Câncer bucal: como lidar?

O câncer bucal é aquele que afeta lábios e o interior da cavidade oral, o que inclui gengivas, mucosa das bochechas, mucosa do palato duro (céu da boca) e língua (principalmente as bordas), assoalho (região embaixo da língua). O câncer bucal é mais frequente em pessoas brancas e tem maior ocorrência no lábio inferior. Esse tipo inclui os cânceres de lábio e de cavidade oral como mucosa bucal, gengivas, palato, duro, língua oral e assoalho da boca. Normalmente, o câncer em outras regiões da boca acontece especialmente em tabagistas. Os riscos são maiores em tabagistas alcoólatras. 

Estimativa de novos casos: 15.490, sendo 11.140 homens e 4.350 mulheres (2016)

Números de mortes: 5.401, sendo 4.223 homens e 1.178 mulheres (2013)

Fonte: INCA – Instituto Nacional de Câncer 

Entre os fatores de risco que podem agravar a doença são: idade superior a 40 anos, vício de fumar cachimbos e cigarros. O consumo de álcool aliado a maus hábitos de higiene bucal e o uso de próteses dentárias mal ajustadas também são fatores que ajudam no desenvolvimento do câncer. O principal sintoma é o aparecimento de ferida na boca que não cicatriza em uma semana.

Além disso, ulcerações superficiais com menos de 2 cm de diâmetro, indolores, que podem ou não sangrar, manchas avermelhadas e esbranquiçadas nos lábios e na mucosa bucal são sinais que devem ser considerados e merecem um exame odontológico ou médico. Quando a pessoa apresenta dificuldade para falar, mastigar e engolir é preciso ficar atento, pois o câncer pode estar em estágio avançado. 

A melhor forma de prevenção é visitar periodicamente seu dentista de confiança e manter uma rotina de cuidados preventivos. Manter uma dieta saudável e evitar o hábito de fumar também ajudam a prevenir o câncer de boca. Mas, se o câncer for diagnosticado o paciente deve seguir as instruções do seu médico para realizar os tratamentos mais eficazes.

Entre as opções estão: cirurgia, radioterapia, esvaziamento cervical da parte comprometida e a quimioterapia. Não descuide da saúde bucal. Visite regularmente o dentista. Muitas vezes somente o olhar profissional é capaz de identificar problemas em fase inicial e em tempo de serem revertidos. 

{loadmoduleid 190} 

Leia mais:

{loadmoduleid 140}

boca, bucal, câncer, dentista, entre, fatores, homens, língua, mais, manter, médico, mucosa, mulheres, não, oral, para, podem, são, sendo, tabagistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian - CRO SP 73.583

Endereço

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 (11º andar) - Bela Vista - São Paulo/SP - CEP 01333-011

Atendimento

Seg. a Sex. 08:30 - 19:30

Sábado 08:00 - 13:00

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2019.