Saúde Bucal

Dente Mole: Sinal de Alerta

Periodontia

Dentes amolecidos são sinais de doença periodontal

 fases da doença periodontal periodontite dente mole

 

A doença periodontal é uma doença crônica de origem bacteriana que afeta as estruturas de suporte dos dentes. O portador da doença periodontal às vezes não percebe o avanço da doença até que os dentes ficam moles. 

Entretanto esse sintoma costuma indicar que a doença já está em estágio avançado e quase sempre representa a perda definitiva de um ou mais dentes.

A doença periodontal surge em conseqüência do acúmulo de placa bacteriana na superfície dentária. Em primeiro lugar (fase inicial), as toxinas liberadas pela atividade bacteriana inflamam a gengiva (gengivite). A então gengiva apresenta inchaço e sangramentos.

Em estágio moderado, a gengiva adquire aspecto de bolsa, tecnicamente chamada bolsa periodontal. Ela ocorre em virtude da perda de inserção da gengiva, que desse modo abre um espaço para ação bacteriana em uma região que deveria estar protegida: os tecidos de suporte dos dentes.

Dessa forma, a bolsa periodontal também favorece a formação de cálculos na superfície da raiz dentária, levando então mais bactérias para essa região. A inflamação crônica deteriora progressivamente o osso e outras estruturas que suportam os dentes.

Sem o controle adequado da doença, o paciente perde parte importante da crista óssea e com o passar do tempo apresenta sintomas de mobilidade dentária bem como exposição exagerada da raiz. Esse é portanto o estágio avançado da doença e é provável que haja indicação de extração dos dentes muito comprometidos. 

Como evitar a doença periodontal

Os sintomas iniciais da doença periodontal podem passar despercebidos ao olhar leigo. Portanto é extremamente importante a realização de consultas regulares ao dentista, pois apenas o olhar profissional de um dentista é capaz de identificar o acúmulo de biofilme e tártaro nos dentes e raiz dentária e inflamação das gengivas.

Durante a consulta, o dentista vai avaliar se o paciente está realizando a higiene oral adequadamente e se necessário, indicar uma limpeza profissional profilática e eventualmente alisamento radicular (remoção de tártaro na raiz dentária).

É muito importante o controle de bactérias e gengivite em estágio inicial a fim de evitar o avanço da doença e comprometimento dos dentes. Uma dentição completa é certamente essencial para a saúde, bem estar e estética de qualquer pessoa.  

Tratamento para doença periodontal 

O tratamento e acompanhamento da doença periodontal são feitos pelo dentista especialista em periodontia. A forma de tratamento se diferencia de acordo com o estágio da doença, ou seja, se ela está em fase inicial (gengivite, acúmulo de placa bacteriana e tártaro) ou avançada (mobilidade dentária e bolsas periodontais). 

Tratamento da doença periodontal em estágio inicial

O tratamento consiste em uma limpeza profissional com raspagem e remoção da placa bacteriana e do tártaro acumulados nos dentes e na borda das gengivas. Também é feito o alisamento da raiz (remoção de cálculos na raiz).

Por fim, o paciente é orientado a manter higiene oral doméstica adequada. Desse modo espera-se que em poucos dias as gengivas desinchem e parem de sangrar. 

Leia mais: os 5 piores problemas com implantes

Tratamento da doença periodontal estágio avançado (periodontite)

Neste estágio, cada caso é avaliado individualmente. Quando os dentes apresentam muita mobilidade, quase sempre há indicação de extração. É importante que, mesmo nessa fase, a doença seja controlada com a eliminação qualquer foco de infecção (placa bacteriana, tártaro, cálculos) e controle da gengivite.

Se a doença estiver bem controlada e o osso estiver saudável, é provável a possibilidade de substituir os dentes extraídos por implantes dentários. 

Em alguns casos pode ser necessária realizar uma cirurgia periodontal, ou seja, abertura da gengiva para limpeza no nível radicular. O paciente recebe prescrição de antibiótico, anti-inflamatório e analgésico se necessário.

A recuperação das gengivas pode ser um pouco mais lenta, porém com os cuidados diários do paciente em relação à higiene oral e com a medicação, espera-se que ocorra a cicatrização e o fechamento das bolsas para que e a doença cesse.

Se as bolsas periodontais não fecharem durante a terapia, há ainda assim o recurso cirúrgico para fecha-las, mas essa decisão só é tomada depois de todas as tentativas de resolução clínica. 

substituir dente mole por implante dentário doença periodontal e implante

Substituição de dentes com doença periodontal por implantes dentários

Em casos em que a perda óssea e a mobilidade do dente são severas, a recomendação quase sempre é a extração dentária e avaliação para substitui-los por implante dentário e prótese (que pode ser unitário ou múltiplo).

Se osso não for suficiente para receber o implante, o tratamento pode ser iniciado com enxerto ósseo para reconstrução da estrutura. No entanto cada caso é avaliado com muito critério para dessa forma evitar a contaminação do osso e dos implantes.

Se a doença periodontal causou grande retração gengival e exposição exagerada da raiz dentária, é possível tentar fazer enxerto de tecido mole para recobertura da raiz e reajustar o contorno gengival. Porém trata-se de um procedimento com baixas taxas de sucesso.  

Pós-tratamento

Todo paciente com histórico de doença periodontal deve manter visitas regulares ao consultório odontológico por toda a vida para manter a doença controlada. Além de tratamento no consultório odontológico, é preciso que o paciente tome algumas medidas de tal forma que vão ajudar a evitar o reaparecimento da doença:

  • Seja cuidadoso com a higiene oral - dedique mais tempo na escovação e use fio dental diariamente;
  • Abandone o vício do cigarro (se for o caso) - o hábito de fumar contribui para o avanço e complicações das doenças periodontais;
  • Controle a diabetes (se for o caso);
  • Mude seu estilo de vida - evite o estresse e aborrecimentos, eles podem diminuir a defesa do organismo contra infecções. 

 

A ImplArt Odontologia possui equipe especializada no diagnóstico e tratamento das doenças periodontais. Então venha nos fazer uma visita e conheça nossa estrutura!

 

Endereço e Contato

Rua Cincinato Braga, 37 - cj. 112 (11º andar)
Bela Vista - São Paulo/SP CEP 01333-011
Próximo à Avenida Paulista / Paraíso - Fácil acesso pelos metrôs Vergueiro e Brigadeiro
 
 

 

 

  

Fale Conosco 

 

 

  

Palavras-Chave: dentes amolecidos, doença periodontal periodontite, placa bacteriana, tártaro, sonda exploradora, radiografia panorâmica, doença periodontal, perder os dentes, dentista, limpeza profilática, higiene bucal, dentes, gengivas, gengivite, bolsa periodontal. 

Leia mais:

logo_branco_9.png

Rua Cincinato Braga, 37 - 11º andar - cj. 112
Bela Vista - São Paulo/SP   CEP 01333-011

Tel.: +55 11 3262-4750 
WhatsApp.: +55 11 99598-1866


Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian 

CRO SP 73.583

Copyright ImplArt Odontologia