Causas do mau hálito, como descobrir o motivo

O mau hálito certamente pode acometer qualquer pessoa. Odores desagradáveis provenientes da boca ou através da respiração podem atrapalhar o dia-a-dia e complicar relações e compromissos cotidianos. Esse problema afeta ou já afetou cerca de 60% da população mundial.

O que causa o meu mau hálito ?

Molho picantes, alho, cebola são alguns alimentos que podem causar o mau hálito ou halitose. O odor desses produtos pode até chagar à pele ou então ser expelido pelo ar dos pulmões. Mas o pior cheiro, em 90% dos casos, vem dos resíduos alimentares acumulados durante o dia. Não escovar os dentes após as refeições e o famoso cafezinho são fatores que favorecem o aparecimento do problema.

Placas na gengiva também podem piorar o efeito da halitose. O acúmulo de alimentos pode acabar em uma fermentação que leva a proliferação das bactérias. Também pode acontecer a liberação de “farelinhos” mal-cheirosos, a amigdalite caseosa. A bactéria que está na boca e se mistura com esses alimentos é uma das maiores razões do mau hálito. Elas ficam localizadas na parte anterior da língua, com a formação de um muco esbranquiçado.

A saliva, que contém muito oxigênio, ajuda a combater essas bactérias que normalmente vivem em ambientes que possuem pouco oxigênio. Para combater a halitose, o paciente deve escovar os dentes e a língua após todas as refeições, usar fio dental e fazer um bochecho e um gargarejo.

Com combater o mau hálito

Uma alimentação rica em cenoura, maçã e alimentos que contêm fibras ajuda na limpeza na área dos dentes que fica na linha das gengivas. Beber água regularmente e manter visitas periódicas ao dentista também são sem dúvida essenciais para evitar o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011