Tag: principalmente

Placa miorrelaxante para bruxismo

Placa para bruxismo / Placa miorrelaxante / Placa de mordida / Placa interoclusal

A placa miorrelaxante é um dispositivo móvel para encaixar nos dentes. É indicado como coadjuvante no tratamento do bruxismo, principalmente para minimizar os efeitos negativos do distúrbio sobre os dentes e suas estruturas. O bruxismo é um distúrbio neuromuscular em que a pessoa inconscientemente aperta ou range os dentes durante o sono e até mesmo durante o dia. Isso gera uma atividade exagerada dos músculos faciais.

Sem o devido tratamento, o bruxismo pode levar ao desgaste dos dentes ou fraturas, problemas ósseos, gengivais e articulares (disfunção de ATM). Os sintomas de bruxismo mais comuns são dores de cabeça e pescoço, dores orofaciais, tensão e cansaço muscular, dores ou zumbido no ouvido, e em alguns casos dificuldade para abrir a boca por travamento da mandíbula. As crises estão bastante relacionadas com momentos de estresse e ansiedade.

Então a placa miorrelaxante tem o papel de restringir os movimentos dos músculos faciais e reduzir o atrito dos dentes e a força entre as arcadas, estabilizar as articulações, e dessa forma aliviar as dores e preservar os dentes e suas estruturas.

Dentes desgastados devido ao bruxismo

Tipos de placa para bruxismo

A escolha do tipo e do material da placa miorrelaxante para tratamento do bruxismo é bastante criteriosa, antes de mais nada com o propósito de melhorar os sintomas e principalmente para não haver piorar do distúrbio. 

Placa miorrelaxante rígida

Fabricada em acrílico transparente rígido com acabamento externo liso. É considerada a mais eficaz para o tratamento de bruxismo cêntrico (em que a pessoa não apresenta movimentos que desgastam os dentes) bem como bruxismo excêntrico (em que a pessoa apresenta movimentação lateral da mandíbula que causa desgaste dos dentes).

Elas possuem um espaçamento que impede que a boca se feche e induz o relaxamento dos músculos da mandíbula. Tem a função de proteger os dentes, diminuir a retração da mandíbula por meio do afastamento dos dentes e ajudar a desprogramar a ação neuromuscular. Também pode ser indicada para pessoas com dores esporádicas e para tratamento de DTM – disfunção têmporo mandibular que não apresente dores. 

Placa miorrelaxante macia

Fabricada em silicone transparente flexível. A indicação desse tipo de placa de mordida quase sempre é apenas para alivio de sintomas relacionados a problemas de ATM (articulação temporomandibular) decorrente do bruxismo, mas não indicada para quem tem bruxismo e não apresenta disfunções de ATM. Apesar do seu uso ser considerado mais confortável do que a placa acrílica, pode trazer problemas se for utilizada de forma inadequada.

A característica macia da placa pode levar o paciente inconscientemente a mastiga-la, ocasionando aumento da força muscular na mastigação, ou seja, dessa forma haveria uma piora do bruxismo e aceleração do desgaste dos dentes e estruturas se a placa macia for usada por tempo prolongado. Outra desvantagem é que o silicone é um material poroso e portanto tem mais propensão para favorecer microrganismos e bactérias. 

Como é feita a placa para bruxismo e qual é a melhor

Antes de mais nada, a placa miorrelaxante deve ser indicada apenas por um dentista após a avaliação clínica de cada pessoa. Apenas um dentista pode selecionar o material adequado para cada caso. Em geral, se for necessário usar a placa por mais de 30 dias, ela de deve ser do tipo rígida e bem ajustada. O dentista retira um molde das arcadas. Na ImplArt Odontologia o molde é digital, obtido por scanners intraorais. A placa então é confeccionada de acordo com o molde, inclusive atualmente já podem ser fabricadas por impressoras 3D.

Por quanto tempo deve ser utilizada?

O tempo de utilização depende do diagnóstico. Na maioria dos casos, deve ser usada durante todo o sono e em todas as noites. Em casos mais sérios e nos períodos de crise, pode haver indicação para utiliza-la até mesmo de dia. A pessoa recebe todas as orientações na consulta.

Duração da placa miorrelaxante – ela deve ser trocada?

A duração depende de cada caso, pois da mesma forma que a força do bruxismo tem a capacidade de destruir os dentes, também pode deteriorar a placa. Em média, a placa deve ser trocada a cada 6 a 12 meses.

Higienização – como limpar a placa miorrelaxante?

A higienização deve ser diária e sempre que não estiver em uso deve ser guardada seca e limpa para evitar proliferação de microrganismos. Para limpeza, basta usar uma escova de dentes macia exclusiva para esse fim, já que a lavagem deve ser feita com detergente neutro e não com pasta de dente (esta contém partículas micro abrasivas que arranham o aparelho).

Placa miorrelaxante vendida na internet

Não é difícil encontrar pela internet lojas virtuais que vendem aparelhos para bruxismo, no entanto é muito importante que esse tratamento seja não apenas indicado como acompanhado por um dentista. Como já dito anteriormente, o uso inadequado de uma placa de mordida pode levar a piora do distúrbio e acelerar o desgaste dos dentes e estruturas.

Leia mais: substituição de dentes perdidos por implantes dentários

Placa miorrelaxante preço

Valores de tratamentos odontológicos só podem ser passados em consulta presencial. Existem três principais razões para isso: 

  • O Código de Ética do Conselho Federal de Odontologia proíbe que dentistas realizem consultas de forma não presencial.
  • Tratamentos odontológicos só podem ser indicados depois de uma avaliação criteriosa do paciente.

Existem inúmeros fatores que influenciam no planejamento de um tratamento. Também existem diversas opções de materiais e técnicas que influenciam na composição de um orçamento. Além disso, um tratamento que pode ser indicado para uma pessoa, para outra pode não ser o mais adequado.

  • A importância de ser avaliado por um profissional dentista. Muitas vezes a pessoa acredita que está com um determinado problema, mas na realidade pode ser outro.

O cirurgião dentista é o profissional que está habilitado a olhar a saúde bucal em geral, além de dar as recomendações necessárias para manter os dentes bonitos e saudáveis ao longo da vida.

Peeling gengival para tratamento de manchas

A ImplArt Odontologia realiza tratamento para remoção de manchas nas gengivas através do peeling gengival. Essa técnica de cirurgia gengival chamada de Melanoplastia consiste na abrasão superficial do epitélio pigmentado com o auxílio de instrumentos. O procedimento é indolor, porque é aplicada sob anestesia local e também há pouco de sangramento.

Clareamento de gengiva

As manchas na gengiva, tecnicamente conhecida por pigmentação melânica gengival, são caracterizadas por excesso de melanina (pigmentos que dão cor à pele). Podem ser de tonalidade acastanhada, roxas, acinzentadas ou pretas e são mais comuns em pessoas negras e asiáticas. Mas outras manchas podem surgir na gengiva em consequência do fumo ou do contato da gengiva com metais utilizados em alguns tipos de próteses dentárias. O aspecto de gengivas pigmentadas pode incomodar mais as pessoas que tem o sorriso alto ou o sorriso gengival. Para ser candidato à cirurgia a gengiva do paciente deve estar saudável, o que pode ser obtido com uma raspagem gengival.

Leia mais sobre tratamento do sorriso gengival

Leia mais sobre retração gengival

É possível remover manchas na gengiva

O peeling promove uma descamação epitelial da área pigmentada e dentro de 72 horas é esperada a formação de novo tecido com coloração mais rosada. Em sete dias, a cicatrização será completa e a tonalidade da gengiva se tornará bem mais uniforme. O efeito do peeling gengival pode durar por anos, porém alguns pacientes podem precisar repetir o procedimento, já que a pigmentação pode retornar (principalmente se eles forem fumantes). Algumas recomendações pós-cirúrgica:

  • Evitar a ingestão de alimentos muito ácidos, salgados, quentes ou duros nos primeiros dias;
  • Fazer assepsia com solução à base de clorexidina (bochechos três vezes ao dia, durante sete dias);
  • Utilizar uma escova dental com cerdas macias;
  • Tomar a medicação prescrita;
  • Não fumar;
  • Ser cauteloso para evitar doenças contagiosas, principalmente nos primeiros dias, já que a gengiva em processo de cicatrização pode ser uma porta de entrada para vírus e bactérias.

Se você ficou com mais alguma dúvida a respeito desta técnica de cirurgia de peeling gengival ou preço, entre em contato com a nossa equipe ou agende uma consulta. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 CEP 01333-011

Bela Vista - São Paulo-SP -  Brasil