O Enxerto Ósseo pode ser indicado como solução para alguns problemas que dificultam a colocação de Implantes Dentários. A principal indicação é para reconstrução óssea na falta de espessura ou altura suficiente no maxilar do paciente, criando novamente estrutura para colocação do(s) implante(s). Essa condição é consequência da reabsorção óssea que se inicia assim que o dente e raiz são perdidos e progride ao longo dos anos.

Outra aplicação de enxerto sintético é na cirurgia para levantamento do seio maxilar. O material é usado para preencher a pequena cavidade que fica após o levantamento do seio e tem o objetivo de estimular a regeneração óssea para possibilitar a colocação o implante.

Uma das opções para enxertos ósseos são os materiais sintéticos, com características muito próximas do osso humano.

 

Saiba mais sobre enxerto ósseo

 

Quais são os tipos de Enxertos Ósseos Sintéticos existentes?

Enxertos Ósseos Sintéticos normalmente são produzidos em laboratórios, com base em muita pesquisa para assegurar a biocompatibilidade dos materiais no organismo humano, a fim de evitar rejeição ou infecção. Os principais materiais que compõe os Enxertos Sintéticos são cerâmica, polímeros, hidroxiapatita sintética ou outros minerais. A principal função desses enxertos é ajudar na regeneração de tecido ósseo e preservação do volume local. Depois de aplicado, o material sintético é gradualmente absorvido pelo organismo e vai sendo substituído aos poucos por osso vital.

Os Enxertos Ósseos Sintéticos normalmente vem em forma de grânulos, o que permite ao dentista versatilidade e maleabilidade no uso.

 

Como funcionam?

No ato da cirurgia, o Dentista mistura o Enxerto Ósseo Sintético com um pouco de sangue do próprio paciente. Essa mistura é colocada na área deformada para fazer as devidas correções. O Sangue é importante nesse processo para vitalizar a formação óssea no local e é esperado que no período dos próximos 6 meses o osso esteja completamente regenerado, permitindo a partir daí a colocação do(s) implante(s).

 

Existe vantagem do material sintético sobre o material natural?

Pode-se dizer que a principal vantagem do enxerto sintético sobre enxerto natural é que não é necessário fazer mais de uma cirurgia, como acontece nos casos de transplante autógeno (quando é necessário retirar um pedaço de osso de outra parte do corpo do paciente para fazer a enxertia no osso maxilar). No entanto, a escolha do material adequado é feita apenas pelo profissional ortodontista depois de uma criteriosa avaliação de cada caso. A prevalência é que o procedimento seja feito com osso natural, preferencialmente do próprio paciente.

Nossa equipe já realizou mais de 5000 implantes e em muitos casos foram usados enxertos ósseos sintéticos para recriar a área do(s) implante(s) ou nas cirurgias de levantamento de seio maxilar com sucesso.

Entre em contato conosco e agende uma consulta. Ficaremos felizes em procurar solucionar o seu caso.

(11) 3262-4750

[email protected]

Fale Conosco

WhatsApp: (11) 99598-1866

Skype: clinica_implart

Facebook: ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter: @implart

Instagram: ClinicaImplart

 

 

Palavras-Chave: enxerto osseo sintetico, implantes dentarios, reabsorcao ossea, maxilar, levantamento de seio maxilar, regeneracao ossea, biocompatibilidade, ceramica, polimeros, hidroxiapatita sintética, autogeno, ortodontista


IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário