Tag: consultório

clareamento dental

Clareamento dental com técnicas combinadas

Clareamento dental para um sorriso mais bonito e atraente

O clareamento dental com técnicas combinadas é o melhor tratamento estético para clarear os dentes com a combinação de sessões no consultório odontológico intercalado com sessões de clareamento em casa. Em suma, o clareamento no consultório consiste na aplicação de um gel nos dentes e estes são submetidos à uma luz de laser para ativar e potencializar a ação do produto.

O gel retira pigmentos e manchas do esmalte e dentina dos dentes. Já no clareamento dental caseiro, o paciente é melhor orientado a utilizar o gel com auxílio de moldeiras para serem encaixadas no nos dentes durante um certo período (a ser definido na consulta).

Vantagens do clareamento dental combinado

O grande benefício da combinação de técnicas de clareamento dentário é a obtenção de resultado mais rápidos. Enquanto que o melhor clareamento totalmente realizado em domicílio pode durar de 3 a 4 semanas para obtenção dos resultados, o tratamento combinado pode durar em média duas semanas. É necessário que o paciente seja colaborativo em utilizado as moldeiras com o gel no tempo e nos dias indicados pelo dentista. A quantidade de sessões necessárias, tanto em consultório, como em casa, depende de cada caso.

Leia mais sobre lente de contato dental

Clareamento combinado = clareamento caseiro + clareamento a laser

O paciente será submetido à uma avaliação clínica em que serão avaliados as manchas e pigmentações, e saúde dos dentes e gengivas. O clareamento dental é melhor indicado para a maioria das pessoas, mas existem alguns casos em que as manchas são mais resistentes.

Nas situações em que os dentes apresentam cores azuladas, listras causadas por antibióticos ou manchas irregulares, o processo costuma ser mais difícil. Entretanto, os piores casos são de dentes escurecidos porque que possuem problemas endodônticos antigos. Próteses e restaurações não são clareadas.

Conheça mais sobre clareamento dentário feito pelo dentista

Se você ficou com alguma dúvida sobre preço ou tratamento, entre em contato conosco ou então agende sua consulta.

Como é feita a manutenção dos implantes dentários?

A importância da manutenção de implantes dentários

O sucesso do tratamento com implantes dentários não depende somente da qualidade dos materiais utilizados e do conhecimento técnico do cirurgião dentista, mas também da manutenção dos resultados durante os anos seguintes. Quando se fala em manutenção de implantes dentários, não nos referimos necessariamente em “troca de peças”, como se pode imaginar, mas sim em cuidados com limpeza, mastigação e o comprometimento do paciente com relação as visitas regulares ao consultório odontológico. São condutas necessárias para preservação da saúde dos tecidos ósseo e gengival em torno do implante.

A manutenção dos implantes se divide em duas classes: os cuidados diários, em casa, e os cuidados profissionais, no consultório. A higienização oral no paciente com implantes dentários não é uma tarefa muito difícil e pode ser realizada praticamente da mesma forma que uma pessoa com dentes naturais costuma fazer, ou seja, escovação após as refeições, o uso de fios dentais e antissépticos bucais para evitar a formação de placa bacteriana, cáries nos dentes remanescentes (se for o caso), gengivites, periodontites e periimplantite. Apenas alguns modelos de próteses, como por exemplo, o protocolo de Branemark, exigem uma atenção especial quanto à higienização. Veja esse exemplo clicando aqui.

A Voltar ao consultório regularmente é fundamental

As visitas regulares ao consultório também são parte importante para manutenção dos implantes e das próteses. No primeiro ano após a cirurgia de implantes, elas são necessárias para acompanhar o processo cicatricial, ou seja, a osseointegração dos implantes.

Para isso é necessário a realização de exames de imagem (a ImpArt dispõe de um moderno centro radiológico). As visitas nos anos seguintes são necessárias para acompanhar a saúde e a preservação dos tecidos ósseos e gengivais em torno dos implantes. Nessas visitas, o dentista também vai verificar a necessidade de fazer uma limpeza profissional para eliminar acúmulo de placa bacteriana na superfície da prótese.

Vale ressaltar que o paciente que recebeu os implantes dentários para substituir dentes que foram perdidos por causa de doença periodontal devem ter cuidados redobrados com a higiene oral e retornar com mais frequência ao consultório, porque a chance de a doença voltar é ligeiramente maior.

O intervalo das visitas depende de cada caso e é determinado assim que o tratamento é finalizado. Deve-se ter cuidado ao mastigar alimentos ou objetos muito duros. Os materiais utilizados pela ImplArt nos implantes dentários e nas próteses são de excelente qualidade, mas o cuidado com a mastigação do paciente com implantes dentários deve ser idêntico ao de pessoas com dentes naturais. Eventualmente pode ser necessário trocar alguma peça. Isso ocorre quando:

  • Não houve cuidados com higiene oral por parte do paciente e eventualmente houve a corrosão de algum dos materiais;
  • O paciente mastigou algum alimento ou objeto muito duro e houve fratura da prótese;
  • O retorno da doença periodontal consumiu o osso e/ou a gengiva que sustentavam o implante e ele ficou móvel ou caiu. Nesse caso pode ser necessário realizar um enxerto ósseo para reconstrução da estrutura ideal para reimplantar o pino.

Conheça a ImplArt Odontologia

A Clínica ImplArt é dirigida pelo especialista em implantes dentários Dr. Roberto Markarian. Possui atualmente a experiência de milhares de implantes de qualidade instalados, centenas de casos de odontologia estética solucionados e milhares pacientes satisfeitos. Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo. Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Medo de Dentista | Odontofobia

A odontofobia é o nome técnico que descreve o popular medo de dentista. Ela pode se manifestar em diferentes graus e os sintomas mais comuns são: pânico, taquicardia, transpiração excessiva, tonturas e até mesmo desmaios. O paciente com odontofobia tende a não cuidar adequadamente da saúde oral porque evita ir ao consultório para consultas preventivas ou para realizar tratamentos odontológicos a tempo de evitar problemas mais sérios. Mas esse problema tem solução!

Leia mais: medo de implante e os recursos disponíveis na ImplArt

Parceria: dentista e laboratório de próteses

A ImplArt possui um laboratório de prótese dentária próprio equipado com sistemas computadorizados

Apesar de ficarem em locais diferentes, o consultório do dentista e o laboratório de próteses trabalham juntos. Os dois precisam desenvolver uma parceira para produzir as ferramentas para realizar o melhor tratamento para o paciente. O entendimento entre os dois profissionais é fundamental para que tudo o que foi planejado seja feito corretamente.

O dentista fica com a parte que envolve o contato com o paciente, avaliação clínica, realização de diagnóstico e indicação de possíveis tratamentos. Com isso, ele projeta a prótese que melhor vai se adequar às necessidades do tratamento. Esse projeto é feito a partir do molde que pode ser feito pelo próprio dentista, no consultório. Em seguida, ele envia a documentação para o laboratório de prótese que vai fabricar a prótese ou o aparelho ortodôntico.

A grande importância da parceria é na transição entre o que é projetado no consultório e o que será feito no laboratório. O dentista precisa mandar todas as descrições, de forma bem específica e explicativa, para que o protético possa entender o que foi pedido e realizar seu trabalho. Ele também precisa saber que a prótese ou aparelho devem ser configurados precisamente da forma que foram pedidos para evitar problemas no futuro.

O entendimento e o trabalho unificado entre essas duas partes são essenciais para que o tratamento do paciente seja realizado da melhor forma possível. Já que se a prótese ou aparelho não ficarem da maneira que o dentista projetou, o que foi planejado não poderá ser feito. E se o dentista não enviar todas as informações para o protético, ele não poderá fazer seu trabalho corretamente.

Para facilitar e agilizar todo esse processo, a ImplArt Odontologia possui um laboratório de prótese dentária integrada à clínica. As demandas dos dentistas são enviadas via sistema integrado e os projetos são computadorizados. Essa comunicação permite a realização de próteses dentárias e restaurações com mais rapidez e precisão.

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 CEP 01333-011

Bela Vista - São Paulo-SP -  Brasil