trazer diversos problemas para os pacientes.

Por que as próteses precisam reestabelecer a dimensão vertical?

Por isso, há muito tempo os dentistas procuram métodos e técnicas para determinar um relacionamento maxilomandibular eficiente. O restabelecimento inadequado pode acarretar em um trabalho protético.

O bruxismo dental desgasta os dentes exibindo camadas internas de dentina que são mais sensíveis. A perda de altura do dente também causa perda de dimensão vertical e deixa a estética comprometida além de “envelhecer” o paciente.

Hábitos parafuncionais, desgaste dentário fisiológico ou parafuncional, perda de estabilidade posterior (dentes molares desgastados) por causa da ausência de alguns dentes podem trazer alterações. Como consequência, podem aparecer problemas de alteração do perfil facial, dor de cabeça, dor nos músculos e sintomas relacionados às disfunções temporomandibulares.

A dimensão vertical correta interfere na estética do paciente e também ajuda na definição de uma mordida correta. Á esq uma dimensão vertical alterada e diminuída envelhece o paciente. A dir a dimensão vertical reestabelecida que traz uma melhor aparência e funcionalidade às próteses dentárias

Existem dois tipos de dimensão vertical: oclusal ou de contato (DVO/OVD ou DOV/VDO) e de repouso (DVR/VDR). A primeira consiste na altura reduzida da face com os dentes na oclusão (mordida) e a segunda é a altura reduzida da face medida de um ponto do queixo a um ponto abaixo do nariz com a mandíbula em repouso. Para restabelecer corretamente a dimensão, alguns tratamentos podem ajudar nesse sentido.

Como corrigir o efeito de boca murcha ?

O uso de overlays e próteses provisórias mais altas vão contribuir para retornar a função fisiológica normal do paciente. Além disso, a técnica também diminui os sintomas, atuando como uma terapia reversível e permite a confirmação do diagnóstico.

O aumento da mordida do paciente também pode ser feito com implantes dentários, prótese dentária ou reabilitação oral da boca inteira.

Dessa forma, o dentista e o paciente podem começar a planeja qual tratamento será feito. Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco ou agende uma consulta.

Comentário (2)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como essas 10 bebidas podem afetar os seus dentes?

O efeito que as bebidas exercem sobre os dentes depende de vários fatores, mas o principal co…

Efeito da bulimia nos dentes e saúde bucal

A bulimia é um distúrbio alimentar que leva a pessoa a comer de forma compulsiva, seguido por…

Precisa fazer desgaste dos dentes para lentes de contato dentais?

Uma dúvida muito comum entre as pessoas que estão em busca de melhorar a estética dos dentes …

Quais as chances de sucesso de um implante dentario?

Vários estudos sugerem que as chances de sucesso de um implante dentario giram em torno de 92…

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583