Enxerto ósseo com material sintético

O enxerto ósseo pode ser indicado como solução para alguns problemas que dificultam a colocação de implantes dentários pela falta de volume ósseo ou outros defeitos. O enxerto pode ser indicado para reconstrução óssea na falta de espessura ou altura suficiente no maxilar do paciente, criando novamente estrutura para colocação do(s) implante(s). A perda de volume ósseo ocorre principalmente pela reabsorção óssea que se inicia assim que o dente e raiz são perdidos.

Outra aplicação de enxerto sintético é para cirurgia para levantamento do seio maxilar. O material é usado para preencher a pequena cavidade que fica após o levantamento do seio e tem o objetivo de estimular a regeneração óssea para possibilitar a colocação o implante. Uma das opções para enxertos ósseos são os materiais sintéticos, com características muito próximas do osso humano. 

{loadmoduleid 147} 

Quais são os tipos de enxertos ósseos sintéticos existentes?

Enxertos ósseos sintéticos normalmente são produzidos em laboratórios com base em muita pesquisa para assegurar a biocompatibilidade dos materiais no organismo humano e evitar rejeição ou infecção. Os principais materiais que compõe os enxertos sintéticos são cerâmica, polímeros, hidroxiapatita sintética ou outros minerais. A principal função desses enxertos é ajudar na regeneração de tecido ósseo e preservação do volume local.

Depois de aplicado, o material sintético é gradualmente absorvido pelo organismo e vai sendo substituído aos poucos por osso vital. Os enxertos ósseos sintéticos normalmente vêm em forma de grânulos, o que permite ao dentista versatilidade e maleabilidade no uso. 

Como funcionam enxertos ósseos?

No ato da cirurgia, o dentista mistura o enxerto ósseo sintético com um pouco de sangue do próprio paciente. Essa mistura é colocada na área deformada para fazer as devidas correções. O sangue é importante nesse processo para vitalizar a formação óssea no local e é esperado que no período dos próximos 6 meses o osso esteja completamente regenerado, permitindo a partir daí a colocação do(s) implante(s). 

Existe vantagem do material sintético sobre o material natural?

Pode-se dizer que a principal vantagem do enxerto sintético sobre enxerto natural é que não é necessário fazer mais de uma cirurgia, como acontece nos casos de transplante autógeno (quando é necessário retirar um pedaço de osso de outra parte do corpo do paciente para fazer a enxertia no osso maxilar).

No entanto, a escolha do material adequado é feita apenas pelo profissional dentista depois de uma criteriosa avaliação de cada caso. A prevalência é que o procedimento seja feito com osso natural, preferencialmente do próprio paciente.

Nossa equipe já realizou milhares de implantes e em muitos casos foram usadas as técnicas de enxerto ósseo sintético para recriar a área do(s) implante(s) ou nas cirurgias de levantamento de seio maxilar. Entre em contato conosco e agende uma consulta. Ficaremos felizes em procurar solucionar o seu caso.

{loadmoduleid 190} 

Leia mais:

{loadmoduleid 151}

cirurgia, colocação, dentista, enxerto, enxertos, implante, levantamento, materiais, material, maxilar, óssea, ósseo, ósseos, osso, paciente, para, são, seio, sintético, sintéticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian - CRO SP 73.583

Endereço

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 (11º andar) - Bela Vista - São Paulo/SP - CEP 01333-011

Atendimento

Seg. a Sex. 08:30 - 19:30

Sábado 08:00 - 13:00

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2019.