estética gengival

Falta de dentes do fundo e mastigação

Quais são os principais problemas que a falta de dentes do fundo pode trazer?

Além de causar prejuízo para a estética do sorriso, a ausência dos dentes do fundo também pode afetar a qualidade de vida, na saúde bucal e em geral. Nosso organismo é como uma máquina, e que na ausência de uma peça importante, pode ter seu funcionamento comprometido. A perda de dentes se deve principalmente por cáries e doença periodontal, mas também pode ocorrer por acidentes e fraturas. A falta de dentes do fundo gera dificuldade para mastigar entre outros problemas e desequilíbrios em toda saúde bucal. Veja alguns:

Função mastigatória

Uma arcada completa, com todos os dentes, é em suma importante para o processo de digestão dos alimentos. A mastigação adequada prepara os alimentos para a digestão e chegar em partes reduzidas e o estômago continuar o processo digestório. Inclusive cada dente tem uma função nesse processo. Os incisivos cortam, os caninos rasgam e os pré-molares e molares trituram e amassam.

Certos tipos de alimentos exigem mais esforço mastigatório e os dentes do fundo quase sempre são os mais utilizados nesta tarefa. A ausência de dentes do fundo pode fazer com que os alimentos não cheguem adequadamente reduzidos ao estomago, dificultando a digestão e consequentemente a absorção de nutrientes importantes para a saúde.

Falta de dentes consequências

Você sabia que a falta de um único dente pode causar um desequilíbrio na oclusão dentária, e consequentemente na mastigação? Quando um dente é perdido e não reposto, o organismo reabsorve o osso que até então servia de suporte para este dente. Esse processo acontece gradativamente e leva à uma perda óssea. A falta de dentes permanentes faz com que os dentes vizinhos desloquem lateralmente para preencher o espaço vazio.

O mesmo ocorre com o dente de cima no caso de falta de dentes inferiores. Por conseqüência da ausência do elemento inferior, o dente superior que fazia o contato com ele tende a se movimentar verticalmente para preencher o espaço (o dente desce). Esse desalinhamento dentário causa desequilíbrio na oclusão dentária e consequentemente na mastigação, assimetria facial e causa uma sobrecarga em um dos lados da mandíbula.

Prejudica a mastigação, a fala, em alguns casos a respiração e dores nas articulações temporomandibulares (falta de dente causa dor no maxilar e mandíbula), além do comprometimento da estética do sorriso e facial.

Falta de dentes o que fazer?

Para evitar a perda óssea, o desalinhamento dos dentes e o desequilíbrio de oclusão, é recomendado que a reposição dos dentes do fundo extraído com implantes dentários o quanto antes possível, mesmo que seja apenas a falta de um dente. Este é o único método capaz de paralisar a perda óssea e ajudar na distribuição da carga mastigatória, e portanto, manter o equilíbrio da saúde e estética bucal. Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011