Saúde Bucal

Novos materiais dentários evitam alergias

 

Novos materiais dentários evitam alergias

Algumas pessoas podem manifestar alergia ao contato com algum material utilizado em tratamentos odontológicos, ou simplesmente evitam buscar o tratamento porque acredita que não existam alternativas de materiais para pacientes alérgicos. As alergias mais comuns são a alguns metais, como níquel, ao látex e resinas, e alergias medicamentosas, como reação a alguns componentes de anestésicos. A boa notícia é que atualmente existem alternativas de materiais para praticamente todos os casos de alérgenos em odontologia. Veja alguns exemplos:

 

  • Pessoas que necessitam de reabilitação oral com implantes dentários e apresentam alergia a algum tipo de metal podem se beneficiar de implantes de zircônia, um material cerâmico branco e muito resistente.

  • Pacientes que necessitam de tratamento ortodôntico e tem alergia ao látex dos elásticos podem utilizar aparelhos autoligados que não necessitam de elásticos, alinhadores transparentes em forma de placa, ou aparelhos convencionais com elásticos de silicone.

  • Já aqueles que apresentam alergia a algum metal do aparelho ortodôntico têm como alternativa os aparelhos com bráquetes estéticos de cerâmica ou policarbonato ou os alinhadores transparentes livres de metais.

  • Pessoas alérgicas ao látex normalmente têm conhecimento desta condição antes de ir a um dentista, porque provavelmente já teve contato com o material desde a infância (chupeta, bico de mamadeira, elásticos, etc). Portanto pode solicitar ao dentista para utilizar luvas de outro material que não seja de látex (luva nitrílica, por exemplo).

  • As restaurações metálicas de amálgama contêm componentes com potencial alérgeno, como o mercúrio, prata, estanho, cobre, zinco, ouro ou índio. As alternativas são as resinas ou porcelana dental, com a vantagem de serem da cor dos dentes e não escuro.

  • As próteses de estrutura metálica (liga de cromo e cobalto) podem ser substituídas por próteses estéticas com estrutura de zircônia.

  • Já as pessoas que eventualmente apresentem alergia a resina acrílica ou resina composta podem utilizar as modernas restaurações de cerâmica dental.

 

Fique tranquilo!

Antes de iniciar qualquer tratamento odontológico, o dentista conversa com o paciente (anamnese) com intuito de identificar potenciais alérgenos durante o tratamento. É importante que o paciente seja franco e informe qualquer sintoma que já teve na vida, mesmo que pareça irrelevante. O dentista pode solicitar ao paciente exames laboratoriais para teste alérgico como parte do planejamento do tratamento odontológico. Venha nos fazer uma visita. Ficaremos felizes e recebê-lo. 

 

11 3262-4750

WhatsApp  11 99598-1866

Fale Conosco  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Skype clinica_implart

Facebook  ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

Instagram  ClinicaImplart 

 

 

 

Palavras-chave: materiais dentários, alergias, tratamentos odontológicos, pacientes alérgicos, níquel, látex, reabilitação oral, implantes dentários, implantes de zircônia, tratamento ortodôntico, alergia ao látex, aparelhos autoligados, alinhadores transparentes, bráquetes estéticos, dentista, porcelana dental.

 

logo_branco_9.png

Rua Martiniano de Carvalho, 864 - cj. 1405
Bela Vista - São Paulo/SP   CEP 01321-000

Tel.: +55 (11) 3262-4750 
WhatsApp.: +55 11 99598-1866


Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian 

CRO SP 73.583

Pesquisar

Pesquisar