estética gengival

Falta de dentes do fundo e mastigação

Quais são os principais problemas que a falta de dentes do fundo pode trazer?

Além de causar prejuízo para a estética do sorriso, a ausência dos dentes do fundo também pode afetar a qualidade de vida, na saúde bucal e em geral. Nosso organismo é como uma máquina, e que na ausência de uma peça importante, pode ter seu funcionamento comprometido. A perda de dentes se deve principalmente por cáries e doença periodontal, mas também pode ocorrer por acidentes e fraturas. A falta de dentes do fundo gera dificuldade para mastigar entre outros problemas e desequilíbrios em toda saúde bucal. Veja alguns:

Função mastigatória

Uma arcada completa, com todos os dentes, é em suma importante para o processo de digestão dos alimentos. A mastigação adequada prepara os alimentos para a digestão e chegar em partes reduzidas e o estômago continuar o processo digestório. Inclusive cada dente tem uma função nesse processo. Os incisivos cortam, os caninos rasgam e os pré-molares e molares trituram e amassam.

 

Certos tipos de alimentos exigem mais esforço mastigatório e os dentes do fundo quase sempre são os mais utilizados nesta tarefa. A ausência de dentes do fundo pode fazer com que os alimentos não cheguem adequadamente reduzidos ao estomago, dificultando a digestão e consequentemente a absorção de nutrientes importantes para a saúde.

Falta de dentes consequências

Você sabia que a falta de um único dente pode causar um desequilíbrio na oclusão dentária, e consequentemente na mastigação? Quando um dente é perdido e não reposto, o organismo reabsorve o osso que até então servia de suporte para este dente. Esse processo acontece gradativamente e leva à uma perda óssea. A falta de dentes permanentes faz com que os dentes vizinhos desloquem lateralmente para preencher o espaço vazio.

O mesmo ocorre com o dente de cima no caso de falta de dentes inferiores. Por conseqüência da ausência do elemento inferior, o dente superior que fazia o contato com ele tende a se movimentar verticalmente para preencher o espaço (o dente desce). Esse desalinhamento dentário causa desequilíbrio na oclusão dentária e consequentemente na mastigação, assimetria facial e causa uma sobrecarga em um dos lados da mandíbula.

Prejudica a mastigação, a fala, em alguns casos a respiração e dores nas articulações temporomandibulares (falta de dente causa dor no maxilar e mandíbula), além do comprometimento da estética do sorriso e facial.

 

Falta de dentes o que fazer?

Para evitar a perda óssea, o desalinhamento dos dentes e o desequilíbrio de oclusão, é recomendado que a reposição dos dentes do fundo extraído com implantes dentários o quanto antes possível, mesmo que seja apenas a falta de um dente. Este é o único método capaz de paralisar a perda óssea e ajudar na distribuição da carga mastigatória, e portanto, manter o equilíbrio da saúde e estética bucal. Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco.

alimentos, ausência, bucal, como, dentes, digestão, falta, função, fundo, importante, inclusive, mastigação, molares, para, pode, problemas, processo, saúde, também, trituram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian - CRO SP 73.583

Endereço

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 (11º andar) - Bela Vista - São Paulo/SP - CEP 01333-011

Atendimento

Seg. a Sex. 08:30 - 19:30

Sábado 08:00 - 13:00

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2019.