Tag: materiais

A ImplArt agora conta com o melhor fotopolimerizador do mundo

Alta tecnologia em fotopolimerizador para oferecer procedimentos mais eficientes e duráveis.

A fotopolimerização é um processo que utiliza feixes de luz como catalizadores de endurecimento de resinas e outros materiais odontológicos. Existe uma série de modelos de aparelhos fotopolimerizadores no mercado com diferentes comprimentos de ondas e fontes de luz. No entanto, a qualidade de um fotopolimerizador está diretamente relacionada com a eficiência do tratamento. Por isso agora a ImplArt conta com o fotopolimerizador VALO, reconhecido mundialmente como o melhor fotopolimerizador do mercado.

O fotopolimerizador Valo já recebeu vários prêmios que consideraram aspectos como: durabilidade, potência, entrega uniforme de luz, design ergonômico que permite fácil acesso a todos os locais da boca e alta versatilidade dos feixes luz que permitem a realização de diferentes funções. Utiliza diodos emissores de luz (LED) de amplo espectro para produzir luz de alta intensidade, capazes de polimerizar todos os materiais odontológicos fotopolimerizáveis.

Essa intensidade também faz com que a luz penetre através de cerâmica, sendo capaz de polimerizar cimentos resinosos de maneira semelhante a luzes halógenas de qualidade. Também auxilia como ferramenta de diagnóstico para detectar características estruturais do esmalte e resinas, trincas, pinos e bolhas nas estruturas internas dos dentes, algumas vezes dispensando a necessidade de realizar um raio-x.

Fotopolimerizador e versatilidade

Esse modelo de fotopolimerizador é especialmente indicado para cimentação eficiente e segura de lentes de contato dental, facetas de porcelana e restaurações estéticas de porcelana. Se você ficou com alguma dúvida, então entre em contato conosco através de um dos canais abaixo:

Prótese híbrida – PEEK + Resina

Prótese híbrida feita com Peek, um polímero de alto desempenho que é utilizado para confecção de barras e reforços de próteses hibridas (próteses fixas em resina sobre implantes dentários). As próteses dentárias têm passado por uma transformação quando se trata de materiais de composição. Há uma busca constante por construir peças cada vez mais estéticas, com aspecto natural e resistente.

Até pouco tempo, as próteses necessitavam de partes metálicas (cromo-cobalto ou titânio) para proporcionar resistência, mas essa técnica está cada vez mais sendo substituída por opções mais estéticas e biocompatíveis (já que algumas pessoas podem apresentar alergias a algum metal). Um dos mais estéticos e modernos materiais disponíveis é o PEEK. Ele possui muitas vantagens, como por exemplo:

Estética – possui tonalidade clara (marfim ou branca), muito semelhante a cor da dentina humana. Portanto fica praticamente indistinguível dentro da resina, mesmo em ambientes iluminados. O mesmo pode não ocorrer em próteses com metal, que pode apresentar o núcleo escurecido quando submetido a luz.

Leveza – o PEEK é mais leve do que as barras de titânio e de cromo-cobalto oferecendo mais conforto ao usuário.

Resistência – trata-se de um material mais maleável do que os metais, permitindo movimentos com mais segurança. Também é muito mais difícil de se partir com as cargas mastigatórias, por exemplo.

Precisão – o projeto da estrutura é computadorizado Cad/Cam e executado por impressoras 3D, o que permite a confecção de peças totalmente personalizadas para cada paciente.

Para sua comodidade, a ImplArt Odontologia possui estrutura tecnológica e um laboratório de prótese dentária próprio completo para projetar e confeccionar sua prótese híbrida com rapidez e precisão. Agende uma consulta e conheça a estrutura da ImplArt. Ficaremos felizes em atende-lo!

Novos materiais dentários evitam alergias

Novos materiais dentários evitam alergias em tratamentos dentários

Algumas pessoas podem manifestar alergias ao contato com algum material utilizado em tratamentos odontológicos, ou simplesmente evitam buscar o tratamento porque acredita que não existam alternativas de materiais para pacientes alérgicos.

As alergias mais comuns são a alguns metais, como níquel, ao látex e resinas, e alergias medicamentosas, como reação a alguns componentes de anestésicos. A boa notícia é que atualmente existem alternativas de materiais para praticamente todos os casos de alérgenos em odontologia. Veja alguns exemplos:

Pessoas que necessitam de reabilitação oral com implantes dentários e apresentam alergia a algum tipo de metal podem se beneficiar de implantes de zircônia, um material cerâmico branco e muito resistente.

Pacientes que necessitam de tratamento ortodôntico e tem alergia ao látex dos elásticos podem utilizar aparelhos autoligados que não necessitam de elásticos, alinhadores transparentes em forma de placa, ou aparelhos convencionais com elásticos de silicone.

Já aqueles que apresentam alergia a algum metal do aparelho ortodôntico têm como alternativa os aparelhos estéticos com bráquetes de cerâmica ou policarbonato ou os alinhadores transparentes livres de metais.

Pessoas com alergia ao látex normalmente têm conhecimento desta condição antes de ir a um dentista, porque provavelmente já teve contato com o material desde a infância (chupeta, bico de mamadeira, elásticos, etc). Portanto pode solicitar ao dentista para utilizar luvas de outro material que não seja de látex (luva nitrílica, por exemplo).

As restaurações metálicas de amálgama contêm componentes com potencial alérgeno, como o mercúrio, prata, estanho, cobre, zinco, ouro ou índio. As alternativas são as resinas ou porcelana dental, com a vantagem de serem da cor dos dentes e não escuro.

As próteses de estrutura metálica (liga de cromo e cobalto) podem ser substituídas por próteses estéticas com estrutura de zircônia.

Já as pessoas que eventualmente apresentem alergia a resina acrílica ou resina composta podem utilizar as modernas restaurações de cerâmica dental.

Implantes dentários antialérgicos

Fique tranquilo com a sua alergia bucal !

Antes de iniciar qualquer tratamento odontológico, o dentista conversa com o paciente (anamnese) com intuito de identificar potenciais alérgenos durante o tratamento. É importante que o paciente seja franco e informe qualquer sintoma que já teve na vida, mesmo que pareça irrelevante. O dentista pode solicitar ao paciente exames laboratoriais para teste alérgico como parte do planejamento do tratamento odontológico. Venha nos fazer uma visita. Ficaremos felizes e recebê-lo.

Implante dentário nos dentes da frente

Implante dentário nos dentes da frente

A ausência de um ou mais dentes pode afetar a vida e a autoestima de uma pessoa, ainda mais se há perda dos dentes da frente, a parte frontal da arcada dentária. Na odontologia, essa região é chamada de área estética, justamente por ser a parte mais visível e a que melhor representa a estética do sorriso.

A área estética exige a preferência por materiais mais discretos e bonitos para que os dentes fiquem com aspecto natural. Nos últimos anos, tivemos uma grande evolução na elaboração e desenvolvimento de materiais estéticos e técnicas para composição de implantes e próteses dentárias, exclusivamente para esta região.


Sequência de tratamento com implantes dos dentes da frente com técnicas de odontologia digital:

1 – Scanner Intraoral da boca: Copiando o formato das gengivas dos dentes anteriores
2 – DENTES PROVISÓRIOS: colocados nos implantes da frente
3 – Radiografia mostrando os implantes dentais colocados
4 – COROAS DEFINITIVAS: Observe que os dentes quem que sair de dentro da gengiva.

Implantes dentários específicos para o dente da frente

Os dentes da frente na arcada seriam os incisivos centrais, incisivos laterais e caninos. A região anterior requer alguns cuidados maiores para atingir uma estética perfeita pois pode interferir na aparência do sorriso. Quanto ao material, hoje existem duas principais opções de implantes indicados para área estética:

Implante estético de cerâmica pura

Sem metal, possui tonalidade semelhante à raiz dentária (branca), portanto fica com resultado discreto até mesmo em pacientes com gengiva fina ou outras necessidades específicas desta região. Os implantes brancos de zircônia também diminuem a chance de um aspecto cinza na região da gengiva na área anterior. Os implantes cerâmicos são muito recentes e possuem tecnologias mais novas que estimulam e aceleram a cicatrização (osseointegração).

Implante estético em porcelana pura pode ajudar na estética dos dentes da frente

Implante de titânio para nível ósseo (Bone Level)

O implante para nível ósseo possui a conexão do pilar (encaixe do dente) na linha do osso, ou seja, mais profundamente do que os implantes mais antigos. Dessa maneira, o tecido gengival é mais espesso sobre o implante e com isso a anatomia da gengiva tem anatomia preservada e cicatrização mais rápida.

Os modelos de implante de posicionados na crista óssea tem o favorecem o aspecto mais natural, preservando os tecidos gengival e ósseo (mais delicado na região dos dentes da frente). Esses novos implantes mais profundos também favorecem o aspecto natural da saída do dente de dentro da gengiva, bem como a formação da papila interdental.

Implantes Com colocação em nível esse e conexão interna (cone-morse) ajudam na estética dos implantes dos dentes da frente (MODELO DA DIREITA)

O tipo de encaixe entre o implante/dente interfere na estética dos dentes da frente

Hoje sabemos que implantes com encaixe interno (fêmea), dos tipos hexágono interno ou principalmente com o encaixe cônico (cone-morse), favorecem a estética. O encaixe cone-morse é o único com velamento perfeito, o que evita o acúmulo de bactérias ao redor do implante. A ausência de bactérias é essencial para a saúde e estética da gengiva e do implante principalmente na região anterior.

Pilares estéticos de zircônia na região anterior

Os pilares de zircônia são concebidos com tecnologia CAD/CAM, resultando em peças totalmente personalizadas e de encaixe perfeito. A zircônia é um material branco, livre de metais e altamente resistente e estético. Os pilares de zircônia ficam discretamente invisíveis dentro da coroa, mesmo em ambientes iluminados. Já os pilares de metais, apesar de bastante resistentes, podem deixar o interior da coroa escuro.

Pilares digitais de zirconia podem oferecer melhor estética aos implantes dentários anteriores. Neste caso vemos o projeto computadorizado de um pilar que servirá de apoio para o dente da frente.

Próteses e Coroas CAD/CAM – Reposição dos dentes da frente

As próteses dentárias, coroas e restaurações dentárias já podem ser projetadas em computador com tecnologia CAD/CAM. O material mais indicado para a área estética com toda a certeza é a porcelana dental, por se assemelhar aos dentes naturais em resistência e pelo aspecto.

Mas veja que não seriam as porcelanas dentais comuns e sim as porcelanas computadorizadas, sem metais e projetadas por computador. A reabilitação oral com uso de tecnologia CAD/CAM começa com a moldagem digital. Com o uso de um scanner intraoral, o dentista capta imagens precisas do interior da boca do paciente.

Essas imagens são transformadas em um modelo tridimensional da arcada dentária. Com um software integrado, a equipe do laboratório de prótese dentária projeta a coroa ou a restauração com imitações de detalhes dos dentes vizinhos. O projeto então é enviado para uma impressora 3D, que realiza a fresagem de um bloco bruto de porcelana dental até que ele chegue ao formato do dente projetado.

Logo depois de terminada essa etapa, a coroa já pode ser instalada sobre o pilar e implante. A ImplArt Odontologia possui estrutura tecnológica sobretudo para realização de implantes e coroas altamente estética para a região mais visível da arcada. Contamos com:

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco ou então venha nos fazer uma visita.

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011