Dentes provisórios: como e porque são usados

Os dentes provisórios, também chamados de “provisórios” ou coroas provisórias, sofreram evoluções importantes ao longo do tempo.

Contudo, até pouco tempo as próteses provisórias eram feitas sem a necessidade de perfeição em estética e adaptação, pois seriam substituídas por próteses dentárias definitivas.

As próteses provisórias agora permitem que você “visualize” o resultado final do seu design ou tratamento, desde algo simples como uma coroa até uma reabilitação oral de todos os dentes.

Os provisórios hoje servem como protótipos dos definitivos e permitem que você tome uma melhor decisão sobre o tamanho, forma, aparência, função e cor de suas restaurações finais.

Para que servem os dentes provisórios?

Os provisórios se tornaram uma parte importante e necessária de qualquer reconstrução de sorriso ou mordida. Eles servem várias outras funções importantes, incluindo:

  • Proteger os dentes que foram preparados para uma restauração final.
  • Cobrir a dentina exposta para dessa maneira evitar a sensibilidade do dente, acúmulo de placa, cáries assim como problemas de polpa.
  • Impedir movimentos dentários indesejados.
  • Permitir que os pacientes comam e falem normalmente.
  • Manter a saúde e os contornos do tecido gengival.
  • Permitir que os pacientes testem o ajuste, a aparência, o conforto e a função da reforma ou restauração antecipada do sorriso.
  • Servir como exemplo e referência estética para a discussão do caso com o paciente.
  • Permitir resolver problemas funcionais ou de mordida durante o período intermediário em que são usadas.
  • Economizar tempo e dinheiro, fornecendo um plano exato de como serão as restaurações finais, reduzindo assim a necessidade de procedimentos adicionais, ajustes e remakes.

Tenho que fazer um provisório? Ou posso ficar sem?

Os dentes provisórios: coroas, pontes, próteses fixas ou removíveis são importantes para fases intermediários no dentista. A não ser que você esteja realizando um tratamento de um único dia (Day Clinic), sempre será necessário fazer uma prótese dentária provisória.

Os seguintes tipos de coroas precisam de uma versão provisória obrigatoriamente: coroa de porcelana metalocerâmica, coroa de porcelana zircônia, coroa de zircônia pura, coroa de emax, coroa sobre implante, prótese fixa para implante dentário, implante completo da arcada, prótese all on 4, carga imediata em implantes, lentes de contato dentais.

Quando são necessários os provisórios?

Se você optar por fazer um tratamento, uma restauração temporária colocada nos dentes preparados o que oferece proteção, conforto e estética enquanto você espera que a restauração final seja feita e colocada. Os temporários são usados enquanto você tem coroas, pontes, incrustações, revestimentos e facetas de porcelana feitas para você e, às vezes, até para próteses parciais removíveis, próteses completas e tratamento de implantes.

As restaurações provisórias são especialmente importantes quando vários dentes devem ser preparados, ou quando mudanças oclusais (mordidas) ou cosméticas são previstas. É mais fácil ajustar restaurações temporárias de resina acrílica do que modificar restaurações finais permanentes fabricadas com materiais metálicos, zircônia, cerâmicos ou metal-cerâmicos.

No entanto, na Clínica ImplArt nós utilizamos a tecnologia CAD / CAM de Odontologia Digital (projeto auxiliado por computador/fabricação auxiliada por computador) para criar suas restaurações em seu consultório – criar, unir e ajuste a restauração permanente em apenas uma sessão, eliminando assim a necessidade de temporários.

As restaurações temporárias também são necessárias quando há pouca ou nenhuma remoção do esmalte dentário durante a colocação final de algumas facetas de porcelana, como pode ser o caso de alguns tipos de facetas de porcelana (com pouco desgaste ou sem desgaste), como lentes de contato dental e laminados cerâmicos.

O tempo necessário para o uso da provisória varia de alguns dias (curto prazo) para casos simples, como uma única coroa, a várias semanas (médio prazo) para casos como incrustações, revestimentos e folheados. Provisórias são necessárias por vários meses (a longo prazo) para casos complexos, como reconstrução da boca completa.

Como são feitas as coroas provisórias?

Eles podem ser feitos usando uma técnica direta ou indireta. Uma técnica direta é realizada ao lado da cadeira (na boca) pelo seu dentista. Uma técnica indireta requer o molde (com massa ou com scanner intra-oral) de sua boca e a realização de seus temporários fora da boca e / ou em um laboratório externo.

Quando os provisórios precisarão ser usados por um longo prazo ou como ferramentas de diagnóstico, os provisórios fabricados em laboratório geralmente são melhores porque seus materiais fornecem maior resistência e maior resistência ao desgaste e descoloração.

Como eles se assemelham mais ao resultado final do tratamento, os provisórios fabricados em laboratório também dão a você e ao seu dentista uma ideia mais precisa de que você poderá – ou deseja – conviver com as restaurações permanentes nessa forma, design e ajuste.

Se suas restaurações permanentes forem fabricadas em um laboratório dentário externo, o dentista fará um molde dos dentes a serem restaurados. Moldagens ou imagens digitais do seu sorriso, são enviadas para o laboratório, onde é feita uma simulação tridimensional da proposta estética ou restauração desejada do sorriso.

dentes provisorios impressos
Próteses provisórias feitos em impressora 3D em nosso laboratório de próteses dentárias
Provisórios feitos em impressão 3D em fase de endurecimento por ação de luz

O planejamento é devolvido ao seu dentista para que você possa aprovar junto com ele a forma, os contornos e a aparência do tratamento proposto. Após a aprovação do tratamento, seus dentes são preparados para as restaurações finais.

Após a fabricação dos provisórios, o seu dentista instalará os dentes usando um cimento provisório (cola).

Se forem necessárias alterações na mordia ou formato das coroa de provisório, elas também poderão ser feitas em qualquer momento.

Materiais utilizados nas próteses provisórias

As restaurações temporárias podem ser feitas usando materiais diferentes. Nós selecionaremos o material mais adequado para você, com base no seu plano de tratamento e levando em conta quanto tempo você precisará usá-lo.

Os materiais utilizados no consultório odontológico para fazer restaurações provisórias incluem coroas pré-fabricadas em acrílico (plástico), resinas autopolimerizáveis, resinas fotopolimerizáveis, resinas bisacrílicas, resinas compostas, cerômeros e mais recentemente resinas para impressão 3D e resinas para fresagem computadorizada.

Temporários fabricados em laboratório são geralmente feitos de acrílico, sendo que os que mais utilizamos (na Clínica ImpLArt) são os impressos em 3D e os fabricados por máquinas fresadoras.

Os materiais para um dente provisório devem ser fortes, resistentes ao desgaste, com aparência natural, com boa estabilidade de cor, facilmente ajustáveis e capazes de produzir temporários com uma boa adaptação ao longo da linha da gengiva.

Colocação e remoção de provisórios

É muito importante que seus provisórios fiquem presos e estáveis no lugar. Se eles caírem, os dentes preparados podem mudar de posição e isso pode causar uma alteração na forma como as restaurações finais e permanentes se encaixam. Portanto, se o seu provisório cair ou você tiver um problema, ligue para o seu dentista para agendar uma breve consulta para que ele seja re-cimentado ou substituído.

As coroas provisórias são tipicamente coladas usando cimento provisório. Os cimentos temporários que os dentistas usam geralmente têm uma consistência macia e cremosa e vêm com um modificador usado para afrouxar o cimento na hora de removê-los. Quando os temporários estiverem suficientemente frouxos, seu dentista usará a pressão dos dedos ou um instrumento como uma pinça para removê-los com cuidado.

O provisório pode cair? Pode quebrar?

Quando uma coroa provisória se quebra, ela deveria ser substituída com rapidez. Tanto para proteger o dente abaixo da coroa, quanto para evitar o desconforto estético ao ter um dente quebrado.

Quanto custam as próteses provisórias?

Geralmente, não há um valor a parte para os temporários, pois as restaurações provisórias são uma parte necessária de muitos procedimentos de tratamento odontológico. Porém, o custo do temporário depende de diferentes fatores, incluindo se foram fabricados no consultório odontológico pelo dentista ou criados por um laboratório externo; os materiais utilizados para fabricá-los; os tipos e número de ajustes que podem ser necessários; se os temporários são de um dente ou de vários.

Uma consideração importante de custo é quanto tempo os temporários precisam estar na boca. Por exemplo, se o temporário for uma prótese ou ponte com um implante dentário, pode ser necessário permanecer no local por seis meses a um ano.

Isso às vezes é chamado de provisório de “longo prazo”. Além disso, se os provisórios forem utilizados para estética somente, o convênio odontológico geralmente não cobrirá os custos associados a eles.

Para uma estimativa mais específica, você deve discutir os valores com com o dentista em consulta. Por exemplo, considere que a maioria dos casos de reabilitação oral ou design de sorriso envolvem um planejamento de diagnóstico, a fim de determinar a melhor maneira de aprimorar o sorriso de uma pessoa. Os dentistas costumam cobrar por esse serviço, e esses modelos podem mais tarde ser usados para a criação dos temporários.

Como usar temporários para visualizar Test-Drive de sorriso

Além de servir a um propósito funcional, as restaurações temporárias também oferecem uma prévia do resultado final do tratamento. Se necessário, você pode solicitar ajustes ao seu dentista no comprimento dos dentes, forma, cor e estética. Seu dentista ajustará tecnicamente os temporários para obter conforto e funcionalidade ideais, além de testar sua capacidade de falar naturalmente.

Quando você e o dentista estiverem satisfeitos, uma nova impressão será feita das restaurações temporárias aprovadas por impressão 3D.

O modelo do protótipo de seus temporários aprovados será então enviado ao laboratório de prótese dentária, onde suas restaurações finais serão fabricadas de acordo com este “modelo”.

Em nossa clínica isto é ainda mais fácil pois trabalhamos com tecnologias computadorizadas, então basta reimprimir o dente projetado no novo material definitivo, seja em porcelana vitrocerâmica, ou em zircônia odontológica.

Em certas situações clínicas, restaurações temporárias podem ser usadas para visualizar os resultados finais sem desgastar os dentes. Se você decidir que o tratamento proposto não é adequado para você, nem você nem seu dentista se comprometerão com desgastes do dente.

Em outras situações (se houver a cárie dentária), seus dentes devem ser restaurados antes de fabricar os provisórios.

test drive do sorriso da implart
Test drive do sorriso

Test Drive do sorriso ou Mockup dos dentes

Um sorriso experimental é um dispositivo de acrílico removível usado durante a fase de pré-tratamento para oferecer a você e à equipe odontológica uma compreensão mais clara das expectativas para o resultado final. Para permitir que você veja o resultado potencial da restauração proposta na forma tridimensional, é criado um enceramento diagnóstico e um sorriso de teste removível que você pode usar na boca é feito com esse enceramento.

Em nossa clínica o planejamento desse resultado é feito em modelos computadorizados. Um sorriso experimental é fabricado com acrílico com impressão 3D. Depois de modelado e fabricado, o sorriso experimental é colocado na boca. Isso permite que você visualize, sinta e teste instantaneamente o resultado do seu novo sorriso com dentes provisórios antes de se submeter à preparação do dente definitivo. Se você gosta do resultado esperado, pode optar por continuar com o plano de tratamento. Depois de aceitar o tratamento, o próximo passo é receber temporários para os dentes envolvidos.

Próteses temporárias: preocupações, cuidados e considerações de viagem

Os provisórios são projetados para restaurar os dentes,em geral, por um período provisório ou seja curto período.

Embora os temporários de hoje sejam realistas, naturais e duráveis, é comum que algumas pessoas tenham problemas com seus temporários.

As preocupações comuns com os temporários incluem:

  • Os temporários podem ter uma sensação áspera que pode ser irritante para sua língua.
  • Eles caem facilmente.
  • Os dentes com as coroas provisórias são mais sensíveis ao calor e ao frio.
  • É mais difícil de mastigar.
  • Você não está satisfeito com a aparência dos temporários.
  • Os temporários podem causar mau hálito se não forem limpos adequadamente.

Cuide dos seus provisórios

Para enfrentar o mínimo de problemas possível com seus dentes provisórios, seguir as instruções de cuidados a seguir pode ser útil:

  • Não coma nem beba nada quente por pelo menos uma hora após a colocação dos seus temporários.
  • Portanto se sentir sensibilidade no tecido gengival e nos dentes, tome um analgésico leve e anti-inflamatório de acordo com as instruções. Ligue para o seu dentista se o desconforto não diminuir ou piorar.
  • Enxágue com água morna e sal (1/2 colher de chá de sal em um copo de quatro onças) por alguns dias após a colocação do temporário para ajudar a diminuir a sensibilidade da gengiva.
  • Evite alimentos pegajosos, como caramelo, caramelo ou chiclete, pois eles podem desalojar o produto temporário.
  • Ao escovar os dentes, use uma escova de cerdas macias para massagear suavemente o tecido gengival.
  • Passe ainda fio dental diariamente, mas puxe o fio pelos lados dos dentes, em vez de puxar para cima.
  • Para evitar quebras, não mastigue substâncias duras, como nozes, gelo, amendoim ou lápis. Se possível, mastigue do lado oposto da boca.

Vou viajar e ainda estou com coroas provisórias, o que fazer?

Dependendo do procedimento a que você se submete, pode ser necessário permanecer em São Paulo até o término de uma etapa do trabalho ou até a conclusão final (tratamentos rápidos em DayClinic).

Durante esse tratamento você pode precisar (ou desejar) usar temporários / dentes provisórios.

Certifique-se ainda de discutir isso com seu dentista antes de iniciar qualquer procedimento, para que ele possa programar a fabricação de seus temporários a tempo para a sua viagem.

Temporários satisfatórios são especialmente importantes quando se viaja para longe do dentista, pois se houver problemas pode ser mais difícil consultar o dentista se surgirem problemas de adaptação, função ou queda do provisório.

Além disso, se você estiver planejando viajar de férias ou negócios, conclua qualquer trabalho odontológico necessário antes de sair.

Se isso não for possível e você precisar usar dentes provisórios ou temporários, informe o seu dentista os seus planos de viagem com a maior antecedência possível, pois isso pode afetar o tipo de temporários que ele fabricará para você e a resistência do cimento usada para aderir eles.

Antes de sua partida, agende uma verificação preventiva de seus temporários para minimizar a possibilidade de emergências dentárias enquanto estiver ausente.

Assista nossos videos sobre odontologia digital e fale conosco s houver dúvidas.

Prótese dentária fixa com gengiva artificial – Foto

A prótese dentária fixa com gengiva artificial é indicada para reposição de dentes perdidos. Entretanto, quando uma pessoa perde um ou mais dentes, nem sempre isso ocorre de forma programada, como por exemplo, o dente pode ser perdido em um acidente ou quando por algum motivo há avançada deterioração dos tecidos.

Nestes casos, pode haver uma deformação óssea e bem como da gengiva, e por consequência disso o planejamento da prótese dentária tem que considerar a reprodução de uma gengiva artificial, principalmente com o intuito de oferecer um resultado mais harmonioso.

Este é por exemplo um caso de prótese dentária fixa com gengiva artificial, composta por três elementos dentários de porcelana dental estética. O paciente sofreu um acidente, perda dentária, fratura óssea e grande retração da gengiva. Portanto os arcos gengivais precisaram ser reproduzidos com uma camada, igualmente de porcelana.

Quais os materiais indicados para a prótese fixa em porcelana?

A prótese fixa de porcelana sobre dentes com camada de gengiva artificial (também pode ser feita em zircônia, cerâmica ou cerômero), consegue reproduzir diversos tons naturais da gengiva, conseguindo acompanhar o visual dos dentes e tecidos gengivais remanescentes.

A prótese com gengiva artificial também é uma alternativa ao paciente que não tem indicação para receber enxerto de tecido gengival, ou então que deseja um tratamento mais ágil.

Gostaria que minha prótese não tivesse gengiva artificial, é possível?

Em geral, para um paciente que sofreu perda óssea e grande remodelamento gengival, não é possível fazer uma prótese sem a camada de gengiva, principalmente porque a gengiva oferece volume ao lábio e sem ela sua boca pareceria murcha (envelhecida).

Além disso, os dentes ficariam com aparência mais alongada que um dente natural, pois a gengiva retraída é alta em virtude de atrofia óssea. Antes de mais nada, podemos realizar testes de qual tipo de prótese ficaria melhor, investindo tempo na fase de prótese provisória.

Prótese em zircônia com camada de gengiva artificial

Neste caso acima, utilizamos materiais de extrema qualidade estética para obter um resultado natural. Trata-se de uma prótese sem metais em sua composição, o que a torna mais bonita e mais natural, sem perder a resistência.

Em nossa clínica especializada realizamos o projeto digital da prótese através de sistemas computadorizados, inclusive em casos de implante da boca toda (implante total). Conheça nosso laboratório de prótese digital.

Em caso de dúvidas sobre tratamentos protéticos, tratamentos gengivais ou valores, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Posso extrair um dente e colocar prótese no mesmo dia ?

Quanto tempo depois de extrair um dente posso colocar implante? Após extrair um dente quanto tempo posso colocar protese?

Na maioria dos casos é possível extrair um dente e colocar prótese no mesmo dia com tranquilidade. Na realidade, essa é a melhor conduta a se tomar para que se tenha o menor impacto possível na rotina da pessoa. A reposição imediata do dente logo depois da extração evita constrangimentos, principalmente se é extração de dente da frente, bem como favorece a mastigação e a dicção.

Além disso, colocar o implante e uma prótese rapidamente ajuda a evitar as consequências funcionais e fisiológicas da perda de um dente. A colocação da protese no mesmo dia da extração só não é possível em alguns casos específicos, como por exemplo fratura óssea extensa ou então osso/gengiva infeccionados. Fraturas nos dentes são situações que podem precisar de atendimentos emergenciais e implante dentário imediato.

Quais são os tratamentos

Basicamente existem dois tipos de próteses para repor o dente recém extraído: a prótese adesiva e protese sob implante. A grande característica da prótese adesiva é que ela é presa nos dentes vizinhos por meio de aletas e adesivo odontológico.

Trata-se de uma opção mais simples em relação a prótese fixa sobre implante dentário, já que sua duração e resistência são inferiores. Além disso a indicação da prótese adesiva é limitada, hoje em dia sendo mais utilizada como uma prótese dentária provisória do que uma prótese definitiva.

Prótese adesiva estética com aletas para permitir a colagem do dente
Prótese dentária fixa sobre implante (coroa individual). Neste caso trata-se de uma coroa de zircônia translúcida.

Portanto a opção mais indicada para repor o dente extraído é a colocação do implante dentário e uma prótese fixa sobre ele. As principais vantagens de implante de dentes são:

  • O implante evita a reabsorção óssea
  • Normalmente não ocorre desadaptação da prótese com o passar do tempo
  • A prótese fixa não solta. Em contrapartida a prótese adesiva pode se soltar em algum momento devido a força mastigatória
  • A coroa pode ser confeccionada com materiais de extrema qualidade por métodos computadorizados – dente de porcelana, sistemas cad/cam e impressoras 3D de dentes
  • Permite a passagem de fio dental para higiene habitual
  • Pode ser instalado tanto em região anterior (dentes da frente), como na região posterior (dentes de trás) da arcada.
  • Implants dentários não depende dos dentes vizinhos
  • Implantes titânio preservam a estrutura dos dentes vizinhos
  • Mantém a forma natural da gengiva

Quanto custa implante dentario carga imediata / Implante dentario imediato preço

Valores de tratamentos dentários só podem ser fornecidos em consulta presencial para avaliação de cada caso. Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco ou agende sua consulta. Ficaremos felizes em recebe-lo!

Agende sua consulta

Implantes dentário antes e depois

Implantes Dentario – Qualidade de vida e autoestima de volta

O que é implante dentário?

Implantes dentário é um pino de titânio ou de cerâmica pura colocado cirurgicamente no osso maxilar ou da mandíbula com o intuito de substituir a raiz de um dente perdido. Após a instalação do implante dentário, é fixada uma coroa, uma prótese parcial ou uma prótese total para funcionar como dentes naturais.

O tratamento com implantes dentários tem como principal objetivo restabelecer a função mastigatória e a estética do sorriso, o que certamente devolverá a pessoa a qualidade de vida e autoestima.

A prótese fixa em implantes dentários é sem dúvida mais vantajosa do que uma prótese móvel (dentadura), que eventualmente se move e machuca, enquanto que a prótese fixa oferece ao usuário mais segurança e conforto para mastigar, falar e sorrir.

Este é um exemplo de tratamento com implantes dentários. Porém cada caso é avaliado individualmente para saber qual é o tratamento mais adequado para você.

Quais são as pessoas que podem fazer implantes dentários?

Podem ser indicados para quase todas as pessoas que sofrem com a ausência de um dente, bem como alguns dentes ou todos os dentes de uma arcada, com um bom estado geral de saúde e bucal. Mas cada caso é avaliado individualmente.

Algumas pessoas podem não colocar implantes dentário imediatamente por causa de um determinado problema, mas com o correto tratamento e planejamento, os implantes dentário podem ser colocados posteriormente. Felizmente hoje temos uma grande linha de implantes que atendem muitas necessidades, até mesmo implantes para pessoas com pouco volume ósseo.

Não podemos afirmar que a reabilitação com implantes dentário é totalmente indolor do começo ao fim. Qualquer procedimento cirúrgico pode ser acompanhado de dores moderadas e isso é considerado normal. No entanto utilizamos modernos recursos com o intuito de deixar essa experiência a mais tranquila possível, não apenas durante a cirurgia, como também no período de recuperação pós-operatória.

Novos sorrisos podem ser proporcionados por implantes dentários

Dói ou não dói colocar implantes?

Não podemos afirmar que a reabilitação com implantes dentário é totalmente indolor do começo ao fim. No caso da cirurgia de implantes dentário a cirurgia não dói, porém o paciente pode sentir algum desconforto durante a cirurgia. Qualquer procedimento cirúrgico pode ser acompanhado de dores moderadas e isso pode ser resolvido a qualquer momento com a aplicação de mais anestesia.

Implante_superior_total
Paciente antes e depois de um tratamento com implante dentário de toda a arcada dentária superior

No entanto utilizamos modernos recursos com o intuito de deixar essa experiência a mais tranquila possível, não apenas durante a cirurgia, como também no período de recuperação pós-operatória.

Na ImplArt você encontra:

  • Tratamento humanizado – temos grande experiência em implantes dentários, bem como lidar com as expectativas e medos das pessoas com relação a este assunto. Estamos prontos para ouvir suas necessidades
  • Pré anestesia eficiente e anestesia eletrônica – mais conforto e precisão nas aplicações anestésicas. Trata-se de uma seringa eletrônica em que o dentista informa a dose de anestesia a ser aplicada.
  • Sedação endovenosa – diminuição do nível de consciência do paciente no momento em que ocorre o procedimento cirúrgico.
  • Cirurgia guiada de implante dentário – técnica para colocação de implante de maneira pouco invasiva, confortável e indolor. Evita cortes na gengiva.
  • Tecnologias de Ponta: Técnicas de Odontologia Digital
  • Materiais novos e inovadores: Conheça as novas zircônia odontológicas que deixam dentes artificiais imperceptíveis.

Implantes dentários – vale a pena fazer o tratamento?

Recebemos diariamente relatos de pessoas que sentem as mudanças em suas vidas antes e depois implante dentário. Algumas que não aguentavam mais a dentadura machucando ou dentadura saindo do lugar, outras que perderam seus dentes e tinham vergonha de sorrir.

Afirmamos que certamente vale a pena alcançar as vantagens de um sorriso completo, da saúde bucal em dia e da estética dental por meio da reabilitação com implantes e prótese fixa. A ImplArt tem toda sua equipe empenhada em acolher e compreender todas as necessidades, medos e traumas que as pessoas trazem consigo.

Portanto, não permita que o medo de dentista lhe impeça de alcançar as vantagens de uma prótese fixa sobre implantes. Estamos prontos para ajudar em seu caso e restabelecer a função mastigatória e a estética do seu sorriso!

Por Dr. Roberto Markarian – Cirurgião Dentista Implantodontista

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011