Tag: raiz

Tratamento periodontal – limpeza profunda

Tratamento periodontal – limpeza profunda

Saiba mais sobre o tratamento periodontal, uma doença de origem bacteriana caracterizada por apresentar um conjunto de sintomas inflamatórios que afetam os tecidos de suporte dos dentes. Em primeiro lugar atinge a gengiva. Nos casos mais avançados, leva à destruição do tecido ósseo e outras estruturas importantes de suporte dos dentes. Em suma, a doença periodontal é a causa mais frequente da perda dos dentes em adultos.

Os microrganismos responsáveis por gerar esses sintomas estão presentes no biofilme dental (placa bacteriana). As bactérias impregnadas nos dentes deixam a gengiva avermelhada, inchada e sangrando. Sem tratamento, a gengiva fica frouxa (bolsa periodontal) e por conseqüência permite a entrada desses agentes e resíduos alimentares no interior da gengiva.

A atividade bacteriana nesta região é muito prejudicial, pois causa inflamação e destruição progressiva do osso de suporte dos dentes, de tal forma que ficam amolecidos e em casos avançados caem. Porém, alterações na gengiva podem estar associadas a causas emocionais, medicamentos, bem como imunidade baixa.

Somente um dentista pode avaliar o paciente e determinar se o caso é doença periodontal. No entanto as pessoas podem observar alguns detalhes que são indícios da doença.

Veja quais são os sintomas de doença periodontal:

  • Gengiva sangrando, vermelha ou inchada;
  • Placa bacteriana acumulada perto da borda gengival (é uma massa amarelada aderida no esmalte dentário);
  • Retração gengival (mudança no posicionamento, formato ou no volume da gengiva)
  • Retenção de alimentos entre os dentes;
  • Mau hálito;
  • Gengiva frouxa;
  • Alteração da posição dos dentes;
  • Sensibilidade nos dentes;
  • Exposição de parte da raiz dentária, que deveria estar coberta pela gengiva;
  • Um ou mais dentes moles.

O tratamento para este caso é primordialmente a remoção da placa, somente assim o problema pode ser controlado. Uma das medidas é a limpeza profunda para doença periodontal. É uma conduta com o propósito de remover focos infecciosos e paralisar a atividade bacteriana no interior da gengiva e no tecido ósseo.

Esse procedimento também é conhecido como alisamento radicular ou raspagem radicular. Na prática, é a remoção mecânica de tártaro e placa bacteriana aderidos não apenas nos dentes, como também abaixo da linha da gengiva (nas raízes dentárias). Para realizar o tratamento, o paciente deve se dirigir ao dentista que vai remover a placa através de raspagem e alisamento das raízes dos dentes.

A cirurgia periodontal pode ser indicada caso os procedimentos citados não atinjam toda a área da raiz comprometida. Mesmo com o tratamento adequado, podem haver sequelas como deslocamento na posição do dente e retração gengival. Para diminuir esses efeitos existem procedimentos cirúrgicos e protéticos.

Leia mais sobre implantes e doença periodontal.

Como é feita a limpeza profunda? A raspagem periodontal dói?

Muitas pessoas pensam: raspagem da raiz? dentro da gengiva? É provável que esse procedimento dói muito! A realidade é que o dentista segue protocolos para realizar esse procedimento da forma mais confortável possível. O paciente com doença periodontal já está naturalmente com muita sensibilidade nos dentes e gengivas. Desse modo, todo o procedimento é realizado sob anestesia local.

Os movimentos são cuidadosos e o paciente é estimulado a manifestar qualquer incomodo que esteja sentindo ao longo do procedimento. O procedimento começa com um exame clínico e radiológico de toda a boca, com a sondagem de bolsas periodontais para medir suas profundidades.

Em princípio, a raspagem radicular pode é feita manualmente e/ou com aparelho de ultrassom. A placa bacteriana bem como o tártaro acumulados nos dentes e raízes são removidos com uma ponta vibratória. A remoção manual é feita de forma cuidadosa, através de instrumento específico.

As áreas irregulares então são alisadas para por fim impedir o acumulo de mais placa. Em alguns casos é necessário realizar mais de uma sessão para concluir a limpeza completa. É muito importante que, por mais que o paciente realize esses procedimentos, ele assuma um compromisso com as boas práticas de higiene oral diária, visitar regularmente o dentista e abandonar maus hábitos, como por exemplo o tabagismo, pois a doença periodontal é um mal que pode ser evitado ou controlado.

Como dito anteriormente, a doença periodontal é a maior causa de perda dentária em adultos. Quanto mais tarde é a busca do tratamento, mais difícil é o restabelecimento da saúde e da estética dental.

Raiz fraturada é uma indicação de extração dentária e substituição por implante

Como substituir um dente com raiz fraturada por implante dentario

Um dente com a raiz fraturada pode ser recuperado em alguns casos, mas na maioria das vezes precisa ser extraído e o ideal é que ele seja substituído o quando antes por implante dentário. A fratura pode acontecer por causa de um acidente, bruxismo, queda, mastigação de alimento ou objeto duro e fragilidade pós tratamento de canal.

A lesão é facilmente detectável com exames radiológicos, como a radiografia periapical, radiografia panorâmica ou tomografia computadorizada (todas disponíveis na ImplArt). O tratamento para fratura radicular depende da extensão e localização da fratura. Na maioria dos casos ela ocorre em áreas profundas e de difícil acesso.

O prognóstico é ainda pior quando a fratura é descoberta tardiamente, porque há grandes chances de ter ocorrido uma infiltração bacteriana e perda óssea ao redor da raiz.

Neste caso, a extração é quase sempre a conduta indicada. A substituição do dente extraído por implante dentário é o procedimento emergencial mais adequado para repor esse dente e evitar o surgimento de alguns problemas no futuro, como a perda de volume ósseo e o desalinhamento dos dentes vizinhos.

A instalação do implante dentário rápido logo após o dente ser extraído é uma solução muito eficiente. Dessa forma já que a reabsorção óssea não ocorre porque o organismo entende que o osso ainda tem uma função de suporte.

Aqui na ImplArt Odontologia, a cirurgia de implante dentário pode ser planejada assim que o dente for extraído, e alguns casos, a prótese poderá ser colocada em até 1 mês, graças aos implantes com tecnologia que favorecem a osseointegração.

O planejamento e a confecção da prótese também são rápidos, porque possuímos um laboratório de prótese próprio. Os implantes dentários ainda são a melhor solução para devolver a função e a estética. O paciente volta a comer, falar e sorrir com mais segurança e um sorriso mais bonito, com dentes e gengiva saudáveis.

Conheça a ImplArt Odontologia

Dirigida pelo Dr. Roberto Markarian, mestre especialista em Implantes Dentários, a Clínica ImplArt Odontologia possui estrutura diferenciada que conta com o moderno sistema Cerec 3D, um laboratório de prótese próprio, um centro radiológico próprio e equipe formada pelas principais especialidades odontológicas.

Para o paciente isso representa qualidade e agilidade nos tratamentos, porque ele realiza tudo que precisa em um único endereço. Em caso de dúvidas sobre prótese dentária, preço ou tratamentos, agende uma consulta ou entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

O que é raspagem periodontal e para que serve?

 

A doença periodontal é uma doença inflamatória que pode afetar o tecido gengival e o osso em torno dos dentes. Porém há três estágios da doença: gengivite, periodontite e periodontite avançada. Surge principalmente pelo acúmulo de placa bacteriana e tártaro nos dentes e se não houver controle da doença, com o tempo ela pode levar à deterioração dos tecidos de suporte e sustentação dos dentes. 

Gengivas vermelhas são um sinal de alerta

A atividade bacteriana libera toxinas que inflamam a gengiva e causa vermelhidão e sangramento. Se não houver o controle inicial, a gengiva adquire forma de bolsas (chamadas bolsas periodontais) e abre espaço para formação de placa bacteriana e tártaro na raiz dentária. Portanto nesse momento que a raspagem periodontal desse material se faz necessária para evitar problemas mais graves, como o amolecimento e a queda do dente. 

Tratamento Periodontal Profundo

Contudo, a raspagem periodontal é um procedimento que tem o objetivo de remover mecanicamente o acúmulo de tártaro ao nível da raiz dentária e ajuda a controlar e evitar o avanço da doença periodontal. A raspagem periodontal e o alisamento do dente e da raiz retira o material que causa a atividade bacteriana, permitindo que a gengiva cicatrize e retorne a sua posição normal.

Portanto ela é feita manualmente com o auxilio de instrumentos específicos ou com vibração ultrassônica. Na maioria dos casos, o procedimento é realizado com anestesia local para evitar dores e incômodos ao paciente que normalmente já está com sensibilidade e inflamação gengival. Podem ser necessárias a realização de mais de uma sessão para remoção completa. Tudo vai depende do estágio da doença. 

Porém após o tratamento, o paciente é orientado a cuidar da higiene oral para evitar o ressurgimento da doença e retornar ao consultório odontológico com mais frequência. 

A raspagem gengival serve de base para outros tratamentos dentais

Entretanto, antes da realização de tratamentos dentais temos que nos assegurar que a gengiva é saudável e que não há mais focos de infecção nos dentes.

Por isso é sempre indicada uma limpeza dental e muitas vezes uma raspagem gengival antes do seu tratamento principal de:

Em caso de dúvidas sobre o tratamento ou o valor, agende uma consulta ou entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Por que é necessário colocar um núcleo para fazer uma coroa?

O núcleo é a parte de reforço interno de uma coroa dentária

A coroa protética é indicada para substituir um dente que se encontra muito destruído, normalmente por consequência de cáries ou fraturas. Nos casos em que é possível preservar a raiz com tratamento de canal, um núcleo é instalado dentro dessa raiz para dar suporte à coroa protética. O núcleo dentário é em suma importante para dar suporte e resistência à coroa de porcelana dentária.

Veja mais sobre materiais para núcleos dentais. Se a coroa fosse instalada sem um núcleo, a prótese provavelmente não seria capaz de suportar o esforço mastigatório e consequentemente sua duração seria menor. Veja também este artigo em nosso blog que fala um pouco mais sobre tratamento de canal, núcleo e coroa de porcelana.

O núcleo de reforço (pino dental) pode hoje ser fabricado em vários tipos de materiais: desde metal, zircônia, fibra de vidro e fibra de carbono. A escolha do material está condicionada a alguns fatores, como a localização na arcada dentária e a carga mastigatória que a coroa será submetida.

O núcleo metálico é considerado mais resistente (especialmente indicado para a área mais escondida e utilizada da arcada), enquanto que a zircônia é considerada mais estética por ser branca (indicada para a área mais visível, ou seja, a parte anterior da arcada). A coroa protética pode ser feita em dois tipos de materiais diferentes: em resina (plástica com núcleo metálico) ou em porcelana (com núcleo metálico ou estético). A porcelana é mais resistente e estética em relação à resina.

Saiba mais sobre coroa projetada por computador.

Como é feito o tratamento:

  • Em alguns casos é realizado um tratamento de canal para preservar a raiz;
  • A raiz e o dente são preparados para receber o núcleo;
  • No caso do núcleo metálico, a moldagem é feita diretamente no interior da raiz;
  • No caso do núcleo de zircônia, o pino é cimentado dentro da raiz;
  • Retira-se um molde do núcleo para preparar a coroa protética. Na ImplArt esse molde pode ser realizado convencionalmente (com massa) ou digitalmente através de scanners intraorais;
  • A coroa é instalada sobre o núcleo;
  • A duração do procedimento é variável, pois depende da complexidade de cada caso. Em algumas pessoas pode ser realizado em Day Clinic.

Vantagens:

  • A coroa dentária devolve a capacidade mastigatória bem como aestética do sorriso;
  • A aparência desse tipo de prótese é muito semelhante aos dentes naturais, portanto fica indistinguível quando instalada;
  • Seu sorriso volta a ficar bonito e completo, livre de pontos inestéticos, como cáries, restaurações metálicas, ausências, etc;
  • A raiz fica protegida e saudável;

A prótese é bastante durável, no entanto pode ser necessária realizar a sua troca depois de alguns anos. Essa necessidade é verificada durante as visitas regulares que o paciente deve continuar realizando ao consultório odontológico. Em casos nos quais os dentes estejam enfraquecidos e não seja mais possível reconstruir o dente com coroa, indica-se o implante dental. Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011