Tag: essa

Implante dentário nos dentes da frente

Implante dentário nos dentes da frente

A ausência de um ou mais dentes pode afetar a vida e a autoestima de uma pessoa, ainda mais se há perda dos dentes da frente, a parte frontal da arcada dentária. Na odontologia, essa região é chamada de área estética, justamente por ser a parte mais visível e a que melhor representa a estética do sorriso.

A área estética exige a preferência por materiais mais discretos e bonitos para que os dentes fiquem com aspecto natural. Nos últimos anos, tivemos uma grande evolução na elaboração e desenvolvimento de materiais estéticos e técnicas para composição de implantes e próteses dentárias, exclusivamente para esta região.


Sequência de tratamento com implantes dos dentes da frente com técnicas de odontologia digital:

1 – Scanner Intraoral da boca: Copiando o formato das gengivas dos dentes anteriores
2 – DENTES PROVISÓRIOS: colocados nos implantes da frente
3 – Radiografia mostrando os implantes dentais colocados
4 – COROAS DEFINITIVAS: Observe que os dentes quem que sair de dentro da gengiva.

Implantes dentários específicos para o dente da frente

Os dentes da frente na arcada seriam os incisivos centrais, incisivos laterais e caninos. A região anterior requer alguns cuidados maiores para atingir uma estética perfeita pois pode interferir na aparência do sorriso. Quanto ao material, hoje existem duas principais opções de implantes indicados para área estética:

Implante estético de cerâmica pura

Sem metal, possui tonalidade semelhante à raiz dentária (branca), portanto fica com resultado discreto até mesmo em pacientes com gengiva fina ou outras necessidades específicas desta região. Os implantes brancos de zircônia também diminuem a chance de um aspecto cinza na região da gengiva na área anterior. Os implantes cerâmicos são muito recentes e possuem tecnologias mais novas que estimulam e aceleram a cicatrização (osseointegração).

Implante estético em porcelana pura pode ajudar na estética dos dentes da frente

Implante de titânio para nível ósseo (Bone Level)

O implante para nível ósseo possui a conexão do pilar (encaixe do dente) na linha do osso, ou seja, mais profundamente do que os implantes mais antigos. Dessa maneira, o tecido gengival é mais espesso sobre o implante e com isso a anatomia da gengiva tem anatomia preservada e cicatrização mais rápida.

Os modelos de implante de posicionados na crista óssea tem o favorecem o aspecto mais natural, preservando os tecidos gengival e ósseo (mais delicado na região dos dentes da frente). Esses novos implantes mais profundos também favorecem o aspecto natural da saída do dente de dentro da gengiva, bem como a formação da papila interdental.

Implantes Com colocação em nível esse e conexão interna (cone-morse) ajudam na estética dos implantes dos dentes da frente (MODELO DA DIREITA)

O tipo de encaixe entre o implante/dente interfere na estética dos dentes da frente

Hoje sabemos que implantes com encaixe interno (fêmea), dos tipos hexágono interno ou principalmente com o encaixe cônico (cone-morse), favorecem a estética. O encaixe cone-morse é o único com velamento perfeito, o que evita o acúmulo de bactérias ao redor do implante. A ausência de bactérias é essencial para a saúde e estética da gengiva e do implante principalmente na região anterior.

Pilares estéticos de zircônia na região anterior

Os pilares de zircônia são concebidos com tecnologia CAD/CAM, resultando em peças totalmente personalizadas e de encaixe perfeito. A zircônia é um material branco, livre de metais e altamente resistente e estético. Os pilares de zircônia ficam discretamente invisíveis dentro da coroa, mesmo em ambientes iluminados. Já os pilares de metais, apesar de bastante resistentes, podem deixar o interior da coroa escuro.

Pilares digitais de zirconia podem oferecer melhor estética aos implantes dentários anteriores. Neste caso vemos o projeto computadorizado de um pilar que servirá de apoio para o dente da frente.

Próteses e Coroas CAD/CAM – Reposição dos dentes da frente

As próteses dentárias, coroas e restaurações dentárias já podem ser projetadas em computador com tecnologia CAD/CAM. O material mais indicado para a área estética com toda a certeza é a porcelana dental, por se assemelhar aos dentes naturais em resistência e pelo aspecto.

Mas veja que não seriam as porcelanas dentais comuns e sim as porcelanas computadorizadas, sem metais e projetadas por computador. A reabilitação oral com uso de tecnologia CAD/CAM começa com a moldagem digital. Com o uso de um scanner intraoral, o dentista capta imagens precisas do interior da boca do paciente.

Essas imagens são transformadas em um modelo tridimensional da arcada dentária. Com um software integrado, a equipe do laboratório de prótese dentária projeta a coroa ou a restauração com imitações de detalhes dos dentes vizinhos. O projeto então é enviado para uma impressora 3D, que realiza a fresagem de um bloco bruto de porcelana dental até que ele chegue ao formato do dente projetado.

Logo depois de terminada essa etapa, a coroa já pode ser instalada sobre o pilar e implante. A ImplArt Odontologia possui estrutura tecnológica sobretudo para realização de implantes e coroas altamente estética para a região mais visível da arcada. Contamos com:

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco ou então venha nos fazer uma visita.

Coroas de zircônia pura

As coroas de zircônia são próteses dentárias indicadas para restauração e reabilitação odontológica em pessoas que tiveram danos em um ou mais dentes. A reabilitação com coroas dentárias visa a recuperação estética e funcional do sorriso.

Porém, alguns materiais utilizados para confecção de coroas dentárias não possuem resistência suficiente para serem utilizados em pacientes que sofrem de bruxismo. Como se sabe, o bruxismo é um transtorno dos movimentos da funcionalidade oral, caracterizado principalmente pelo ranger ou apertamento involuntário dos dentes.

Ocorre principalmente durante o sono. Essa carga excessiva sobre os dentes e estruturas musculoesqueléticas da face pode causar problemas nos dentes e na correta oclusão de uma forma geral.

Embora a causa do bruxismo não seja muito bem esclarecida, é certo que essa condição acometa com mais frequência as pessoas que sofrem de algum problema emocional, como estresse, ansiedade e preocupação excessiva.

Da mesma forma que a força excessiva gerada pelo bruxismo pode desgastar os dentes, também é possível que ela danifique próteses dentárias confeccionadas em determinados materiais.

Nesses casos, a nossa equipe tem a opção de indicar coroas em porcelana com estrutura interna de zircônia pura que são comprovadamente mais resistentes e suportam uma carga maior, mesmo em pacientes com bruxismo.

A zircônia adquire essa resistência porque passa por um processo controlado chamado sinterização, que é o seu aquecimento em alta temperatura dentro de um forno especial. Este processo modifica suas partículas tornando, criando uma peça protética sólida e muito forte. Outras propriedades das coroas com estrutura em zircônia pura:

  • Coroa livre de metal (Metal free)
  • Translucidez – mesmo em ambientes muito iluminados
  • Biocompatibilidade – sem risco de rejeição
  • Não há condutividade de frio e calor

Como saber se eu posso ter uma coroa com zircônia pura mesmo tendo bruxismo?

Primeiramente, é importante avaliar o grau de comprometimento oral que o bruxismo já causou até o momento. Se você tem bruxismo não tratado por muitos anos, pode haver um desgaste avançado das coroas dentárias e/ou fraturas de raízes.

Portanto, antes de receber coroas protéticas para reabilitar e restaurar o seu sorriso, provavelmente será necessário que você passe por um tratamento para correção desses defeitos (por exemplo: tratamentos de canal, aumento da dimensão vertical, aumento de coroa clínica).

O controle do bruxismo é essencial para evitar problemas futuros e as coroas em porcelana com estrutura em zircônia pura poderão ser indicadas. A ImplArt Odontologia possui laboratório de prótese dentária próprio com os Sistema Cerec 3D e Trios 3Shape que agilizam a confecção das coroas com zircônia pura, em alguns casos, até mesmo em poucas horas em atendimento Day Clinic. Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Implantes Roxolid

Algumas situações exigem que o implante dentário seja de diâmetro ou comprimento reduzido São os casos dos pacientes com defeito ou pouco volume ósseo. Foi pensando nisso que a empresa suíça Straumann, líder mundial em pesquisas e desenvolvimento de sistemas de implantes dentários, desenvolveu os novos implantes Roxolid que são comprovadamente mais resistentes em contrapartida aos implantes de diâmetros reduzidos fabricados com titânio puro.

Principais vantagens dos Implantes Roxolid:

  • Confeccionados com material especial (liga de titânio-zircônio) comprovadamente mais resistente em relação aos implantes de diâmetros reduzidos de titânio puro;
  • Possuem superfície ativa com tecnologia Straumann SLActive. A Hidrofilia permite a circulação e adesão sanguínea, e atividades químicas que atraem sangue e proteínas para dentro dos microporos da superfície dos implantes. Essa interação entre sangue e implante facilita e agiliza o processo de osseointegração;
  • Flexibilidade no uso. Em resumo, os implantes Roxolid se mostram mais versáteis em situações em que outros modelos de implantes de diâmetro reduzido não são indicados;
  • Flexibilizam a escolha da prótese dentária.

Outras situações que podem exigir implantes de diâmetro reduzido:

  • Espaços interdentários limitados;
  • Rebordos alveolares finos;
  • Incisivos laterais congenitamente ausentes;
  • Para maximização do fornecimento ósseo e vascular;
  • Para maximização do suporte dos ossos faciais.

Vale lembrar que existem diferentes implantes de diâmetro reduzido, porem somente os implantes Straumann Roxolid compensam essa redução com material certamente mais resistente. A ImplArt Odontologia já conta com essa tecnologia e amplia sua gama de tratamentos de implantes dentários de excelente qualidade.

O Dr. Roberto Markarian, diretor da ImplArt, é membro da ITI – International Team for Implantology, uma entidade ligada à Straumann que congrega os melhores especialistas mundiais para o desenvolvimento de novos produtos e técnicas, especialmente em implantes dentários. Conheça mais essa novidade que a ImplArt oferece aos seus pacientes. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco ou então agende uma consulta. Ficaremos felizes em atendê-lo!

Enxerto ósseo com BMP – indução óssea molecular

Um dos mais avançados materiais utilizados em enxerto ósseo com BMP. A Proteína Morfogenética Óssea (BMP – Bone Morphogenetic Protein) funciona como um indultor de formação de tecido ósseo. Essa é a única proteína capaz de induzir a transformação de células primitivas em células formadoras de osso, chamadas de osteoblastos secretores.

Como se sabe, a altura e a espessura óssea do maxilar e/ou da mandíbula são fundamentais para a colocação e sustentação de implantes dentários. Ocorre que muitos pacientes possuem defeitos ósseos, como atrofia ou perda óssea, e precisam se submeter às técnicas que recriem as condições necessárias para receber e dar suporte aos implantes dentários através de enxertos ósseos.

A BMP é uma derivação sintética de uma proteína osteoindutiva naturalmente presente no tecido ósseo humano, e com o avanço dos estudos e pesquisas no campo da engenharia genética, essa proteína pode ser isolada e preparada para ser utilizada de forma segura na odontologia.

Como é realizada o enxerto ósseo com BMP ?

A técnica consiste na aplicação de pequenas esponjas de colágeno com BMP que são posicionadas junto com o material de enxerto. A partir dessa aplicação, a proteína leva a formação de novo tecido ósseo por indução molecular. A partir de seis a nove meses após a aplicação da técnica, o volume ósseo ideal pode ser alcançado e os implantes dentários podem ser colocados com mais tranqüilidade e melhor previsão dos resultados. As principais vantagens desta técnica são:

  • Redução do risco de complicações cirúrgicas, como infecções e hemorragias (que ocasionalmente poderiam ocorrer nos procedimentos cirúrgicos de enxerto ósseo autógenos)
  • Redução do tempo de recuperação pós-operatório, além de diminuir o risco de rejeição do enxerto.

A técnica de enxerto ósseo BMP é um grande avanço na odontologia. No entanto, a escolha da melhor forma para solucionar o problema de defeito ósseo é decidida pelo profissional dentista em conjunto com o paciente, levando em conta alguns critérios, como por exemplo, o grau de perda óssea e hábitos e condições gerais de saúde do paciente. A técnica é recente, mas os resultados atuais são promissores. O material é importado e está sujeito a disponibilidade e regulação da ANVISA. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco ou então agende sua consulta com a nossa equipe. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011