Doença periodontal, um mal que pode ser evitado

A doença periodontal ou periodontite é uma doença inflamatória de origem bacteriana que afeta a gengiva e estruturas de suporte dos dentes, como o osso, cemento e ligamento.

A doença periodontal é a principal causa de perda dentária em adultos

Essa condição se inicia pelo acúmulo de placa e biofilme na superfície dentária, principalmente na proximidade da gengiva. A ação bacteriana libera toxinas que irritam causam inflamação da gengiva (gengivite). Relatos científicos recentes, porém carentes de comprovação de longo prazo, sugerem uma relação entre a piora da doença periodontal e a infecção viral por COVID-19.

O surgimento e o avanço da doença periodontal se dão com mais frequência em pessoas diabéticas, fumantes, com algum tipo de deficiência imunológica ou com predisposição genética. A bolsa periodontal é quando a gengiva fica muito inflamada e se torna frouxa, ou seja, ela perde a aderência a superfície dentária.

Nessas condições abre um espaço para acúmulo de tártaro na superfície da raiz, levando a atividade bacteriana também para as estruturas de suporte dos dentes. A inflamação crônica causada pelas bactérias destrói lentamente as estruturas de suporte dos dentes, que podem ficar moles, podem se entortar ou até cair.

Tratamento de doença periodontal

O diagnóstico da doença periodontal é feito através de um exame clínico da gengiva e tecidos adjacentes. O dentista introduz cuidadosamente uma sonda para verificar a profundidade da bolsa periodontal. Quanto maior a profundidade, maior a perda óssea. O tratamento para doença periodontal depende do grau de comprometimento.

A primeira conduta é paralisar a ação bacteriana sobre a gengiva através da remoção de toda placa e tártaro aderido na superfície dentária e na raiz. Este procedimento é capaz de reduzir a inflamação da gengiva, que normalmente retorna a posição adequada. Já em casos avançados, pode ser necessária a realização de uma cirurgia para remover focos infecciosos no osso e cirurgia de correção da gengiva.

Caso em que a doença periodontal foi responsável pela perda óssea, retração das gengivas, exposição das raízes e mobilidade dos dentes.

A cura da doença gengival avançada existe?

A doença periodontal não tem cura, mas é controlável. Por motivo a pessoa que passou pelo tratamento da periodontite deve retornar ao dentista com frequência (a ser determinada pelo profissional) a fim de controlar e evitar a atividade da doença.

Na ImplArt Odontologia temos especialistas em Periodontia e Implantes para realizar um tratamento com o propósito de manter os dentes, o controle da periodontite e a reabilitação oral completa. Agende uma consulta através de um dos canais de atendimento abaixo. Ficaremos felizes em atendê-lo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como evitar náuseas ou enjoo no dentista?

Muitas pessoas sentem náusea, ânsia ou enjoo no dentista quando é necessário tocar em sua boc…

Tipos de implantes dentarios disponíveis

Veja este guia completo que elaboramos sobre implantes dentários para ajudar a você a conhece…

Vamos acabar com o mito da prótese de porcelana pesada!

Uma impressão equivocada que algumas pessoas têm em relação as próteses dentárias para implan…

Tratamento com implante dentário rápido com implante Slactive + prótese de zircônia pura ou porcelana pura

É possível realizar meu tratamento com implante dentário rápido e colocar logo a prótese defi…

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583