Dentes caírem não é normal

Não é normal ter dentes que caiam sozinhos

Dentes caírem não é normal. Os únicos dentes que devem cair no período adequado são os dentes de leite (decíduos). Os dentes permanentes não devem cair e são possíveis de serem mantidos até o final da vida, desde que haja muita dedicação e cuidado. Dentes naturais que são bem cuidados ao longo da vida permanecem saudáveis e não caem. Devem portanto durar até a terceira idade, a não ser em casos muito específicos de predisposição.

As principais causas de perda dos dentes permanentes são higienização oral inadequada e o surgimento de doenças bucais, como a cáries e a doença periodontal, problemas que podem ser prevenidos, identificados e controlados em fase inicial. Essas patologias são facilmente diagnosticadas em uma consulta com dentista, por isso a necessidade de realizar consultas regulares ao consultório odontológico, além de manter uma rotina de escovação e uso de fio dental adequadamente por toda a vida.

A cárie, sem tratamento, deteriora progressivamente a estrutura da coroa dentária e em casos mais avançados – cárie profunda – atinge a raiz e a poupa dentária e quase sempre esse dente precisa ser extraído. A doença periodontal é o principal motivo de amolecimento e queda de dentes em adultos. Passa por várias fases, sendo seus primeiros sinais o acúmulo de placa e tártaro, que sem tratamento evolui para gengivite e em grau mais avançado leva a infecção e deterioração do osso que suporta os dentes.

Como manter os dentes naturais ao longo da vida?

  • Escovar os dentes, mucosas e língua após cada refeição ou pelo menos 3 vezes ao dia.
  • Utilizar escova de cerdas macias. A escovação deve ser realizada com movimentos leves e circulares para desse modo evitar a retração gengival.
  • Utilizar fio dental ou escova interdental para remover resíduos entre os dentes.
  • Não fumar. O cigarro é certamente um grande inimigo da saúde bucal.
  • Manter uma dieta equilibrada. Alimentos muito ricos em açucares favorecem o surgimento de cáries.
  • Controlar doenças sistêmicas, como por exemplo a diabetes.
  • Manter visitas regulares ao dentista, pelo menos uma vez por ano. O olhar de um profissional identifica problemas em fase inicial e tratável. O dentista verificará se a higienização bucal diária está sendo bem realizada. Eventualmente pode indicar limpeza profissional para remover placa ou tártaro acumulado. Verifica se está correta a oclusão dentária.

 

Perdi um dente, e agora?

Mesmo com todos os cuidados, um dente pode ser perdido por doença bucal ou por acidentes. Para manter a saúde dos dentes remanescentes é importante a reposição do dente perdido com implante dentário o mais rápido possível. Além de manter a estética do sorriso, a reposição do dente permite o equilíbrio da arcada e oclusão dentária. O implante é certamente capaz de impedir ou paralisar a reabsorção óssea, e os dentes vizinhos não sofrem com movimentação.

bucal, cáries, como, dentária, dente, dentes, dentista, devem, doença, mais, manter, não, normal, para, pelo, periodontal, profissional, são, saúde, vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian - CRO SP 73.583

Endereço

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 (11º andar) - Bela Vista - São Paulo/SP - CEP 01333-011

Atendimento

Seg. a Sex. 08:30 - 19:30

Sábado 08:00 - 13:00

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2019.