Implante dentário menor evita o enxerto ósseo

Um implante dentário menor podem ser utilizados como uma alternativa aos enxertos ósseos em paciente com pouco volume ósseo vertical. A necessidade desse procedimento acontece quando a pessoa perde um ou mais dentes e fica muito tempo sem nada no local. O osso se atrofia e dessa forma a reabilitação com implante se torna muito mais difícil pois não há mais osso para colocar o pino.

Um implante dentário mais fino e menor pode ser usado em alguns casos

Indicação para usar um implante dentário menor

Para resolver a limitação anatômica e fisiológica, podem ser utilizadas as técnicas de enxerto ósseo e de implantes curtos. O benefício desta última é a não utilização de procedimentos mais complexos e dolorosos.

Alguns pacientes pedem para que utilizemos um implante dentário menor ou mais estreito pois tem medo do de fazer implantes. Porém o tamanho do implante não muda praticamente a cirurgia. Para pacientes que possuem pouca altura óssea, são indicados os implantes vários menores para repor por exemplo todos os dentes de uma arcada.

Esse procedimento é principalmente feito para pessoas com tecido ósseo com menor densidade. A união de implantes dentais múltiplos é utilizada para a reabilitação de próteses dentais sobre implante na região posterior do maxilar para reduzir o risco relacionado à carga e evitar a perda do componente e reduzir os riscos de fadiga do metal.

Um implante dentário menor evita lesões em nervos do maxilar

Outros fatores vantajosos do implante dentário menor

Outra vantagem destes implantes é que eles precisam de menor osso remanescente em comparação aos implantes comuns, reduzindo a necessidade de cirurgias para colocação de enxertos ósseos, o reposicionamento de algum dente ou de outros procedimentos mais invasivos.

Quando não adianta usar implantes dentais menores

Entre as poucas limitações para implantes menores é a estética, já que quando as próteses são colocadas em cima dos pinos curtos os dentes tendem a ficar mais longos. Trabalhamos com implantes curtos de alta tecnologia fabricados em titânio puro para proporcionar resistência. Implantes menores também podem não aguentar muita força se a mastigação for forte e se estiverem em sobrecarga podem ser perdidos prematuramente.

Conclusões sobre implantes dentários menores

A utilização de implantes dentários menores é técnica segura desde que bem indicada, além de reduzir o do tempo de tratamento quando comparado a casos com enxertos de osso, sendo também menos traumáticos. Para definir qual tratamento será utilizado, o dentista precisa avaliar o desejo do paciente e sua condição óssea. Agende uma consulta para saber se você pode receber um implante dentário menor ao invés do enxerto ósseo!

Comentário (4)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A importância da limpeza profissional para manutenção de implantes, próteses e da saúde bucal

A limpeza profissional (profilaxia) a cada 6 meses é muito importante e faz parte do plano de…

Tratamento sem metais – Implante cerâmico e coroa pura em zircônia 3D

Uso de implante de cerâmico e coroa pura em zircônia 3D é a combinação completa para reabilit…

Coroa de porcelana fixa sobre implante – caso

Reposição rápida de um ou mais dentes perdidos A coroa de porcelana fixa sobre implante de…

Coroas Metal Free com planejamento digital

As coroas metal free, também conhecidas como coroas de porcelana pura, juntamente com a Zirco…

R. Cincinato Braga, 37 - conj. 112

Bela Vista - São Paulo-SP - Brasil

CEP 01333-011

Copyright ImplArt Odontologia 2009 - 2020

CRO-SP 9993 

Resp. Tec. Dr. Roberto A Markarian CRO-SP 73.583