Integração entre ortodontia e periodontia

 

É muito comum que as duas especialidades odontológicas trabalhem juntas, principalmente no planejamento e execução de tratamentos ortodônticos. A ortodontia corrige a posição dos dentes e ossos maxilares mal posicionados, enquanto que periodontia é responsável pelo controle e tratamento de doenças que acometem as estruturas de suporte dos dentes (osso alveolar e gengiva). São as doenças periodontais (acúmulo de placa bacteriana, tártaro, gengivites e periodontites). Algumas ocasiões em que as duas especialidades podem trabalhar juntas:

  • A integração entre as duas especialidades é importante para traçar um planejamento do tratamento ortodôntico não só com o objetivo de alcançar a estética e a funcionalidade, mas sem prejudicar a saúde e aos tecidos.
  • Antes de iniciar um tratamento ortodôntico, é importante avaliar as características da má oclusão e as condições dos tecidos periodontais.
  • O paciente com doença periodontal já instalada e que procura o tratamento ortodôntico, deve primeiro passar por um tratamento para restabelecer a saúde dos dentes e tecidos ósseo e gengival antes de colocar aparelhos, pois se o tratamento ortodôntico for feito com doença ativa, poderá haver comprometimento dos tecidos de suporte dos dentes.
  • A ortodontia pode ser requisitada pelo periodontista, se este avaliar que doenças periodontais surgiram em consequência de dentes mal posicionados que dificultam a higienização oral.
  • A periodontia age no controle da hiperplasia gengival, lesão associada ao acumulo de placa bacteriana e ao uso de aparelho ortodôntico fixo.
  • O tratamento ortodôntico necessita de um cuidado redobrado do paciente com relação à correta higienização oral. Quando ela é negligenciada, pode haver o acumulo de placa bacteriana nos dentes e no aparelho. A periodontia age removendo a placa bacteriana para evitar problemas mais sérios.
  • É importante que a doença periodontal seja controlada, principalmente com a raspagem da placa bacteriana, alisamento radicular e em alguns casos, a gengivoplastia para recuperação da forma gengival.
  • A integração entre as duas especialidades é importante para evitar a recessão gengival durante a movimentação dentária. Uma avaliação do periodontista antes de iniciar o tratamento ortodôntico pode prever sobre alterações que podem ocorrer na gengiva.
  • O periodontista avalia as condições dos tecidos depois de finalizado o tratamento ortodôntico. 

 

Leia mais sobre doença periodontal  

Como vimos, são muitas as situações em que as duas especialidades trabalham juntas. A integração acontece no antes, durante e depois de finalizado o tratamento ortodôntico. Essa integração é necessária para trazer ao paciente o bem estar, a estética e a autoestima, mantendo a saúde e integridade dos tecidos bucais.

A ImplArt Odontologia é composta por uma equipe multidisciplinar para que o seu tratamento seja feito com segurança e tranquilidade. Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco através de um dos canais abaixo ou agende uma consulta. Ficaremos felizes em atendê-lo.

{loadmoduleid 190} 

antes, bacteriana, dentes, doença, duas, entre, especialidades, gengival, importante, integração, ortodôntico, paciente, para, periodontais, periodontia, periodontista, placa, saúde, tecidos, tratamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resp. Técn. Dr. Roberto Markarian - CRO SP 73.583
Endereço
Rua Cincinato Braga, 37 - 11º andar - cj. 112
Bela Vista - São Paulo/SP CEP 01333-011
Telefones
Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2019.