Implantes dentários para gestantes e a saúde bucal

Implantes dentários para gestantes e a saúde bucal

Eventualmente uma mulher grávida pode precisar passar por tratamento dentário, inclusive um plano de tratamento de implantes dentários para gestantes. Existe muita dúvida se esse é um procedimento seguro para ser realizado durante a gravidez.

O mais indicado seria aguardar o final da gestação para realizar tratamentos dentários mais invasivos, mas se for necessário é possível colocar implantes dentários mediante cuidados especiais com a utilização de anestésicos e medicamentes específicos.

Todos sabemos que é preciso cuidar da saúde dentária em todos os momentos da vida e especialmente durante a gestação os cuidados não devem ser esquecidos. A gravidez é naturalmente uma fase em que ocorrem mudanças hormonais e muitas mulheres podem apresentar problemas dentários.

Gravida pode ir ao dentista e tomar anestesia?

As futuras mamães podem realizar tratamentos em qualquer fase da gestação, porem o segundo trimestre (entre o quarto e sexto mês) é considerado o momento mais adequado. As radiografias devem ser feitas preferencialmente após o primeiro trimestre (a paciente utiliza colete de proteção).

Já os medicamentos devem ser evitados em qualquer período da gestação, especialmente no primeiro trimestre, já que as reações tóxicas podem comprometer a saúde da mulher e ela pode não ser capaz de suportar uma gravidez. A anestesia não possui grandes restrições, mas o dentista precisa ter um grande conhecimento sobre os anestésicos e suas ações.

As grávidas podem apresentar elevação na pressão arterial, além de ter possibilidade de apresentar hipoglicemia, falta de ar, taquicardia e queda súbita de pressão. Analgésicos precisam ser evitados no começo da gravidez, já que eles estão associados à anemia, e no final pode causar hemorragia no pós-parto.

Drogas anti-ansiedade, sedativos e similares não devem ser ministrados, pois podem atravessar a barreira placentária e afetar o bebê. Antibióticos podem ser administrados se necessário, sendo o mais comum a amoxicilina. Porém sempre com aprovação e acompanhamento do médico responsável.

A paciente grávida deve antes de tudo informar ao seu dentista sobre sua condição para que indique os tratamentos e os medicamentos mais adequados para serem utilizados a gravidez. O profissional tem total condição de saber o que pode ou não ser ministrado para não afetar o bebê e colocar a gestação em risco.

Gravidez e odontologia mitos e verdades

Extração de dente na gravidez – Este é um caso que deve ser analisado pelo dentista e obstetra sobre os riscos-benefícios, avaliando principalmente se é um caso de urgência ou então se é um caso que pode aguardar o momento mais adequado.

Gravida pode ir ao dentista fazer canal – da mesma forma, o caso deve ser avaliado sobre o risco-benefício, a urgência do caso ou se pode ser realizado em um momento.

Gravida pode ir ao dentista fazer limpeza? – Salvo alguma restrição do obstetra, não há restrição para realizar uma limpeza dentária. Inclusive o procedimento é até recomendado para evitar problemas nos dentes e gengivas.

apresentar, dentários, dentista, devem, final, gestação, gravidez, implantes, mais, não, necessário, para, pode, podem, pressão, primeiro, realizar, saúde, tratamentos, trimestre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

 

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112 CEP 01333-011

Bela Vista - São Paulo-SP -  Brasil