Como essas 10 bebidas podem afetar os seus dentes?

O efeito que as bebidas exercem sobre os dentes depende de vários fatores, mas o principal componente é a acidez. Qualquer alimento que tenha 5,5 ou menos na escala de pH é considerada ácida. Esta característica é muito importante sobretudo pois ao haver um desequilíbrio constante da acidez bucal, os tecidos gengival e dentario podem sofrer impactos.

Estes impactos podem acarretar extrema sensibilidade dentária, em casos acentuados, corrosão do esmalte, cárie dental. Dessa forma, manter o equilíbrio é primordial para evitar impactos e sua saúde bucal.

Algumas bebidas podem danificar seus dentes? Elas podem causar manchas nos dentes ou desgastar o esmalte?

Veja como essas 10 bebidas podem afetar os seus dentes.

Alimentos e bebidas muito ácidos têm potencial de corrosão do esmalte, tornando os dentes sensíveis e vulneráveis a danos, como cáries e manchas amareladas. E ainda mais: bebidas com alto teor ácido e com excesso de açúcar têm o potencial de ser duplamente prejudiciais.

1. Vinho

O pH do vinho varia de 2,5 a 4,5. O vinho tinto é menos ácido do que o vinho branco, portanto é considerado melhor para a saúde bucal. Por ser mais ácido, o vinho branco tem mais potencial para desgastar o esmalte dentário, deixando os mais suscetíveis à descoloração e manchas.

No entanto, o vinho tinto é o que tem mais potencial para causar manchas nos dentes em razão dos polifenóis (substancia responsável pela sua pigmentação).

Mas não precisa deixar de toma-lo apenas por essa preocupação. Basta tomar água após e escovar os dentes após 30 minutos do consumo do vinho (não escovar imediatamente, pois a fricção da escova sobre o esmalte amolecido pelo ácido pode causar mais prejuízos do que benefícios.

2. Cerveja

A cerveja possui um pH que vai de 4,0 a 4,5. Um artigo publicado na Journal of Agricultural and Food Chemistry divulgou um estudo em que demonstra que o lúpulo, um dos componentes da cerveja, pode prevenir cáries ou doenças gengivais. Isso se deve às folhas de lúpulo, chamadas brácteas, que contêm polifenóis antioxidantes que parecem ser úteis no combate à cárie dentária.

Mas vale ressaltar que o consumo excessivo de álcool causa desidratação, e por consequência diminui a produção de saliva. A saliva é uma das formas de defesa da boca contra agentes prejudiciais aos dentes e mucosas, então qualquer coisa acima do consumo moderado de bebidas alcoólicas pode ser prejudicial.

3. Vodka

A Vodka possui um pH por volta de 4, mas em alguns casos pode chegar a 8 dependendo da qualidade e pureza da bebida. Em geral, a Vodka não tem potencial para causar danos a saúde dos dentes, porém o álcool sempre causa um efeito de desidratação e redução da saliva, por esse motivo deve ser consumida com moderação.

4. Água

A água não causa impactos negativos para a saúde dos dentes pois está no grupo dos alcalinos (pH 5,0 a 8,0). Pelo contrário, a ingestão da quantidade adequada de água diariamente (cerca de dois litros) é extremamente importante para produção de saliva, para “lavar” os pigmentos grudados nos dentes e também para manter o pH bucal ideal, protegendo os dentes de cáries, manchas e outros problemas.

5. Água com gás

A água com gás pode ter um pH entre 2,74 a 3,34, ou seja, é considerado ácido e seu consumo regular tem o potencial para causar erosão no esmalte dos dentes, inclusive maior do que com sucos de laranja.

Leia mais: Alimentos que fazem bem aos dentes

6. Café

Possui uma pH de cerca de 5, pouco ácido e geralmente não tem potencial para causar erosão dentária. No entanto, o consumo regular pode deixar os dentes manchados ou amarelados ao longo da vida devido sua pigmentação escura resultante da torrefação dos grãos. Leia sobre clareamento dental a laser.

Um estudo descobriu que beber café sem quaisquer aditivos pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de cáries. Então, aproveite seu café e não esqueça de beber água e escovar os dentes para evitar o acumulo de pigmentos nos dentes 30 minutos após seu consumo.

7. Leite

As proteínas e minerais (como por exemplo o cálcio) presentes no leite são extremamente benéficos para os dentes, inibindo a fixação e o crescimento de bactérias responsáveis pela cárie em sua boca. Com um pH acima de 6,5, o leite é uma ótima escolha para manter seus dentes fortes e saudáveis.

8. Refrigerantes

Pelo fato de ser ácido e açucarado, o fato que os refrigerantes podem prejudicar seus dentes. Até mesmo refrigerantes diets (sem açúcar) podem ser prejudiciais aos dentes. Estudos mostraram que não há diferença na dissolução do esmalte tomando refrigerantes diet e regulares da mesma marca, então o conteúdo de açúcar não conta toda a história. A acidez presente na bebida desempenha um papel direto no desgaste do esmalte e deve ser pouco consumida se quer manter os dentes saudáveis.

9. Suco de frutas

A acidez do suco obviamente depende da fruta utilizada. O suco de laranja tem um pH de cerca de 3,5. O suco de limão é ainda mais ácido, indo de 2,2 a 2,4 de pH, dependendo da espécie.  

A maioria dos sucos de frutas é concentrado e, portanto, expõe os dentes a muito mais ácido do que se ingerir uma fruta em sua forma natural. Para reduzir a concentração, o suco de frutas deve preferencialmente natural com diluição com cerca de 50 por cento de água e 50 por cento de sumo.

Para bebidas que são muito ácidas, a utilização de um canudo pode ajudar a diminuir o tempo de contato da bebida com os dentes.

Outra forma de reduzir os danos é tomar água e escovar os dentes após 30 minutos do consumo de sucos ácidos.

10. Chás

Os efeitos sobre os dentes dependem do tipo de chá. Chás fermentados normalmente têm um pH acima de 5,5, o que está fora da zona de perigo. O chá verde pode até ter efeitos positivos na saúde das gengivas e na prevenção de cáries.

No entanto, chás gelados industrializados tem pH muito baixo, na faixa de 2,5 a 3,5, e são ricos em açúcar, sendo que algumas marcas populares de chás gelados fermentados podem ser muito piores do que refrigerantes.

Além disso, o chá preto tem potencial para manchar os dentes se tomados constantemente.

Não descuide da sua saúde bucal e mantenha seu sorriso branquinho. Agende uma consulta com a nossa equipe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como evitar náuseas ou enjoo no dentista?

Muitas pessoas sentem náusea, ânsia ou enjoo no dentista quando é necessário tocar em sua boc…

Tipos de implantes dentarios disponíveis

Veja este guia completo que elaboramos sobre implantes dentários para ajudar a você a conhece…

Vamos acabar com o mito da prótese de porcelana pesada!

Uma impressão equivocada que algumas pessoas têm em relação as próteses dentárias para implan…

Tratamento com implante dentário rápido com implante Slactive + prótese de zircônia pura ou porcelana pura

É possível realizar meu tratamento com implante dentário rápido e colocar logo a prótese defi…

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583