Substituição de coroa metalocerâmica por coroa de zircônia

Com o tempo, a coroa de metaloceramica antiga pode apresentar problemas estéticos, como por exemplo desgaste da camada de cerâmica ou retração da gengiva (expondo parte do metal interno).

Então substituir a coroa metalocerâmica antiga por coroa de zircônia soluciona ao mesmo tempo problemas estéticos e na gengiva.

Por Roberto Markarian – Dentista graduado com doutorado em Implantodontia e especializado próteses dentárias pela USP e Diretor da ImplArt Odontologia em São Paulo.

Por que substituir coroa metalocerâmica por zircônia?

A coroa metalocerâmica é um dente artificial que substitui um elemento dentário parcialmente ou totalmente perdido. Quando o dente está parcialmente perdido, a coroa é instalada sobre o remanescente dental preparado e tratado. Já quando ocorre a perda total de um dente, a coroa é fixada sobre um implante dentário previamente inserido cirurgicamente no osso.

Esse modelo de coroa é composto basicamente por dois materiais: o metal da estrutura interna e uma camada estética de cerâmica que a caracteriza com cor e textura de um dente natural.

Entretanto, com o passar do tempo a camada de cerâmica pode sofrer desgastes, com exposição de pontos do metal e gerando comprometimento estético para o sorriso (o metal fica escuro perto da gengiva).

coroa de metaloceramica desgastada
Coroa metalocerâmica com desgaste da camada de cerâmica
coroa metaloceramica desgastada mostrando metal interno
Coroa metalocerâmica com exposição da estrutura interna metálica devido a desgaste da camada de cerâmica e retração gengival

A retração da gengiva, que a recessão do tecido gengival também pode levar à exposição do metal, caracterizado pelo surgimento de uma linha escurecida entre a coroa e a gengiva.

Quando uma coroa é planejada, ela é concebida para se ajustar a um determinado formato ósseo e gengival. Entretendo, todos nós sofremos modificações dos tecidos conforme envelhecemos. Em algumas pessoas essas modificações acontecem de forma acelerada, e a coroa que até então era bem ajustada, pode ficar desadaptada aos tecidos.

coroa metaloceramica com metal aparecendo por causa de perda óssea e retração gengival
Coroas metalocerâmicas com exposição de metal devido à retração gengival e perda óssea

Outra razão que pode levar à necessidade da troca de uma coroa metalocerâmica por coroa de zircônia é quando a pessoa, em algum momento, apresenta sinais de alergia a componentes metálicos utilizados em odontologia.

Qual é a diferença de uma coroa metaloceramica para a coroa de zircônia?

Como citado anteriormente, a coroa metalocerâmica é constituída por uma estrutura interna de liga metálica coberta por uma camada de cerâmica estética, também chamada de porcelana dental.

Já a coroa de zircônia possui estrutura interna fabricada em óxido de zircônio com tonalidade branca, que é muito mais semelhante ao interior de um dente natural. O avanço tecnológico dos materiais para fabricação de coroa de zircônia oferece muita resistência e resultados estéticos excelentes.

Além disso, coroas de zircônia são fabricadas por modernos sistemas digitais, com processos mais rápidos, confortáveis e previsíveis para melhorar a saúde bucal. A estrutura interna em zircônia é clara, portanto, a coroa não contem material escuro e inestético.

Coroa metalocerâmica e coroa de cerâmica com estrutura interna de zircônia
Coroa metalocerâmica (estrutura interna metálica) x coroa de cerâmica com estrutura interna de zircônia.
coroa metaloceramica vista interna
Vista interna de uma ponte com coroa metalocerâmica
coroa de zirconia vista interna
Ponte anterior de zircônia sem metal com elemento central suspenso
dentes de zirconia vista frontal e interna
Ponte de zircônia sem metal posterior, vista externa e interna (Coroa metal free)
protese total de zirconia
Prótese total fixa com coroas de zircônia em processo de finalização

Coroa de zircônia pura une estética avançada e alta resistência

A zircônia pura é uma técnica que se diferencia da coroa zircônia + cerâmica pela ausência camada de cerâmica aplicada, ou seja, a coroa de zircônia pura translúcida é construída com apenas uma camada.

A excelência estética da zircônia pura é alcançada graças aos materiais e processos que reproduzem transparências, gradientes e texturas dos dentes naturais humanos. A técnica de coroa de zircônia pura pode ser aplicada para dentes unitários, pontes e até mesmo prótese total fixa.

coroas de zirconia pura
Coroa de zircônia pura

Cuidados permanentes com coroas dentárias são fundamentais

Pessoas com coroa dentária devem manter um cronograma de cuidados permanentes para manter sua beleza e funcionalidade, o que inclui cuidados em casa com a higienização e alimentação, como também com retornos periódicos ao consultório para revisão anual.

Essas consultas são importantes para avaliar o contato dos dentes, possíveis infiltrações, retração da gengiva e cáries no remanescente dental, ou até mesmo avaliar a necessidade de troca da coroa dentária antiga para manter a saúde oral.

A troca de coroa metalocerâmica antiga é um procedimento comum quando apresenta linha escurecida próximo a linha gengiva, ou está mal adaptada, com retração gengival, perda óssea, infiltração ou cárie.

Por que a coroa fixa é melhor do que coroa adesiva?

É comum que algumas pessoas optem por uma coroa adesiva para repor um dente perdido. A coroa adesiva é do tipo que é suportada nos dentes vizinhos. Esse modelo é recorrentemente escolhido por dois principais motivos: o desejo por um procedimento mais rápido ou então por um tratamento mais barato.

Entretanto a coroa adesiva pode necessitar de troca antecipada se ela se soltar. Há também outro inconveniente. Como esse modelo de coroa não é capaz de paralisar a absorção óssea, a gengiva pode sofrer alterações, gerando um espaço entre coroa e gengiva, o que não é bom nem para função mastigatória, nem para a estética do sorriso.

Coroa fixa sobre implante é a melhor alternativa para repor um dente

Quem deseja durabilidade, resistência e alto padrão em estética deve considerar substituir seu dente perdido por uma coroa fixa sobre implante dentário. Essa coroa não sai, pois apenas o dentista consegue retira-la em consultório com instrumentos adequados.

O implante dentário funciona como a raiz de um dente, e os modelos mais modernos impedem a perda óssea. Em resumo, a coroa fixa sobre implante é a melhor opção para a função mastigatória e traz melhores resultados estéticos, comparáveis aos dentes naturais.

A cirurgia de um implante é muito tranquila, rápida e indolor. Saiba mais clicando aqui.

Se você ficou com alguma dúvida sobre coroas de zircônia e implantes dentários, entre em contato conosco ou então agende uma consulta e conheça a ImplArt. Ficaremos felizes em recebe-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Substituição de coroa metalocerâmica por coroa de zircônia

Com o tempo, a coroa de metaloceramica antiga pode apresentar problemas estéticos, como por e…

Blackspace dental: tratamento para melhorar a estética

Blackspace ou buraco negro dental é um espaço escuro entre os dentes com formato triangular i…

Troca de dentadura por prótese fixa em implantes (fotos antes e depois)

O tratamento para troca de dentadura por prótese fixa em implantes dentários melhora a mastigação…

Substituição de coroa metalocerâmica por coroa de zircônia

Com o tempo, a coroa de metaloceramica antiga pode apresentar problemas estéticos, como por e…

Blackspace dental: tratamento para melhorar a estética

Blackspace ou buraco negro dental é um espaço escuro entre os dentes com formato triangular i…

Troca de dentadura por prótese fixa em implantes (fotos antes e depois)

O tratamento para troca de dentadura por prótese fixa em implantes dentários melhora a mastigação…

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583