Skip to main content

Implante de zircônia: alternativa segura e moderna para substituição de dentes perdidos

Certamente o implante de zircônia é um tipo de implante dentário que vem ganhando cada vez mais popularidade. Trata-se de uma técnica que utiliza implante dentário feito de zircônia, um material estético e biocompatível que substitui o metal na implantodontia. O implante de zircônia oferece diversas vantagens em relação a outros tipos de implantes, como a estética, justamente por se mimetizar junto ao osso.

Como é a cirurgia de implante de zircônia? O processo de instalação do implante dentario de zircônia é relativamente simples e rápido, levando em média cerca de 45 minutos. Após a instalação, é importante seguir os cuidados pós-operatórios recomendados pelo implantodontista, como evitar alimentos duros e quentes, fazer repouso e manter uma boa higiene bucal. Dessa maneira, com os cuidados adequados, a osseointegração do implante deverá ocorrer dentro do prazo de 2 meses, em condições ósseas ideais.

Com a finalidade de conquistar a melhor estética possível, o implante de zircônia pode ser combinado com as modernas próteses dentárias de zircônia, que permitirão um tratamento completamente livre de metais. Decerto essa combinação oferece diversas vantagens como durabilidade e estética.

Destaques do implante de zircônia

  • O implante de zircônia é biocompatível e está alinhado à corrente da Odontologia biológica
  • Os implantes de zircônia oferece diversas vantagens em relação a outros tipos de implantes nos casos em que o paciente apresenta gengiva muito fina ou atrofiada, principalmente quando essas condições ocorrem na região anterior (parte mais visível da arcada)
  • É uma excelente alternativa para aqueles pacientes que tem histórico de alergia a metais

O que é a zircônia na odontologia

Zircônia é um material utilizado para fabricação de implantes dentários ou próteses dentárias modernas. Trata-se de material biocompatível, e que acima de tudo oferece alta resistência e resultado estético superior ao de qualquer outro material odontológico.

Dessa maneira configura-se como uma importante alternativa ao metal, que é menos estético e pode causar reações alérgicas em algumas pessoas

O que é implante de zircônia

O implante de zircônia é confeccionado em óxido de zircônio. Portanto esse material é uma alternativa ao titânio, utilizado como material nas demais opções de implantes.

implante de zirconia straumann pure neodent zi 2
Duas opções de implante de zircônia: Straumann Pure Ceramic (suíço) e o Neodent Zi (nacional)

Vantagens do uso da zircônia em tratamentos dentários

O Implante de zircônia apresenta diversas vantagens em relação aos implantes dentarios de titânio. Além disso, a zircônia utilizada na confecçao de próteses também é a opção mais moderna para prótese, prótese protocolo bem como coroas. Seja como for, as vantagens são inúmeras, acompanhe abaixo:

  • Estética: a zircônia é uma porcelana branca que se assemelha à cor dos dentes naturais, proporcionando um aspecto mais natural e estético às próteses.
  • Biocompatibilidade: a zircônia é um material biocompatível, ou seja, reduz a chance de rejeição pelo organismo, além de reduzir o risco de infecções e inflamações.
  • Durabilidade: certamente as próteses de zircônia são altamente resistentes e duráveis, o que aumenta a vida útil do tratamento com implante.
  • Higiene: as próteses de zircônia são mais fáceis de limpar e manter, o que contribui para a higiene bucal, além da prevenção de cáries e doenças periodontais.

Indicações clínicas

O implante de zircônia é indicado para pacientes que buscam uma alternativa mais estética e segura às próteses de metal. Além disso, essa técnica é indicada para casos de:

  • Perda de dentes: o Implante de Zircônia é uma opção para pacientes que perderam um ou mais dentes e desejam recuperar a função mastigatória e a estética bucal.
  • Alergia ao metal: pacientes que apresentam alergia ao metal podem optar pelo Implante de Zircônia como uma alternativa segura e eficaz.
  • Necessidade de reabilitação oral: o Implante de Zircônia pode ser utilizado em casos de reabilitação oral, quando o paciente precisa substituir vários dentes ou toda a arcada dentária.

Quais são as marcas disponíveis de implantes de zircônia?

Atualmente há duas marcas disponíveis de implantes de zircônia, e são justamente das marcas mais renomadas na área da implantodontia. Trata-se do Pure Ceramic da Straumann, e o Implante de Zircônia Neodent – Zi.

Implante Pure Ceramic Straumann

A primeira opção é a o implante Pure Ceramic da Straumann, desenvolvidos com tecnologia ZLA, semelhante ao implante SLA, que favorece e acelera o processo de osseointegração, importante para a agilidade no tratamento e para o sucesso do implante, bem como sua estabilização.

Sobretudo, é importante destacar que o implante de cerâmica PURE Ceramic Straumann foram submetidos à rigorosa investigação científica antes que fossem introduzidos no mercado. Cada implante é testado mecanicamente antes de ser fornecido ao dentista.

Essa qualidade é garantida por quem é líder mundial em pesquisa cientifica e desenvolvimento de soluções para a implantodontia.

implante de zirconia Pure Ceramic Straumann
Foto de implante Pure Ceramic, o implante de zircônia da Straumann

Implante de zircônia Neodent – Zi

Neodent Ceramic Implant System é uma linha de implantes e componentes fabricados em material cerâmico branco, mas especificamente em zircônia Y-TZP que combinam estética, alta resistência e total biocompatibilidade.

Os implantes cerâmicos Neodent possuem exclusivo tratamento de superfície que acelera a osseointegração, que é a cicatrização dos implantes. Trata-se de uma superfície jateada e com ataque ácido, contendo macro e micro rugosidade baseadas na bem sucedida superfície de tratamento NeoPoros que permitem a entrada de sangue com células formadoras de osso.

O formato cônico e a superfície tratada no implante foram projetados para maximizar a estabilidade e previsibilidade até mesmo em tratamentos imediatos.

implante de zirconia neodent
Foto de implante de zircônia branco Neodent

Como é a cirurgia de implantes: instalação do implante de zircônia

Muitos pacientes se perguntam como funciona implante dentário de zircônia. O processo geralmente envolve três etapas principais: avaliação e planejamento, além da etapa cirúrgica propriamente e a reabilitação protética. Decerto esta última é a etapa mais aguardada de todas pois é justamente onde se podem apreciar os resultados do tratamento.

A etapa de avaliação e planejamento é realizada diretamente com nosso diretor clínico, Dr. Roberto Markarian, implantodontista. Inclusive, se você estiver distante da Clínica ImplArt, podemos planejar seu atendimento em Day Clinic e até mesmo planejar sua cirurgia de implante dentário à distância.

Avaliação e planejamento

Primeiramente, no processo de implante de zircônia é realizada a avaliação e planejamento das necessidades do paciente. Nessa fase, Dr. Roberto Markarian realiza uma avaliação completa da boca do paciente, incluindo a estrutura óssea e a gengiva. Também é feita uma análise das necessidades específicas do paciente, como o número de dentes que precisam ser substituídos. Decerto nesta etapa os exames de radiografia panoramica e tomografia computadorizada são fundamentais para um estudo detalhado do paciente.

Com base nessas informações, nosso diretor clínico, Dr. Roberto Markarian, cria um plano de tratamento personalizado para o paciente.

Etapa cirúrgica

A etapa cirúrgica é a segunda fase do processo de implante de zircônia. De fato, é nessa etapa que o dentista realiza a cirurgia para inserção do implante. A cirurgia é realizada sob anestesia local, e além disso pode ser realizada sedação consciente, para pacientes que necessitem, e optem por esta modalidade. Certamente a sedaçao é uma ferramenta importante para permitir que pacientes que tem fobia a tratamentos odontológicos, consigam realizar o procedimento.

Primeiramente durante a cirurgia, o dentista faz uma incisão na gengiva para expor o osso, ou no caso de cirurgia sem cortes, posiciona o guia cirúrgico. Em seguida, ele perfura um pequeno orifício no osso e insere o implante de zircônia. Decerto caso a cirurgia seja com guia cirúrgico o implante será posicionado no local planejado por modernos sistemas digitais.

Por fim, após a inserção do implante, a gengiva é suturada e o paciente é enviado para casa para começar o processo de cicatrização. Certamente caso o procedimento seja com guia cirúrgico provavelmente não haverá necessidade de suturas, daí provém o nome de cirurgia sem cortes.

Reabilitação protética

A terceira e última etapa do processo de implante de zircônia é a reabilitação protética. Essa fase envolve a colocação da coroa permanente no implante após o período de cicatrização.

Durante essa fase, aqui na Clínica ImplArt, fazemos scaneamentos digitais para construir a arcada do paciente em computador. Dessa maneira, consegiumos criar uma coroa dentária personalizada que se encaixe perfeitamente ao implante. Estes modernos sistemas estão presentes em nosso laboratório digital, criado para assegurar a alta qualidade em todos os nossas próteses dentárias.

Cuidados Pós-operatórios

Após a cirurgia de implante de zircônia, é essencial seguir cuidados pós-operatórios para garantir a longevidade do implante e evitar complicações. Abaixo estão alguns cuidados importantes que devem ser tomados:

Higiene oral adequada

Certamente manter uma higiene oral adequada é crucial para manter a saúde do implante de zircônia além da saúde bucal como um todo. Primeiramente é importante escovar os dentes após cada refeição com uma escova macia e pasta de dente recomendada pelo dentista. Além disso, o fio dental e enxaguante bucal também devem ser utilizados para garantir que todos os resíduos sejam removidos.

Alimentação

Primeiramente nos primeiros dias após a cirurgia, é recomendado evitar alimentos muito duros ou pegajosos. Dessa forma, opte por alimentos mais macios e líquidos para evitar danificar o implante. Além disso, evite alimentos quentes ou muito frios, pois podem causar desconforto.

Repouso

É recomendado o repouso nos primeiros dias após a cirurgia, com a cabeça elevada por um travesseiro. Limitando as atividades no dia da cirurgia, fica mais fácil reduzir o grau de inchaço. Dessa maneira, nas primeiras 48 horas, o paciente deve descansar e relaxar sem praticar nenhuma atividade física.

Consultas regulares

Após a cirurgia, é importante fazer consultas regulares com o dentista para monitorar o progresso do implante e garantir que tudo esteja ocorrendo conforme o planejado. Além disso, o dentista também pode fazer ajustes necessários e fornecer orientações adicionais para cuidados pós-operatórios específicos para cada caso. Ainda, a visita regular ao dentista permite que seja realizada uma profilaxia, limpeza dental, que certamente tem caráter monitorar os resultados do tratamento, além de manter a saúde bucal do paciente.

Tendências e inovações em implantes de zircônia

Nos últimos anos, os implantes de zircônia têm se tornado cada vez mais populares devido às suas propriedades mecânicas e estéticas. A zircônia é um material cerâmico altamente resistente e biocompatível, que oferece uma série de vantagens em relação aos implantes de titânio, o material mais comumente utilizado.

Uma das principais tendências em implantes de zircônia é a utilização de novas técnicas de fabricação, como a usinagem computadorizada e a impressão 3D. Essas técnicas permitem, dessa maneira, a produção de implantes personalizados e altamente precisos, que se adaptam perfeitamente ao formato e tamanho do osso do paciente.

Além disso, os fabricantes de implantes de zircônia estão investindo cada vez mais em pesquisas para melhorar a osseointegração dos implantes. A osseointegração é o processo pelo qual o implante se funde ao osso do paciente, e é essencial para a estabilidade e longevidade do implante. Novos tratamentos de superfície e materiais de revestimento estão sendo desenvolvidos para promover uma osseointegração mais rápida e eficiente.

Outra inovação em implantes de zircônia é o uso de conexões protéticas personalizadas. As conexões protéticas são os componentes que conectam o implante ao dente artificial, e a personalização dessas conexões permite uma adaptação mais precisa e uma distribuição mais uniforme da carga mastigatória.

Em resumo, as tendências e inovações em implantes de zircônia estão focadas em produzir implantes mais precisos, biocompatíveis e estáveis, que oferecem uma alternativa segura e eficaz aos implantes de titânio.

Perguntas frequentes

Quais são os problemas mais comuns associados aos implantes de zircônia?

Os problemas mais comuns associados aos implantes de zircônia são fraturas e trincas, que podem ocorrer durante o processo de fabricação ou instalação do implante. No entanto, a zircônia ainda é considerada um material seguro e confiável para implantes dentários.

Qual é a faixa de preço para a realização de um implante de zircônia?

O preço para realização de um implante de zircônia pode variar dependendo do caso clínico e do profissional que irá realizar o procedimento. No entanto, em média, o custo de um implante de zircônia pode ser mais alto do que o de um implante de titânio.

Como os implantes de zircônia da Neodent se comparam com outras marcas?

Os implantes de zircônia da Neodent são conhecidos por sua alta qualidade e segurança. Eles são fabricados com zircônia de alta densidade, o que garante portanto a estabilidade e durabilidade do implante. Além disso, a Neodent oferece uma ampla variedade de tamanhos e formatos de implantes para atender às necessidades de cada paciente.

Quanto custa uma prótese protocolo de zircônia?

Certamente quando falamos da parte protética, a zircônia tem inúmeros benefícios. O custo de uma prótese protocolo de zircônia pode variar dependendo do caso clínico e do profissional que irá realizar o procedimento. No entanto, embora em média o custo de uma prótese fixa em zircônia pode ser mais alto do que o de uma prótese protocolo de resina, os resultados valem a pena. Certamente a durabilidade da zircônia e resultado estético são superiores a qualquer outro material. Logo, o custo é justificado pelo resultado e o pelo tempo que o paciente permanece com a prótese. Certamente a prótese protocolo em zircônia durará por muito mais tempo que qualquer outro tipo de protese protocolo.

Além disso, a protocolo em zirconia utiliza apenas sistemas de scanner 3D, sem as antigas moldagens com massa, e portanto, o processo de execução é muito mais confortável para o paciente.

Quais são as principais desvantagens em optar por um implante de zircônia?

As principais desvantagens em optar por um implante de zircônia são o custo mais elevado em comparação com implantes de titânio e a possibilidade de fraturas e trincas durante o processo de fabricação ou instalação do implante. No entanto, a zircônia ainda é considerada um material seguro e confiável para implantes dentários.

Entre zircônia e titânio, qual é considerado o melhor material para implantes dentários?

Não há um material que seja considerado o melhor para implantes dentários, pois cada caso clínico é único e deve ser avaliado individualmente. Ambos os materiais, zircônia e titânio, são seguros e confiáveis para implantes dentários, e a escolha do material dependerá das necessidades e preferências do paciente.

Implante de zircônia é bom para quem tem alergia a metais?

Sim, o implante de zircônia é uma opção segura para pessoas com alergia a metais, pois a zircônia é um material cerâmico que não contém metais. Além disso, a zircônia é altamente biocompatível, o que significa que é bem tolerada pelo organismo humano.

Conclusão sobre implantes de zircônia

Os implantes de zircônia são uma alternativa moderna para quem quer um tratamento livre de metais. Caso o tratamento seja para um dente frontal, ele se constitui como uma excelente opção de tratamento, justamente por contribuir para o resultado estético.

Uma das principais vantagens do implante de zircônia é a sua alta biocompatibilidade, o que significa que o material é bem tolerado pelo organismo, diminuindo o risco de rejeição ou inflamação. Além disso, a zircônia é um material branco e translúcido, o que a torna uma opção estética superior aos implantes de titânio, que podem deixar uma sombra cinza na gengiva.

Outra vantagem do implante de zircônia é a sua alta resistência mecânica, o que garante uma maior durabilidade e estabilidade do implante. A zircônia é um material altamente resistente à fratura e à corrosão, o que a torna uma opção ideal para pacientes que precisam de um implante dentário de longa duração.

Porque fazer implante de zircônia na Clínica ImplArt

Na Clínica Dentária ImplArt, oferecemos o implante de zircônia como uma opção moderna e segura para substituir dentes perdidos. Acreditamos que a zircônia oferece uma série de vantagens em relação aos aos demais materiais.

Na Clínica ImplArt, oferecemos aos nossos pacientes um serviço personalizado e de alta qualidade para garantir que o implante de zircônia seja a melhor opção para cada caso individual. Nossos profissionais altamente qualificados e experientes trabalham em equipe para garantir que cada paciente receba um tratamento personalizado e de alta qualidade, desde a avaliação inicial até o acompanhamento pós-operatório.

Além disso, aqui na Clínica Odontológica ImplArt, utilizamos tecnologia de ponta para garantir a precisão e eficácia do implante de zircônia. Nossos equipamentos de última geração nos permitem planejar e executar o implante com a máxima precisão, garantindo um resultado final satisfatório para o paciente.

Dessa forma, na Clínica Dentária ImplArt, oferecemos o implante de zircônia como uma opção moderna e segura para substituir dentes perdidos. Com alta biocompatibilidade, resistência mecânica e estética superior, o implante de zircônia pode ser a melhor opção para pacientes que precisam de um implante dentário de longa duração.

Entre em contato conosco para mais informaçoes sobre nossos tratamentos! Estamos à disposiçao para ajudar você na transformaçao de seu sorriso, além de esclarecer todas as suas dúvidas sobre os implantes de zircônia.

Dentes sensíveis após uma restauração: o que fazer?

Embora seja um procedimento simples e rotineiro, a restauração pode deixar algumas pessoas com dentes sensíveis após o procedimento. A boa notícia é que, na maioria dos casos, a sensibilidade dentária desaparece por si só dentro de alguns dias.

O que é a restauração dentária?

A restauração é um dos procedimentos utilizados para tratar cáries, que são áreas do dente deterioradas por bactérias. A cárie forma pequenos orifícios (buraco no dente) ou deteriora completamente os dentes, portanto a restauração preenche o buraco no dente devolvendo seu formato e sua cor original.

A finalidade da restauração, portanto, é remover o tecido deteriorado, restabelecer o formato e a cor original, proteger o dente e paralisar a infecção para não precisar extrai-lo no futuro.

As pessoas normalmente generalizam o tratamento da cárie apenas como sendo uma obturação, entretanto esse termo é apenas uma das etapas do tratamento para cárie.

Durante o procedimento, o dentista realiza a remoção do tecido cariado e preenche o orifício com resina ou porcelana. Nos casos de cárie profunda, é feito primeiro o tratamento de canal, obturação e finalização com a restauração.

O que sentirei após fazer uma restauração?

Todo o procedimento é realizado após o dentista anestesiar a área ao redor do dente afetado. Por consequência, o paciente não sentirá nada durante a primeira hora ou duas após a consulta. Entretanto, quando o efeito anestésico acabar, é possível que algumas pessoas sintam:

  • Dor no dente tratado ou nos dentes vizinhos
  • Sensibilidade com alimentos e líquidos quentes ou então frios
  • Sensibilidade na gengiva
  • Dor ao apertar os dentes
  • Dor ou sensibilidade para mastigar, escovar ou usar fio dental      
carie preparo restauracao 50kb
Remoção de tecido cariado e fechamento com restauração
onlay porcelana 50kb
Restauração do tipo Onlay em porcelana

Por que pode ocorrer sensibilidade e dor no dente após uma restauração?

Pulpite (inflamação da polpa dentária)

Antes de preencher a cavidade, o dentista remove o tecido cariado do dente por meio de uma broca que, mesmo irrigada, pode liberar calor. Em casos raros, esse calor causa inflamação da polpa dentária, que é o tecido conjuntivo presente no interior do dente.

Existem dois tipos de pulpite: a reversível, que é quando o dente fica sensível, porém a polpa cicatrizará e melhorará espontaneamente, e a pulpite irreversível, que é quando a polpa inflama, mas não consegue mais se recuperar. Neste caso o dente precisará de um tratamento de canal para remoção da polpa.

Caso ao iniciar a restauração, identifique-se que a cárie é profunda e haja a recomendação de tratamento de canal, o cirurgião dentista irá indicar os próximos passos, podendo haver a recomendação de núcleo e coroa, dependendo do caso. Caso haja necessidade de realizar uma coroa dentaria, importante destacar que há diversos tipos de coroas, que terão suas características explicadas pelo cirurgião-dentista.

Leia mais:

Alteração na mordida

Em alguns casos, uma restauração provisória ou até mesmo definitiva pode deixar o dente tratado levemente mais alto do que os outros dentes, interferindo nos movimentos de mastigação (fiz restauração e meu dente doi quando mastigo), ou de fechar a boca, gerando uma pressão extra no dente afetado.

Não se trata especificamente de uma restauração mal feita dente, mas um caso que necessita de refinamento.

E o que fazer quando a restauração do dente fica alta? É muito importante relatar o dentista se você está sentindo algum incômodo durante esses movimentos, para que ele possa realizar os ajustes necessários.

Odontalgia referida ou dor referida

É um fenômeno caracterizado pela sensação de dor em uma área em que não está exatamente sua fonte. No caso da dor após a obturação, o paciente relata sentir dor nos dentes ao redor do dente tratado.

Isso ocorre por uma confusão do cérebro em identificar onde exatamente está a dor. Os sinais de dor do dente restaurado podem se irradiar para outros dentes e dessa maneira gerar uma confusão. Em geral, esse desconforto desaparece no período de uma ou duas semanas.

Reação alérgica

A sensibilidade logo após a restauração dentária também pode estar relacionada com uma reação alérgica a algum material utilizado no procedimento. Além de sensibilidade, poderá ocorrer uma erupção cutânea ou prurido nas proximidades.

Se você tem conhecimento de que possui alergia a qualquer material ou produto, relate ao dentista antes de começar o tratamento. Felizmente hoje temos uma grande variedade de materiais que não causam reação alérgica em tratamentos odontológicos.

O que fazer se houver sensibilidade após fazer uma restauração?

  • Relatar ao dentista qualquer desconforto para dessa forma descartar alguma causa mais séria
  • Tomar corretamente a medicação prescrita pelo dentista
  • Evitar alimentos e bebidas quentes ou geladas nesse período
  • Evitar alimentos e bebidas ácidas
  • Escovar os dentes com movimentos suaves. Utilizar creme dental para dentes sensíveis pode ajudar.
  • Temporariamente, mastigar no lado oposto ao dente tratado

Existe remédio para dor de dente após restauração?

O paciente deve tomar apenas o remédio que o dentista prescreveu, que normalmente inclui analgésicos específicos.

Quanto tempo dura a dor depois de restaurar o dente?

A sensibilidade deve desaparecer dentro de duas a quatro semanas. Se a sensibilidade não melhorar após esse período, ou o dente restaurado doendo depois de muito tempo, dente restaurado latejando, ou ainda se a dor estiver atrapalhando as atividades normais do dia a dia, não deixe de entrar em contato com o dentista.